quarta-feira, 7 de setembro de 2016

Cristãos de Garissa voltam à Universidade

 
 Após 15 meses de portas fechadas, a instituição retoma suas atividades, em memória dos 147 alunos que morreram em ataque do Al Shabaab

 Quênia
O mês de abril ficou marcado para a Universidade de Garissa, no Quênia, como um dia de luto e pesar. Após a invasão do campus por soldados do Al Shabaab, que levou à morte 147 alunos cristãos, a instituição manteve suas portas fechadas por quase um ano e meio. Nesta segunda-feira, 5, funcionários e colaboradores receberam o primeiro grupo de estudantes após a tragédia que abalou país, amigos e a comunidade local.

 Segundo colaboradores da Portas Abertas, atuantes no Quênia, houve muita ansiedade tanto por parte dos pais e dos estudantes, quanto da segurança do campus. Desde os ataques, a universidade não funciona normalmente e várias igrejas da região, mantêm seus cultos em locais cercados de grades e com detectores de metais em suas portas.

 Nessa semana, Garissa amanheceu com uma chuva fina e persistente, molhando sua terra seca e árida. "Nós oramos para que o Senhor encharque os alunos da universidade com sua presença e cuidado", finaliza o colaborador. Ore para que a paz se restabeleça em Garissa e por todo o Quênia e para que os estudantes cristãos da universidade tornem-se exemplos de perseverança, fé e coragem de viver para Cristo em um cenário hostil ao evangelho.



Postado: 07 de setembro de 2016

0 comentários:

Postar um comentário

DINAMI: Dia Nacional de Missões

DINAMI: Dia Nacional de Missões

Janela 10/40 O Maior Desafio Missionário da Atualidade.

Janela 10/40 O Maior Desafio Missionário da Atualidade.

Seguidores

Share

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More