Igreja Sede| Eliã Oliveira louva ao Senhor no culto de Santa Ceia

O culto de Santa Ceia desta terça-feira (04) realizado na Igreja Sede da Assembleia de Deus em Alagoas teve o louvor da cantora pernambucana Eliã Oliveira. O pastor José Lealson ministrou a mensagem bíblica da...

Pr. José Orisvaldo Nunes: “Se você está atravessando o Vale, saiba que Deus cuidará de ti!”

O pastor-presidente José Orisvaldo Nunes de Lima foi usado por Deus na ministração da Palavra durante o Culto de Doutrina desta terça-feira (20) no templo-sede da Assembleia de Deus em Alagoas. Após a mensagem, foi feito o convite àqueles que estavam...

500 Anos da Reforma Protestante| Centenas de evangélicos participaram dos Seminários no interior

Cumprindo mais uma rodada de seminários sobre os 500 Anos da Reforma Protestante, as cidades de Arapiraca, Dois Riachos, Porto Calvo e Rio largo sediaram o evento no último sábado (17). Os assembleianos lotaram as igrejas para...

Americano preso morre na Coreia do Norte

A família de Otto Warmbier, cristão de 22 anos, confirmou seu falecimento no dia 19 de junho, apenas uma semana depois de ser libertado – em coma – após 15 meses de prisão na Coreia do Norte. Leia a matéria sobre a...

O único lugar onde podíamos adorar

O vento afiado e o frio sopravam na cela da prisão, mas Hea-Woo dificilmente podia senti-lo. Ela dificilmente podia sentir qualquer coisa. “Eu estava dentro das horas da morte; doente, desnutrida e congelada por causa das condições deploráveis da cela da prisão. Eu não pensei que estaria viva para...

Camboja deve construir 500 novas igrejas, após se libertar da repressão comunista

Dezenas de pastores se aglomeraram em torno de Hun Sen, com os smartphones estendidos, engajados para comemorar o primeiro encontro do primeiro-ministro cambojano com os cristãos...

quarta-feira, 15 de outubro de 2014

A Igreja continua sendo perseguida na China

CHINA



Somente igrejas aprovadas pelo governo são legais na China. Todas as igrejas domésticas são consideradas "reuniões ilegais." Mas, mesmo um número de igrejas oficialmente sancionadas tem sido alvo por parte do governo nos últimos meses, com os funcionários explicando que eles foram "remover ou modificar as construções ilegais"

 "Nós não sabemos exatamente por que eles invadiram a nossa igreja", relatou um cristão local ao grupo de vigilância International Christian Concern (ICC), que tem monitorado a crescente onda de perseguição na China. "O governo não quer que a gente se reúna para adorar como igreja."

 Membros disseram que a igreja foi invadida, a cerca de um mês, sem qualquer aviso e que a polícia só deixou para trás uma nota afirmando que as pessoas foram detidas por fazer uma "reunião ilegal". Mais de 30 cristãos ainda permanecem sob custódia.

 "É inacreditável que as autoridades locais tenham prendido mais de 100 membros da igreja, incluindo crianças, na cidade de Foshan. Mesmo que a maioria já tenha sido liberta, a experiência foi traumatizante", disse o gerente regional da ICC. “A Igreja Monte das Oliveiras tem mais de 20 anos de história e tem cerca de 170 membros”, acrescentou ele.

 "O que o governo está fazendo aqui é tão bárbaro", desabafou o líder da igreja local Chen Zhi'ai à CNN.

 Em julho, deste ano, um proeminente líder chinês foi condenado a 12 anos de prisão, supostamente para reunir multidões e "perturbar a ordem pública." Provas falsificadas levaram à prisão o pastor Zhang Shaojie, em mais uma tentativa do governo chinês para conter o crescimento do cristianismo.

 "Este caso mostra que o governo chinês continua a encobrir a perseguição religiosa com acusações criminais fabricadas contra um líder de igreja inocente", disse o chefe China Aid, Bob Fu, na época.

 Os dez países mais hostis aos cristãos tratam-se de nações que passam por sérios problemas em seu governo: Somália, Síria, Iraque, Afeganistão, Paquistão e Iêmen. Junto a eles, Coreia do Norte, Arábia Saudita, Maldivas e Irã completam a primeira dezena de países onde ser cristão é, praticamente, uma prova de resistência.

 Ore pela Igreja na China, 37º na lista de Classificação da Perseguição Religiosa.

Fonte:http://www.portasabertas.org.br/
Postado em 15 de outubro de 2014

Cristãos indígenas no meio do fogo cruzado na Colômbia

COLÔMBIA


Os cristãos da comunidade indígena Puinabe (região Guainia) estão com medo por causa da constante pressão do exército colombiano, que tem exigido que eles assinem um documento que lhes permite ocupar áreas onde a mineração ilegal é praticada pelas Farc

 Alguns comandantes de guerrilha mantém vigilância constante sobre a população, buscando evitar que os residentes assinem estes documentos.

 Aqueles que assinam são acusados de serem traidores. Os guerrilheiros têm ameaçado o líder indígena dessa comunidade, que é cristão. Regularmente, eles invadem os cultos e reuniões de oração para pressionar o líder a expulsar o exército da região.

 Perante esta situação, os cristãos estão com medo porque acreditam que a guerrilha irá contra eles se cooperarem com as exigências do exército, aumentando o recrutamento de jovens dentro de sua comunidade.

 Ore pela proteção desse líder cristão e peça por sabedoria para os irmãos que se encontram no meio do conflito entre a guerrilha e o exército. Peça ao Senhor para que lhes dê força para continuar firmes.


Fonte:http://www.portasabertas.org.br/
Postado em 15 de outubro de 2014

Estado Islâmico entrega mulheres e crianças iraquianas como escravos

IRAQUE


O grupo ultrarradical Estado Islâmico (EI) afirmou que entregou mulheres e crianças iraquianas a seus combatentes como "prêmio" de guerra, com a pretensão de ter restabelecido a escravidão em seu califado

 Na edição mais recente de sua revista de propaganda, Dabiq, publicada no domingo (12), a organização extremista sunita admite pela primeira vez de forma aberta que está entregando como escravos os integrantes da comunidade yazidi, que pratica uma religião sincretista*. As vítimas são dadas como prêmio de guerra a seus combatentes.

 Em julho deste ano, o Conselho de Segurança das Nações Unidas denunciou a perseguição a cristãos e outras minorias no norte do Iraque, lar de comunidades minoritárias durante centenas de anos. Hoje, eles são alvo do grupo conhecido como o Estado Islâmico do Iraque e do Levante (ISIS) e seus aliados.

 O Conselho condenou nos termos mais fortes “a perseguição sistemática de indivíduos de populações minoritárias e daqueles que se recusam a aceitar a ideologia extremista do EI”. As autoridades não têm notícias sobre o paradeiro de centenas de mulheres e crianças.

 Em um artigo que tem como título "A recuperação da escravidão antes da hora", a Dabiq afirma que ao escravizar pessoas acusadas de professar uma crença religiosa desviada, o EI restaurou o sentido original de um preceito da sharia, a lei islâmica.

 "Após a captura, as mulheres e crianças foram divididas, segundo a sharia, entre os combatentes do Estado Islâmico que participaram nas operações de Sinjar", afirma o texto.

 O único outro caso conhecido – embora muito menor – é o da escravização de mulheres cristãs e crianças nas Filipinas e na Nigéria pelos mujahidin [jihadistas].

 O EI proclamou, em 29 de julho, a criação de um califado nos territórios sob seu controle no Iraque e na Síria, onde cometeu várias atrocidades, como sequestros, estupros e assassinatos.

 A Portas Abertas está presente no Iraque a fim de apoiar no que for possível e encorajar nossos irmãos em todas as situações, conforme suas necessidades específicas. Mas, ainda há muito a ser feito. Não podemos deixar de orar e estender as mãos para ajuda-los. Mantenha a Igreja viva no Iraque!

 *religião que tende a fundir, numa só, várias doutrinas diferentes


Fonte:http://www.portasabertas.org.br/
Postado em 15 de outubro de 2014

Estudo compara restrições religiosas e a desigualdade de gênero

INTERNACIONAL


Um novo estudo sobre liberdade de crença revela que quanto maior o nível de intolerância religiosa de um país, mais rapidamente os direitos das mulheres e das meninas diminui

 O estudo foi realizado pela Associação Liberdade Religiosa & Negócios (Religious Freedom & Business Association, tradução livre), dirigido por Brian Grim, ex-especialista do Pew Research Centre Religion. Ele analisou dados e fez comparativos de restrições governamentais e Índice de Desigualdade de Gênero da ONU.

 Afeganistão, Egito, Paquistão, Sudão, Iraque e Índia são os países do topo do ranking, tanto para a desigualdade de gênero quanto para restrição religiosa, de acordo com o relatório. Todos esses países também figuram na Classificação da Perseguição Religiosa, atualizada todos os anos pela Portas Abertas. Diariamente, a Portas Abertas também publica notícias dessas nações que revelam a situação dos cristãos em países onde há limitações de se professar a fé em Jesus Cristo.

 Prêmio Nobel
 Na semana passada, a jovem Malala Yousafzai, de 17 anos, consagrou-se a mais jovem vencedora do prêmio Nobel. Em 2012, a estudante paquistanesa sobreviveu a uma tentativa de assassinato por membros do grupo Talibã por sua militância pelo direito à educação das meninas paquistanesas.

 O Paquistão está na oitava posição entre os países que mais perseguem os cristãos. Muitas meninas cristãs, particularmente, correm risco de sequestro e ataques.

Fonte:http://www.portasabertas.org.br/
Postado em 15 de outubro de 2014

Cresce preocupação que o Nepal proíba conversões cristãs

Os cidadãos do Nepal correm o risco de serem proibidos de se tornar cristãos, a menos que uma nova Constituição lhes assegure o direito à crença


 A organização Christian Solidarity Worldwide (CSW) afirma que não há lei no Nepal para defender as pessoas que renunciam a outra fé e se convertem ao cristianismo. Vários políticos têm alegado que a conversão de uma fé à outra deve ser proibida.

 Martin Gore, da CSW, disse que "é muito incerto que a [liberdade religiosa] seja garantida na nova Constituição.”

 Ele continuou: "Os tratados internacionais que o Nepal assinou realmente afirmam que todos têm o direito de adotar uma religião de sua própria escolha, mas as cláusulas [da Constituição] que temos visto até agora não garantem isso.”

 "O Estado tem propostas, no novo código penal, apresentadas antes da Assembleia Constituinte, alguns anos atrás, que proíbem todas as conversões no novo código penal. Apesar de não terem sido consideradas no plenário da Câmara, essas propostas foram redigidas”, concluiu Gore.

 De uma população de quase 30 milhões, apenas 2,85% das pessoas no Nepal são cristãs. O país tornou-se um Estado laico após uma guerra civil de uma década entre 1996 e 2006. Como parte do cessar-fogo, foi obrigado a criar uma Constituição que ainda não foi feita, mesmo oito anos depois.

 Um projeto de Constituição deverá ser lançado em janeiro, com lugar para consultas e reformulações ao longo de 2015.

 Leia também
 Cristianismo sob ameaça no Nepal

Fonte:http://www.portasabertas.org.br/
Postado em 15 de outubro de 2014

domingo, 22 de junho de 2014

Há ídolos no meio evangélico?

Ídolos Evangélico


Quando Deus tirou o seu povo do Egito, depois de viver escravo de Faraó por 430 anos ( Êxodo 12.40,41), o mesmo estava contaminado pela idolatria, tendo em vista a convivência com os deuses estranhos, tanto dos egípcios quanto dos cananeus. Assim sendo, o Altíssimo deixara a advertência em relação aos ídolos ( Êxodo 20.3-5).

 É bom dizemos àqueles que ainda não sabem, a Igreja Católica Romana ainda não existia.
 Pois a mesma surgiu no Século lll, d.C.
 A mencionada Instituição, porém, também criou seus "deuses".
 Aliás, a rigor, o que vem a ser um ídolo? "Qualquer figura, imagem, estátua usada como objeto de culto ou adoração, pessoa que é extremamente admirado...".
 Por isso, pode ser um ser vivo ou não! No mundo em que vivemos, mais do que nunca, a substituição do Deus de Israel, por seres que não devem ser venerados, é coisa absurda.
 Cantores, jogadores, atores, bandas e outros são "cultuados".
 Em verdade, não bastasse o péssimo exemplo lá de fora, infelizmente, o segmento evangélico também já está contaminado por esse vírus infernal.
 Cantores gospel, bandas, pastores popstar e outros que estão no comando de nossas Igrejas, querem ser "adorados".
 É claro que entre os grupos citados, graças a Deus, há os que não admitem tal prática.
 Ora, é bom nunca esquecermos a citação de Isaías 42.8.
 Portanto, estejamos vigilantes ( 1 João 5.21).

 Em Cristo,

 Tadeu de Araújo

Postado em 22 de junho de 2014

Festas Juninas e os Evangélicos!

 SEM JOÃO E SEM JESUS


No mês de junho já é tradição em nosso calendário os festejos juninos.

 A Igreja Católica Romana homenageia três personagens: Santo Antonio, São João e São Pedro.
 Nas capitais e nos interiores, palhações são construídos para receberem, não somente as quadrilhas que se apresentam, mas também o público que vai prestigiar.
 O casamento matuto é por demais aguardado.
 No tocante à música, o forró-pé- de serra é o mais tocado.
 Se se trata de festa, não devem faltar as bebidas alcoólicas, principalmente, o famoso "quentão".
 Na ocasião, a comelança é grande: milho assado, pamonha, canjica e outras iguarias típicas da época.
 No entanto, os fogos de grande potência, infelizmente, são causadores de queimaduras, mutilações e óbitos durante as comemorações.
 Assim sendo, muitas famílias contabilizam a dor.
 Agora, eis a pergunta: os evangélicos devem participar dos festejos? Leiam, releiam, mas, acima de tudo, retenham: 1 Coríntios 10.23.
 E quanto as comidas, devemos abster-se? Ora, se a fazemos em nossas casas, qual é o pecado? Não vemos nenhum.
 Distintos irmãos, pelo menos evitemos assar milhos nas fogueiras, pois aí é passar, a nosso ver, dos limites.
 Não esqueçamos da recomendação: Mateus 5.13-16.

 Em Cristo,

 Tadeu de Araújo

Postado em 22 de junho de 2014

Bajulados, bajuladores e respeitadores!


Bajuladores


Enquanto o mundo existir, os três grupos citados sempre estarão presentes.

 Aliás, quer no meio secular, quer no ambiente religioso.
 A grande maioria dos que estão comandando, gosta de ser paparicado.
 E, para isso, não lhe falta um fiel público: o dos bajuladores.
 Em verdade, todos os que assim procedem, são lambe-botas, capachos e subservientes.
 O que, a nosso ver, falta vergonha ou capacidade nesse pessoal, que chega a se submeter ao ridículo.
 No entanto, aqueles que não se submetem a essa baixaria, apenas são cumpridores, exclusivamente, de suas obrigações, fazem a diferença, no mundo de interesses diversos.
 "Há uma grande incompatibilidade entre o que adula e o que respeita: o que adula não respeita, e o que respeita não adula".
 Portanto, em que grupo você se encontra?

 Tadeu de Araújo

Postado em 22 de junho de 2014

sábado, 21 de junho de 2014

Obreiros e familiares se despedem de Romão Machado

Tristeza


Pai do pastor Severino Machado morreu dia 17 de abril em Campestre

 Morreu aos 97 anos o irmão Romão Machado, pai do pastor Severino Machado. Amado por familiares e pela igreja em Campestre, o irmão Romão era conhecido por sua índole e por seu amor a obra de Deus. Ele aceitou a Jesus como Salvador na sua juventude. Ele serviu ao Senhor durante 62 anos.

 Romão deixou um legado digno de ser imitado. A cerimônia de seu sepultamento contou com a presença de vários ministros da Comadal, que foram prestar solidariedade a família enlutada.

 Entre os presentes: o pastor Severino Rodrigues, segundo vice-presidente da igreja em Alagoas; o pastor Ederaldo Domingos, o deputado estadual Jota Cavalcante, o prefeito da cidade de Jundiá, o prefeito de Campestre, vereadores e secretários.

Fonte:http://www.jneweb.com.br/
Postado em 21 de junho de 2014

Como o evangelho transformou a China

CHINA


Há alguns anos, o teólogo Dietrich Bonhoeffer afirmou: "A Igreja somente é Igreja quando existe para os outros". Quando uma igreja local existe para abençoar não somente os cristãos que a compõe, mas também a comunidade ao seu redor, o seu propósito e foco é cumprido

 A Igreja na China tem visto um crescimento significativo nas últimas décadas. Mas, antes desse período, o país era um dos locais menos receptivos ao evangelho. Agora, graças à fidelidade e à ousadia da Igreja em existir para os outros, temos testemunhado muitas mudanças por todo o país e a esperança do evangelho tem se espalhado e alcançado muitos chineses.

 Alguns membros da equipe Portas Abertas estão na China e queriam compartilhar com você relatos sobre como Deus tem trabalhado nesse país.

Dia 2
 "Hoje visitamos uma igreja doméstica. Mais de 800 cristãos desfrutaram da adoração e da pregação sobre Gênesis 12. Jovens estavam ativos orando, liderando o louvor, compartilhavam seus testemunhos e pregavam a Palavra. Um estudante viajou uma hora para participar do culto. Ele trouxe outros para que ouvissem sobre Jesus e sua obra na cruz.

 Uma senhora do nordeste da China também veio e tinha algumas perguntas sobre cura. Um pastor de uma região muçulmana nos encorajou, compartilhando que milhares de ex-muçulmanos estão agora seguindo a Jesus por toda a China. Eles se encontram em grupos, mas não têm prédios de igrejas. Eles treinam esses cristãos para evangelizar com cuidado.

 Um homem que aceitou a verdade do Evangelho compartilhou-a com dez famílias que terminaram por seguir a Cristo, também por causa de seu testemunho. O Senhor está de fato erguendo sua Igreja entre os chineses [da etnia] Han e as minorias!"

Dia 3
 "Hoje esperamos aprender sobre as mudanças políticas recentes no país e o que isso significa para a Igreja. Desde que as igrejas domésticas mantêm-se discretas, sem muitos membros e nenhum contato com estrangeiros, elas têm espaço para funcionar. Elas também não são consideradas uma seita, uma vez que o governo compreende melhor quem são.

 Durante algumas entrevistas, foi relatado que pastores e policiais tornaram-se até mesmo amigos. Um cristão mencionou que sua igreja começara com sete membros em 1999 e hoje tem mais de mil. Agora eles se preocupam onde se reunir, pois o aluguel pode ficar muito caro. Um contato de Portas Abertas nos contou que, nos anos anteriores, distribuiu mais de 200 mil Bíblias e livros por toda a China.

 Ela compartilhou como Deus a abençoara através disso. Seus contatos ainda pedem literatura grátis porque não sabem que esses mesmos livros estão disponíveis agora em lojas locais por preços baixos. Entre todas suas atividades, ela também apoia dois seminários bíblicos e um ministério voltado para os refugiados norte-coreanos. Vimos hoje prova da grande dedicação para com a Igreja e para com aqueles em necessidade."

 A China vem de um longo caminho, no qual os cristãos já sofreram muito mais com a perseguição religiosa, comparando a situação hoje a décadas passadas. Em 2014, o país ainda figura como o número 37 da  Classificação da Perseguição Religiosa

 Ore pela China e pelos cristãos chineses. Ore também pela Igreja brasileira. Para que todos nós, como membros do mesmo Corpo, possamos "existir para os outros" e busquemos a honra de Deus em todas as coisas.

Fonte:http://www.portasabertas.org.br/
Postado em 21 de junho de 2014

Minoria cristã do norte do Mali se preocupa com ataques

MALI



Novos combates e reocupação de um número de cidades no norte do Mali por grupos tuaregues armados renovou o sentimento de ansiedade e apreensão entre a minoria cristã da região


 Em 21 de maio, uma coalizão de rebeldes tuaregues invadiu o território das forças do exército do Mali após um intenso combate pelo controle de Kidal, uma das maiores cidades do norte do país. O Escritório da ONU para Coordenação de Assuntos Humanitários afirma que cerca de 4 mil pessoas foram deslocadas por causa da violência.

 O conflito seguiu a visita, em 17 de maio, do primeiro-ministro do Mali, Moussa Mara, para Kidal. Mara é uma figura significativa para os esforços separatistas tuaregues.

 Há relatos de que combatentes tuaregues também tomaram o controle das cidades de Meneka, Aguelhok, Anefis e Tessalit, ao longo do norte do país.

 Em 23 de maio, rebeldes concordaram com um cessar-fogo intermediado por Mohamed Ould Abdel Aziz, presidente da União Africana.

 O conflito é um poderoso lembrete da violência separatista tuaregue, que precipitou um golpe do governo nacional. Por quase um ano, grupos armados islâmicos governaram o norte, proibindo outras religiões e saqueando igrejas e outras casas de culto. Milhares de pessoas, incluindo muitos cristãos, fugiram para o sul do Mali ou para países vizinhos, como Nigéria e Burkina Faso.

 Para o pastor Mohamed Ag Moussa Yattara, é como se a história estivesse se repetindo. Ele se lembra do dia, em abril de 2012, quando  Timbuktu, uma importante capital regional do norte, caiu nas mãos dos rebeldes.

 Conforme a ameaça se intensificou, Yattara organizou a fuga de 100 membros de sua igreja. Ele mais tarde conseguiu chegar a Bamako, a capital do país, após uma viagem de 700 quilômetros por vários meios de transporte e a pé. Em janeiro de 2013, tropas francesas retomaram o controle da região.

 "Na cidade de Aguelhok, no extremo nordeste, lar de cerca de 30 cristãos, a maioria deles militares, a situação é preocupante", contou o pastor Samuel Guindo ao World Watch Monitor. ''Esta comunidade é liderada por um oficial do exército. Eles se reúnem todos os domingos no acampamento. No mês passado, nós enviamos a eles 24 exemplares de Bíblias em francês e alguns hinos. Mas nós descobrimos que os quartéis estão cercados por rebeldes tuaregues, e teme-se que eles possam enfrentar uma escassez de alimentos em breve.''

 Situada perto da fronteira da Argélia, Aguelhok tem uma forte ligação com a rebelião, por ser o local onde cerca de 100 soldados desarmados do Mali foram mortos, em janeiro de 2012, por rebeldes tuaregues e militantes suspeitos de estarem ligados à Al Qaeda.

 Em 2013, o Mali foi classificado como o sétimo país onde os cristãos são mais perseguidos. Em 2014, ele apareceu na 33ª posição da  Classificação da Perseguição Religiosa.


Fonte:http://www.portasabertas.org.br/
Postado em 21 de junho de 2014

A Igreja Perseguida e o Dia Mundial do Refugiado

IRAQUE



Nos últimos dias, centenas de cristãos iraquianos foram obrigados a fugir de suas casas. Extremistas islâmicos tomaram conta da parte norte do país, onde os poucos cristãos restantes vivem

 Em 2003, havia um milhão de cristãos no Iraque, hoje existem menos de 345 mil. Recentemente, outras centenas de famílias cristãs foram obrigadas a fugir devido à violência. A crescente influência do islamismo radical foi responsável pelo aumento de ataques especificamente contra os cristãos.

 Esses irmãos iraquianos estão se juntando às fileiras dos inúmeros refugiados cristãos de países como República-Centro Africana, Síria e Coreia do Norte.

 Muitos desses cristãos foram forçados a mudar de vida e não têm nada além das roupas que puderam carregar. Algumas mulheres refugiadas, como as da República-Centro Africana, têm sido vítimas de estupro porque não têm um lugar seguro para ficar.

 Nos últimos anos, a Portas Abertas tem apoiado refugiados em suas necessidades físicas, emocionais e espirituais. São irmãos do Iraque, da Síria e de outras nações onde os cristãos precisam deixar suas casas e comunidades.

 Hoje, Dia Mundial do Refugiado, ore pelos nossos irmãos, para que eles sejam fortalecidos e encorajados a permanecer firme. Abençoe-os em oração, para que lhes sejam providas não somente as necessidades físicas, mas também lhes sirva como um lembrete de que o Corpo de Cristo em todo o mundo não se esqueceu deles.

 Leia também

 Cristãos malaios são refugiados em seu próprio país
Violência obriga cristãos a deixarem cidade do Iraque
 Uma refugiada em seu próprio país

Fonte:http://www.portasabertas.org.br/
Postado em 21 de junho de 2014

5 maneiras de ajudar os cristãos refugiados

INTERNACIONAL


O Dia Mundial do Refugiado é nesta sexta-feira, 20 de junho. Junte-se à Portas Abertas para fortalecer os cristãos que, por causa da perseguição, são obrigados a deixar suas casas e comunidades para viver como refugiados, às vezes em seu próprio país

 1. Divulgue
O Dia Mundial dos Refugiados foi criado em 2000 pela Organização das Nações Unidas (ONU) com o objetivo de aumentar a sensibilização pelas pessoas obrigadas a se deslocar de sua região e as que ficam sem Estado, espalhadas pelo mundo devido a conflitos e situações extremas que as obrigam a fugir.

 A Portas Abertas está trabalhando com cristãos refugiados de países como a República-Centro Africana, Síria e Coreia do Norte. Diariamente, o  site da Portas Abertas é atualizado com notícias da perseguição religiosa nessas nações e ao redor do mundo. Compartilhe nas redes sociais e ajude a conscientizar a Igreja brasileira acerca das necessidades desses irmãos.

2. Ore
Muitos cristãos que vivem sob perseguição relatam que as orações de irmãos ao redor do mundo têm sido o sustento que os faz permanecer firmes. Esse é também o primeiro pedido que, em geral, fazem à Portas Abertas: a mobilização de igrejas e irmãos que orem em favor da Igreja Perseguida. Ao  assinar a revista da Portas Abertas, você tem acesso ao "Vamos Orar" um encarte que traz pedidos e motivos diários de oração pelos cristãos perseguidos.

3. Defenda
 Seja uma voz em prol da Igreja Perseguida. Organize reuniões para contar sobre as pessoas que foram forçadas a deixar suas casas, cidades e países. Compartilhe suas histórias com amigos, familiares e líderes políticos.

 4. Encoraje
 A partir de um gesto bem simples você pode levar ânimo e força a cristãos em diversas partes do mundo. Escreva cartas de encorajamento para as famílias que perderam suas casas, mostrando aos nossos irmãos que eles não estão sozinhos.

 5. Doe
Nos últimos anos e, através do apoio de parceiros, a Portas Abertas tem ajudado refugiados em suas necessidades físicas, emocionais e espirituais. São irmãos do Iraque, da Síria e de outras nações onde os cristãos são forçados a deixar suas casas. Participe!


Fonte:http://www.portasabertas.org.br/
Postado em 21 de junho de 2014

Situação de violência se agrava no Iraque

IRAQUE


Nos últimos dias, centenas de famílias cristãs têm fugido de suas casas no Iraque. Pelo menos uma igreja assíria em Mosul foi incendiada na recente onda de violência. Os cristãos se sentem particularmente vulneráveis


 Enquanto o norte do Iraque tem se tornado um lugar cada vez mais perigoso para os cristãos, aqueles que decidem fugir para a região curda são agora considerados refugiados dentro do próprio país.

 Como refugiados, eles enfrentam altas taxas de desemprego e habitação inadequada, além de dificuldade em encontrar escolaridade (especialmente universidade) para os filhos, assistência médica inadequada e racionamento de alimentos, devido a problemas de registro e discriminação.

 O secretário-geral das Nações Unidas (ONU), Ban Ki-moon disse ontem (17) que um risco real de violência sectária no Iraque pode ultrapassar as fronteiras no país.

 "Estou muito preocupado com a rápida deterioração da segurança no Iraque", disse o secretário-geral da ONU em uma coletiva de imprensa nesta terça-feira (17) em Genebra, na Suíça.

 Ban Ki-moon pediu aos líderes políticos e religiosos iraquianos que se unam para evitar atos de represália, como os que têm sido denunciados sobre execuções sumárias de centenas de pessoas, sobretudo soldados e recrutas capturados pelo grupo Estado Islâmico do Iraque e Levante.

 O enviado especial das Nações Unidas ao Iraque, Nickolay Mladenov, disse que os ataques dos insurgentes são uma ameaça para o país e um perigo para a região.

 A ofensiva do Estado Islâmico do Iraque e Levante começou há uma semana e já levou à tomada de várias cidades no Norte do país. Foram registrados também confrontos a 60 quilômetros no nordeste de Bagdá.

 Leia também
Violência obriga cristãos a deixarem cidade do Iraque

Fonte:http://www.portasabertas.org.br/
Postado em 21 de junho de 2014

quinta-feira, 29 de maio de 2014

A Rede Globo e a Copa do Mundo!

A Rede Globo e a Copa do Mundo!


A Rede Globo de Televisão, a famosa "Vênus Platinada do Jardim Botânico", a maior prestadora de desserviços aos valores de família e a ética cristã, está com a corda toda no tocante à Copa do Mundo.
 Nenhuma emissora consegue enfrentá-la em matéria de concorrência.
 E o pior é que, infelizmente, a "sereia do mal" tem conseguido manipular grande maioria dos brasileiros à bitolação, quanto ao evento que se aproxima.
 Distintos torcedores da "Seleção Brasileira", não somos contrários à Copa em si, mas discordamos em absoluto da insensibilidade das principais autoridades desse país, em relação às mazelas que oprimem aos cidadãos do Oiapoque ao Arroio Chuí.
 Perguntar, não ofende: por que não se teve tantos recursos à segurança, saúde e educação do povo até agora? Enquanto uma dinheirama descomunal surgiu para a construção de estádios, e muitos deles já esculhambados antes de suas inaugurações?! Aliás, não se surpreendam quando pipocarem, depois da euforia, a citação de escândalos envolvendo "figurões" de primeiro escalão em desvio de verbas.
 Agora os senhores acreditam que os mesmos irão à cadeia? Não temos dívidas que sim, mas para a de rádio e Televisão! E nós, honrados brasileiros, é que há muito tempo já começamos a pagar, e pagaremos ainda mais por um "pato" que não comemos! Portanto, não se esqueçam: A Globo não deve bitolar vocês!

 Tadeu de Araújo

Postado em 29 de maio de 2014 

Vamos orar

Vamos Orar


 Quinta-feira, 1º de maio
 Brasil - Hoje a Portas Abertas Brasil completa 36 anos de organização. Louve a Deus juntamente conosco por sua fidelidade. Peça a ele que abençoe nossos esforços de difundir a causa da Igreja Perseguida entre os cristãos brasileiros.

 Sexta-feira, 2 de maio
 Vietnã (18º) - A Portas Abertas realiza um acampamento para famílias com o objetivo de fortalecer os cristãos indígenas no Vietnã. Ore para que este acampamento encoraje as famílias a crescer no Senhor por meio do estudo de sua Palavra e da oração. Peça a Deus para usar este evento para promover o amor e a comunicação nos lares.

 Sábado, 3 de maio
 Etiópia (17º) - Quando Hannah, 18 anos, falou com Jesus enquanto dormia, seu pai a amarrou e ameaçou matá-la. Ela conseguiu escapar e se abrigou na casa de outros cristãos. Clame por sua proteção, e para que ela seja uma testemunha de Cristo entre seus amigos e parentes muçulmanos.

 Domingo, 4 de maio
 Nepal - Quando um cristão morre, sua família não pode enterrá-lo na maioria dos cemitérios porque os budistas creem que isso é impuro. Ore para que sejam estabelecidos cemitérios em que as famílias cristãs possam enterrar seus entes queridos.

 Segunda-feira, 5 de maio
 Cazaquistão (39º) - O pastor Bakhytzhan Kashkumbayev, 67 anos, foi colocado em liberdade condicional. Louve a Deus pela liberdade desse irmão e pelo restante dos trâmites legais que ele e a família ainda enfrentam.

 Terça-feira, 6 de maio
 Península Arábica - Interceda por Mahmud (pseudônimo). Ele é juiz e se aposentou há alguns anos por problemas de saúde. Quando cristãos que trabalham com sua filha intercederam por ele, Mahmud foi curado. Ore para que esse milagre conduza à salvação dele e de sua casa.

 Quarta-feira, 7 de maio
 China (37º) - Hannah (pseudônimo) se converteu em 2000. Sua família, que é muçulmana, ficou descontente com a conversão e a expulsou de casa. Mas quando seu pai adoeceu, Hannah o visitou todos os dias, e sua família a aceitou de volta. Ore para que ela tenha oportunidade de testemunhar de Jesus por meio de suas atitudes em casa.

 Quinta-feira, 8 de maio
 Tunísia (30º) - Interceda pelo irmão Idris (pseudônimo), que se converteu há vários anos, mas que ainda é pressionado por seus parentes para voltar ao islamismo.

 Sexta-feira, 9 de maio
 Índia (28º) - Ore pelos cristãos que participarão de um projeto de ajuda socioeconômica neste mês de maio. Que eles se beneficiem das habilidades que aprenderão.

 Sábado, 10 de maio
 Coreia do Norte (1º) - Suplique pelo ministério da Portas Abertas com cristãos norte-coreanos. A situação ficou muito difícil e perigosa nos últimos meses. Agradeça a Deus por sua proteção, e peça-lhe para abrir as portas para atendermos mais cristãos perseguidos.

 Domingo, 11 de maio
 Interceda pela vida das mães da Igreja Perseguida, para que sejam exemplos de perseverança e fé para seus filhos e netos. Que elas sejam reconhecidas e valorizadas em suas igrejas como mulheres de Deus, e que seu exemplo de devoção ao Senhor inspire a vida de muitos.

 Segunda-feira, 12 de maio
 Mianmar (23º) - Louve a Deus pela vida de Monica (pseudônimo), uma estudante de missões, patrocinada pela Portas Abertas. Ela tem o desejo de compartilhar sobre Cristo com seu próprio povo. Peça a Deus para lhe dar coragem e uma fé ousada para vencer os desafios.

 Terça-feira, 13 de maio
 Israel - Ore pelos participantes da maratona Musketeer que começará hoje em Israel. Os participantes, de diversos países livres, levantarão recursos que serão doados para a Igreja Perseguida.

 Quarta-feira, 14 de maio
 Laos (21º) - Enquanto esteve preso, Kaipo (pseudônimo) aproveitou a oportunidade para compartilhar sua fé com outros prisioneiros. Louve a Deus pela atitude fiel de Kaipo e peça para que seu testemunho frutifique no coração daqueles que o ouviram.

 Quinta-feira, 15 de maio
 Bangladesh (48º) - Supta, 45 anos, viúva do mártir e pastor Arun, faleceu devido a uma enfermidade no estômago. Interceda por sua única filha Gayetree, de 13 anos. Suplique pelo conforto de Deus para a vida dessa jovem.

 Sexta-feira, 16 de maio
 Irã (9º) - Ore pelos cristãos Sara Rahiminejad, Majid Sheidaee, Mostafa Nadri e George Issaian que foram presos na casa deste último durante celebrações do Ano Novo persa. A família deles ainda não tem notícias.

Sábado, 17 de maio
 República Centro-Africana (16º) - Clame para que nossos irmãos centroafricanos se aproximem de Deus durante a crise que afeta o país. Peça a proteção do Senhor e bom êxito sobre todos aqueles que trabalham para fazer diferença na vida desta nação.

 Domingo, 18 de maio
 Uzbequistão (15º) - Em grandes cidades uzbeques, a polícia tem visitado as escolas no meio das aulas, recolhendo o celular dos alunos e checando o conteúdo. Se encontra textos bíblicos, confisca o aparelho e intima os pais dos alunos à delegacia. Ore por esta terrível situação.

 Segunda-feira, 19 de maio 
Malásia (40º) - Cristãos no leste da Malásia têm sido tentados a se converter ao islã em troca de dinheiro. Ore para que eles resistam a esses convites e, ao invés disso, se aprofundem em seu relacionamento com Deus.

 Terça-feira, 20 de maio
 Omã (27º) - Interceda pela obra de Deus em Omã. Que o Senhor a frutifique e que a Igreja cresça em fé e em número. Peça pela revelação de Jesus aos novos convertidos, e que ele proteja a vida deles, bem como a de obreiros trabalhando na região.

 Quarta-feira, 21 de maio
 Brunei (24º) - A aplicação da lei islâmica no país preocupa muito os cristãos, principalmente porque ela também se aplica a não muçulmanos. Ore pelos advogados que estão trabalhando para conscientizar a Igreja do país a esse respeito, a fim de livrá-la de armadilhas.

 Quinta-feira, 22 de maio
 Coreia do Norte (1º) - Agradeça pela vida de Hana, uma mulher que se converteu na Coreia do Norte e tem levado outras pessoas a Cristo, embora ela mal conheça a Bíblia. Ela testifica que os norte-coreanos estão espiritualmente famintos e se convertem assim que ouvem as boas-novas. Ela afirma que a oração da Igreja é vital para o seu ministério.

 Sexta-feira, 23 de maio
 Maldivas (7º) - Livros e publicações cristãos são proibidos no país, pois conflitam com os ensinamentos islâmicos. Além disso, o governo monitora toda a produção, impressa ou digital. Clame a Deus para que nossos irmãos maldívios tenham acesso a recursos que venham fortalecer sua fé.

 Sábado, 24 de maio
 Guiné - A Igreja em Guiné não está preparada para lidar com a perseguição religiosa, nem para cuidar dos perseguidos. Peça ao Senhor que a capacite, pois muitos que deixam o islã ou o animismo por causa de Cristo são sistematicamente perseguidos. Ore também pela proteção destes.

 Domingo, 25 de maio
 Indonésia (47º) - Muitos cristãos recém-convertidos têm dificuldade em abandonar as crenças islâmicas e entender as doutrinas básicas do cristianismo, como o senhorio de Cristo e a trindade. Por isso o discipulado é crucial para que eles se firmem em sua nova fé. Ore para que os programas de discipulado da Portas Abertas ajude-os nesse sentido.

 Segunda-feira, 26 de maio
 Egito (22º) - Suplique pela unidade entre diferentes igrejas e denominações egípcias, a fim de que superem os ataques que visam dividi-los.

 Terça-feira, 27 de maio
 Argélia (32º) - Interceda pela liderança da Igreja argelina, pois precisa de sabedoria e estratégias específicas para liderar o rebanho nas grandes cidades, bem como nas remotas vilas rurais.

 Quarta-feira, 28 de maio
 Bangladesh (48º) - A Igreja bengalesa necessita de pastores que sejam modelo em suas famílias, igrejas e sociedade. Mais de cem pastores ex-muçulmanos participarão de um treinamento da Portas Abertas agora em maio. Ore para que Deus use esse evento para renovar suas mentes, a fim de que sejam líderes e servos como Jesus Cristo.

 Quinta-feira, 29 de maio
 Península Arábica - Abdul (pseudônimo) é um universitário que já mostrou interesse sobre Jesus, mas que depois não quis mais falar de assuntos espirituais. Nos últimos dias, ele foi ao culto para visitar um amigo cristão e, desde então, se mostrou aberto para falar sobre religião. Ore para que ele experimente o irresistível amor de Jesus e se renda à salvação em Cristo.

 Sexta-feira, 30 de maio
 China (37º) - Moisés (pseudônimo) é um líder cristão tibetano, e pede oração por seu povo. Ele diz que a batalha espiritual é acirrada porque os tibetanos são muito religiosos e espíritos malignos desempenham um papel dominante na cultura.

 Sábado, 31 de maio
 Etiópia (17º) - O ex-muçulmano Ali Adem perdeu seus bens quando extremistas atearam fogo à sua casa. Ele teve de enviar a esposa e os filhos para a casa de parentes. Interceda por essa família, que passa por um trauma emocional. Que o Senhor demonstre seu amor a eles e também lhes dê esperanças e ânimo para reconstruir o que perderam.

Fonte:http://www.portasabertas.org.br/
Postado em 29 de maio de 2014 

Devotos a Deus e à Palavra

ERITREIA



Todos odiarão vocês por minha causa, mas aquele que perseverar até o fim será salvo. Mateus 10.22

 Recentemente, a Portas Abertas tomou conhecimento sobre Yosief Kebedom Gelai, um recém-convertido de 41 anos de idade que morreu em uma prisão eritreia.

 Yosief foi a 24ª vítima de punição por praticar atividades religiosas fora dos grupos religiosos autorizados pelo governo. Em uma breve visita ao país, testemunhas compartilharam conosco o que sabiam sobre Yosief e outros casos semelhantes.

 "Yosief era originário de Asmara. Ele foi para Mendefera para lecionar no ensino fundamental por algum tempo. Seis meses após sua chegada, Yosief se converteu a Cristo. Sua devoção à Bíblia e à oração despertou a atenção dos representantes do governo da Eritreia que trabalhavam no colégio. As autoridades o levaram detido para uma prisão no centro de Mendefera onde o mantiveram incomunicável. Como ele, há muitos outros prisioneiros cujo paradeiro é desconhecido".

 "Os cristãos são imensamente encorajados ao ver como Deus, através do seu Santo Espírito, capacita seus filhos – mesmo aqueles que estão presos e isolados como Yosief – a permanecerem firmes em sua devoção a Cristo, não importando as circunstâncias", disse o líder de uma igreja.

 Pedidos de oração
 Ore para que a graça de Deus alcance todos os familiares de Yosief nesse momento de dor.

 Interceda para que a graça e a misericórdia de Deus sejam com cristãos que estão presos por causa de sua fé.

 Interceda para que Deus continue sendo glorificado através dos testemunhos de sua Igreja na Eritreia.

 Participe dos 31 dias de oração pela Igreja africana!


Fonte:http://www.portasabertas.org.br/
Postado em 29 de maio de 2014 

Sudanesa condenada à morte por apostasia dá à luz na prisão

SUDÃO



A jovem cristã Meriam Yahia Ibrahim Ishag, condenada à forca no Sudão por se converter ao cristianismo, deu à luz na prisão nesta terça-feira (27)

 "Deu à luz uma menina hoje", declarou o diplomata referindo-se a Meriam Yahia Ibrahim Ishag, de 27 anos, filha de um muçulmano e condenada em meados de maio em virtude da lei islâmica vigente no Sudão desde 1983 e que proíbe as conversões, sob pena de morte.

 "Parece que a mãe e a filha estão bem", declarou o diplomata, que pediu o anonimato. "É cruel se encontrar nesta situação", acrescentou.

 A condenação à morte da jovem por um tribunal de Cartum no dia 15 de maio provocou uma onda de indignação. Segundo os militantes de direitos humanos, a jovem permanece detida na prisão para mulheres de Ondurman com seu primeiro filho de 20 meses.

 "Demos três dias para renunciar a sua fé, mas você insistiu em não voltar ao islã. Condeno-a à pena de morte na forca", declarou o juiz Abbas Mohamed al-Khalifa, dirigindo-se à mulher pelo sobrenome de seu pai, de confissão muçulmana.

 Antes do veredito, um chefe religioso muçulmano tentou convencê-la a voltar ao islã, mas a mulher disse ao juiz: "Sou cristã e nunca cometi apostasia".

 Meriam Yahia Ibrahim Ishag (seu nome cristão) também foi condenada a cem chibatadas por adultério.

 De acordo com a Anistia Internacional, Ishag foi criada no cristianismo ortodoxo, a religião de sua mãe, já que seu pai, muçulmano, esteve ausente durante sua infância. Posteriormente, a jovem se casou com um cristão do Sudão do Sul.

 Segundo a interpretação sudanesa da sharia (lei islâmica), uma muçulmana não pode se casar com um não muçulmano.

 Se a pena for aplicada, ela será a primeira pessoa punida por apostasia em virtude do código penal de 1991, segundo o grupo de defesa da liberdade religiosa
 Christian Solidarity Worldwide.

 Leia também
 Sudanesa é condenada à morte por se converter ao cristianismo


Fonte:http://www.portasabertas.org.br/
Postado em 29 de maio de 2014 

Quando ser amada torna-se possível

ARGÉLIA


Sejam sábios no convívio com suas mulheres e tratem-nas com honra, como parte mais frágil. 1Pedro 3.7

 Recentemente, colaboradores da Portas Abertas tiveram uma reunião calorosa com Djamila*, responsável pelo trabalho de fortalecimento e encorajamento de ex-muçulmanas na Argélia. Ela contou um pouco de sua experiência ministerial.

 "É natural que as mulheres encontrem problemas quando se tornam cristãs, já que não vivem em um país cristão, mas muçulmano. Uma mulher tem de seguir uma série de regras: ela não pode sair sozinha, não é livre para fazer o que quer.

 A qualquer momento, ela pode ser ameaçada, criticada ou insultada se for vista indo à igreja. Eu conheço muitas que escondem sua fé de suas famílias e amigos. A família não pode descobrir que elas vêm à igreja. Essas mulheres não podem em hipótese alguma serem vistas ou fotografadas em frente a uma igreja.

 Elas precisam de encorajamento porque podem facilmente abandonar a fé, especialmente as novas convertidas. Nessas horas elas precisam ter apoio de outros cristãos. Precisam se sentir encorajadas através de telefonemas e visitas. Elas precisam saber o que o Senhor pensa sobre elas, já que numa sociedade islâmica, geralmente a mulher é desprezada e não tem valor. Fazê-las entender que são amadas, que alguém morreu por elas e se importa com elas, é trabalhoso e leva tempo".

 Pedidos de oração

 Agradeça a Deus pela vida e pelo ministério de Djamila. Ore para que o Senhor lhe dê força e sabedoria para cuidar dessas ex-muçulmanas.

 Peça a Deus que proteja a vida de Djamila e de todas as mulheres que ela tem discipulado e encorajado.

 Ore para que essas novas convertidas a Cristo não cedam à pressão da família e da sociedade para voltar ao islamismo.

 *O nome verdadeiro foi alterado por motivo de segurança

Fonte:http://www.portasabertas.org.br/
Postado em 29 de maio de 2014 

“Jesus me deu vida”

VIETNÃ


Cristãos perseguidos têm muito a aprender com os cristãos brasileiros, assim como nós temos muito a aprender com eles. A fé e a perseverança da Igreja Perseguida fortalecem a nossa fé e nos dão coragem para permanecer firme. Assim como nos ensina que podemos abençoá-los também, através da oração e amor como membros da mesma família em Cristo

 "Uma cristã alemã compartilhou de Jesus Cristo comigo, mais eu não acreditei", conta Houng*.

 "Naquele tempo, eu já estava doente, no terceiro estágio de um câncer de mama. Quanto mais o tempo passava, mais desesperada eu ficava, porque todas as tentativas de cura falhavam. Eu fui a um templo budista oferecer orações e sacrifícios. Fui ao médico e peguei todos os medicamentos prescritos. Fui a um curandeiro de uma aldeia e bebi poções, mas nenhuma funcionou.

 Então, eu ouvi que havia uma igreja em uma vila próxima e me lembrei daquela senhora alemã e das coisas que ela me contou. Desesperada, eu peguei minha bicicleta e pedalei até lá. Eu ouvi o sermão do pastor e me juntei aos cristãos em suas orações. Então, lágrimas começaram a cair e eu não conseguia mais me conter. Eu chorei até minhas roupas ficarem encharcadas.

 Alguém na igreja notou o mesmo estado. Após as orações, uma mulher veio até mim e me perguntou o que ela poderia fazer em meu favor. Eu compartilhei com ela minha situação, minha doença, meu desespero. Eles oraram por mim e, durante a oração, eu senti um calor em minha cabeça, que começou a envolver todo o meu corpo. Uma onda de paz inundou todo o meu coração e pude sentir uma alegria como não sentia há muitos anos.

 Após o meu batismo, eu entrei em todas as atividades da igreja. Não poupei nenhuma. Eu não me importava mais com a minha doença. Eu entrei para a classe de discipulado, todos os domingos, e ajudei a igreja de todas as formas que eu podia. Não me importava se Jesus me curaria ou não. No entanto, Ele fez! Estou viva até hoje.

 Eu também não conseguia parar de contar aos outros sobre Jesus Cristo. Assim, meus parentes que são budistas e comunistas comprometidos, descobriram minha conversão e o que eu estava fazendo pela igreja. Eles me confrontaram uma vez, quando fui visitar minha mãe. Eles vieram com um grande grupo, me cercaram, e me bateram. Eles disseram que eu era uma vergonha para a família.

 Eu fiquei ferida tanto por dentro quanto por fora, mas eu não posso deixar a Jesus, que deu a sua vida por mim."

 *Nome alterado por motivo de segurança

Fonte:http://www.portasabertas.org.br/
Postado em 29 de maio de 2014 

Muito mais do que milhões de dólares

QUÊNIA


Alegrem-se com os que se alegram; chorem com os que choram. Romanos 12.15

 "Ficamos sentados, em silêncio, na sala de estar mobiliada. As palavras pareciam insuficientes se levássemos em consideração a agonia evidente no rosto do nosso irmão e em sua voz. Nossos corações doíam enquanto ouvíamos nosso novo amigo e irmão falar da dor de perder sua filha caçula", relata um dos colaboradores da Portas Abertas que visitava a família Mutinda a fim de levar consolo. Mwende Winnie, então com 9 anos de idade, era o orgulho de seu pai, Patrick Mutinda, e a filha que ele mais amava.

 Patrick contou, entre lágrimas, que Winnie foi morta depois que radicais atiraram duas granadas em sua casa. No momento do atentado, Winnie estava sozinha em casa. "Um membro da equipe colocou as mãos em volta de seu ombro, e chorava com ele enquanto abria a Bíblia. O restante de nós orava em silêncio, sentindo que ele precisava ouvir a voz de Deus e não dos homens, naquele momento".

 A visita continuou com palavras de encorajamento dos membros da equipe e, ao final, todos foram profundamente abençoados por ver o sorriso radiante que iluminava o rosto de Patrick.

 "Vocês virem até aqui significou para nós mais que milhões de dólares. Sua presença nos confortou e foi mais eficiente do que qualquer dinheiro, cartões ou telefonemas. Nós realmente agradecemos muito a todos vocês!", disse Patrick.

 Pedidos de oração
 Louve a Deus pela visita reconfortante desses irmãos à casa de Patrick.
 Ore para que a alegria do Senhor preencha o coração de Patrick nesse momento de dor.
 Interceda pela vida dos radicais islâmicos, para que conheçam o amor e perdão de Deus.

Participe dos 31 dias de oração pela Igreja africana!


Fonte:http://www.portasabertas.org.br/
Postado em 29 de maio de 2014 

sexta-feira, 23 de maio de 2014

A Copa do Mundo e os Evangélicos!

Bandeira do Brasil 



Não há segmento da sociedade, em nível de mundo, que não seja contagiado pela Copa do Mundo.
E, quando o evento acontece no país, aí é que a coisa ferve.
Independente de serem religiosos ou não, muito ou pouco, a grande maioria se envolve no clima de festa!
Desse modo, os evangélicos, sejam tradicionais, pentecostais ou neopentecostais, é claro com as exceções, não ficam de fora!
Ora, os irmãos que se envolvem ou não no clima da comemoração devem estabelecer entre si respeito mútuo.
Não nos compete, todavia, ver-se no papel de juiz das decisões alheias.
É fundamental, entretanto, que os distintos irmãos torcedores, não rumem à idolatria, pois se isso acontecer, certamente haverá cobrança do Eterno ( Gálatas 6.7).
Aliás, muito embora respeitemos a decisão de líderes evangélicos que irão mudar os horários dos cultos de suas igrejas nos dias em que o Brasil irá jogar, no entanto, vemos uma atitude infeliz.
Agora, se membros e congregados concordam no tocante à decisão, aí sim, é assunto superado.
Não se deve, porém, beneficiar um grupo em detrimento do outro.
ALERTA: Oremos e muito pelo nosso país, pois apesar de todo o clima de euforia, não sabemos quais as surpresas, principalmente negativas, estão por vir.
"Bem-aventurada é a nação cujo Deus é o Senhor, o povo que Ele escolheu para sua herança ( Salmo 33.12)".

 Em Cristo,

 Tadeu de Araújo

Postado em 23 de maio de 2014 

quinta-feira, 3 de abril de 2014

Missões na sub congregação da Assembleia de Deus em Bebedouro



 
Missões na sub congregação da Assembleia de Deus em Bebedouro deu destaque ao país caótico (Índia).



A sub congregação da AD em Bebedouro, localizada na Rua Tobias Barreto, naquele bairro, realizou no último domingo, dia 09, um belo culto de missionário.

 Sob a organização do DEMADB (Departamento de Evangelismo e Missões da Assembleia de Deus em Bebedouro) que está sendo coordenado pelo Dc. Mariano Siqueira naquela sub congregação.
  A leitura oficial do culto foi feita o evangelho segundo escreveu João capitulo 04. Versículos 30 á 34. Tendo como base para seu relatório a Índia, o tema utilizado foi: “Índia um pais que não podemos esquecer.” Para isso, o Dc. Mariano deu destaque ao país caótico que tem aproximadamente 33 milhões de deuses.
  Ele informou, ainda, que uma vaca é uma deusa, uma cobra é uma deusa e até uma barata é uma deusa. Enfatizou, também, que se uma cobra entra em uma casa de uma família e matar uma criança, a família dela se alegra e diz a que a deusa serpente escolhera seu filho para morar na eternidade, disse. Essa conscientização missionária tem o objetivo de alertar os irmãos sobre a necessidade de fazer missões sejam elas locais ou mundiais, indo, contribuindo, orando ou participando.

 HOMENAGEM ÀS MULHERES

 Além da temática missionária, o culto contou com a presença do líder da congregação no Bairro de Bebedouro Pr. Israel e de sua esposa irmã Genaura que foram levar uma palavra em homenagem a passagem do Dia Internacional da Mulher, comemorado no dia 08 de março.

 MENSAGEM DA NOITE

 O mensageiro do culto foi o Aux. Madson Daniel, que pautou a sua mensagem na passagem descrita em Isaias 43.18-19. E usou como tema: “É tempo de viver a novidades de Deus.” Durante a mensagem o pregador mostrou como Deus é grande e que Jesus é a novidade de Deus para o homem. Ele ensinou que o profeta Isaias foi o que mais anunciou a vinda do messias, por isso que até hoje os teólogos dizem que ele foi o profeta messiânico.

 LOUVOR

 Ainda participaram do culto, louvando ao Senhor, o departamento de Senhora, o conjunto infantil e a mocidade local O culto de missões será realizado mensalmente pela DEMADB. Também estava presente o cantor Arlley Anderson, da igreja sede em Bebedouro, que abrilhantou a noite com seu louvor.

 O dirigente atual da sub congregação Tobias Barreto é o Pb. Cleverton Vasconcelos.

 




















Postado em 03 de abril de 2014

Seguidores

Share

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More