Culto de Doutrina no templo-sede tem mensagem sobre a Porta Velha

O culto de doutrina desta terça-feira (11) reuniu centenas de evangélicos no templo-sede da Assembleia de Deus em Alagoas, localizado na Avenida Moreira e Silva, no bairro do Farol, em Maceió, para...

Este é um lugar difícil para os cristãos, mas creio que Deus está trabalhando

O Laos tem estado sob o controle do Partido Revolucionário Popular do Laos desde 1975. Sua rede exclusiva de familiares e amigos de membros do partido aumenta a pressão sentida pelos cidadãos do Laos...

Chuck Norris: “Ler a Bíblia me trouxe de volta a Cristo”

Chuck Norris é uma das figuras mais reconhecidas na indústria do entretenimento. Consagrado como campeão de Karatê, virou ator sempre interpretando personagens ‘durões’. Mais recentemente...

Pr. José Orisvaldo Nunes batiza jovem da Argentina e realiza o sonho da família

O pastor-presidente José Orisvaldo Nunes de Lima realizou esta semana o batismo de uma jovem da cidade Pergaminho, província de Buenos Aires, que visitou o Brasil juntamente com a família. A cerimônia...

Rev. José Orisvaldo Nunes de Lima fala sobre a celebração dos 500 anos da Reforma Protestante

Queridos irmãos em 31 de outubro de 1517, véspera de celebração de Todos os Santos a capela do castelo de Wintenberg estava cheia de pessoas que apesar de cristãos desconheciam quase que por completo as Sagradas Escrituras, e por isso...

Como vivem os cristãos na Nigéria

O país mais populoso da África, a Nigéria, está em 12º lugar na atual Lista Mundial da Perseguição e a situação de violência contra os cristãos é alarmante. O grupo extremista Boko Haram tem sido responsável por...

sexta-feira, 30 de setembro de 2011

Senador Crivella pede apoio a pastor ameaçado por pena de morte no Irã

O senador Marcelo Crivella (PRB-RJ)


Irã(10º) O senador Marcelo Crivella (PRB-RJ) pediu ontem ( 29) ao Senado Federal que faça um apelo para que o pastor Yousef Nadarkhani não seja condenado à morte. O pastor foi acusado de apostasia (abandono da fé): de acordo com o parlamentar, a lei islâmica, a sharia, condena à morte os iranianos que vêm de uma família muçulmana e deixam de professar o islamismo por outra fé.

O senador Marcelo Crivella (PRB-RJ) pediu ontem ( 29) ao Senado Federal que faça um apelo para que o pastor Yousef Nadarkhani não seja condenado à morte. O pastor foi acusado de apostasia (abandono da fé): de acordo com o parlamentar, a lei islâmica, a sharia, condena à morte os iranianos que vêm de uma família muçulmana e deixam de professar o islamismo por outra fé.

Em aparte, o presidente da Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH), senador Paulo Paim (PT-RS), comprometeu-se a entregar um documento ao presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), para que seja enviado à Embaixada do Irã, em apoio ao pastor.

Além de Paim, os senadores Ana Amélia (PP-RS), Aloysio Nunes (PSDB-SP), Jayme Campos (DEM-MT) e Geovani Borges (PMDB-AP) se solidarizaram com a causa de Marcelo Crivella.

Após realizar contato com a Portas Abertas Brasil, o senador Crivella informou ao público que já transcorreu a terceira audiência na qual o pastor deveria negar sua fé no cristianismo, mas ele se recusou a fazê-lo. De acordo com o senador, o pastor também se negou a dizer qual a religião de seus antepassados.

Marcelo Crivella informou que Yousef Nadarkhani não teve a pena de morte decretada, mas continua preso. Recentemente conseguiu rever seus filhos, o que não fazia desde março. O senador informou que os advogados do pastor tentam reverter sua pena para prisão perpétua, mas isso também não interessa, uma vez que o pastor é "apenas um homem que exerce o direito de expressar sua consciência e sua liberdade religiosa".

Assista ao vídeo em que Crivella faz um apelo em favor de Nadarkhani:




Fonte:http://www.portasabertas.org.br/
Postado em
30 de setembro de 2011

Deputados evangélicos criam Projeto de Lei em defesa dos valores da família

Câmara dos Deputados


O Projeto de Lei trata da criação de distinções e preferências entre brasileiros que estariam ferindo a proteção do Estado à família.

Os deputados da bancada evangélica Marcelo Aguiar (PSC), Lauriete (PSC) e Acelino Popó (PRB) protocolaram na Câmara dos Deputados o Projeto de Lei 733/11, que trata da criação de distinções e preferências entre brasileiros que estariam ferindo a proteção do Estado à família.

O Projeto de Lei foi elaborado em reação ao avanço das políticas de inclusão de homossexuais na Câmara, questão abraçada por políticos ligados à causa GLBTT (Gays, Lésbicas, Bissexuais, Travestis, Transexuais), e pede proteção especial do Estado à família.

Ao diário baiano Correio 24 horas, o trio de deputados declarou: “nada mais pretendemos que a efetivação constitucional no sentido de assegurar que o Estado brasileiro não seja controlado por grupos minoritários que queiram impor a sua visão de mundo".

O texto recebeu parecer contrário do deputado baiano Jean Wyllys (PSOL-RJ). De acordo com o deputado, o projeto é inconstitucional. Ele acredita que, ainda que não mencione grupos específicos, pelo teor religioso da sua justificação, as políticas públicas e leis que hoje atuam diretamente com o público de gays, bissexuais, transexuais e travestis, seriam interrompidas.

"A discriminação por orientação sexual ou identidade de gênero é uma discriminação por motivo de sexo, violando o caput do artigo 5º da Constituição da República", pontuou o deputado ao diário baiano.

O projeto deverá passar por reformulação para continuar atendendo à reivindicação dos Cristãos, mas sem ferir a Constituição.

O PL já tramita em caráter conclusivo e deverá ser encaminhado nos próximos dias para análise das comissões de Direitos Humanos e Minorias, de Seguridade Social e Família, de Constituição e Justiça e Cidadania.O texto, antes de virar lei, terá que se submeter ao plenário da Câmara, ao Senado Federal e também a sanção da presidência da república.


Fonte:http://www.jneweb.com.br/
Postado em
30 de setembro de 2011

Homem-bomba invade igreja na Indonésia e 20 pessoas ficam feridas

Cristãos choram após atentado


Um pessoa morreu após o ataque suicida

Um homem-bomba atacou uma igreja protestante no centro da Indonésia, província de Java, no domingo, dia 25 setembro. O ataque feriu vinte pessoas e matou um, segundo informações da polícia e das autoridades.

“Podemos confirmar que houve um ataque suicida na Igreja Betel Injil às 10:55”, disse um porta-voz da polícia da província da Java Central. O hospital e outros funcionários mais tarde disseram que até 27 pessoas ficaram feridas no ataque.

A polícia e outros funcionários do governo haviam dito que duas pessoas foram mortas, mas depois retificaram e esclareceram que a única pessoa que morreu era o homem-bomba.

O ministro de coordenação para assuntos políticos, legais, e de segurança, Djoko Suryanto, disse que as autoridades irão analisar as imagens do circuito fechado de câmeras da Igreja para identificar o homem-bomba.

Não existem provas concretas de que algum grupo terrorista estava por trás do ataque, mas suspeita-se do líder muçulmano radical Abu Bakar bashir, que foi preso por 12 anos acusado de financiar um grupo terrorista que planejava ataques contra ocidentais e líderes políticos

Além disso, as igrejas cristãs tem sido alvo de militantes islâmicos que se opõem à propagação do cristianismo no país e desejam estabelecer as leis islâmicas em várias partes do país mais muçulmano do mundo.Confrontos entre muçulmanos e cristão teriam matado mais de 9 mil pessoas na Indonésia entre os anos de 1999 a 2002.



Fonte:http://www.jneweb.com.br/
Postado em
30 de setembro de 2011

quinta-feira, 29 de setembro de 2011

Vamos orar


Laos(10º)
- Jovens cristãos do Laos sentem a necessidade de ser discipulados, para que possam discernir a vontade de Deus ao tomar decisões quanto ao futuro. Ore para que o Senhor levante líderes cristãos que tenham o desejo de ser mentores dos jovens nas igrejas.


Fonte:http://www.portasabertas.org.br/
Postado em
29 de setembro de 2011

Pastor Yousef permanece firme em sua fé

Pastor Yousef e Família


Pastor Yousef Nadarkhani se recursou a negar sua fé em Jesus Cristo ontem na quarta e última audiência em um tribunal no Irã. Pastor Yousef foi condenado pelo crime de apostasia (abandonar o islamismo) e sentenciado a morte por enforcamento.


Pastor Yousef Nadarkhani se recursou a negar sua fé em Jesus Cristo ontem na quarta e última audiência em um tribunal no Irã. Pastor Yousef foi condenado pelo crime de apostasia (abandonar o islamismo) e sentenciado a morte por enforcamento.

O tribunal onde estão sendo realizados os julgamentos está cercado por forças de segurança desde que começaram as audiências do pastor. O tribunal concedeu a Yousef três chances para que ele pudessem se retratar, negar o cristianismo e voltar ao Islã. Somente dessa maneira ele poderia ter sua vida poupada. Mas em todos os casos, ele se recusou a negar a Cristo.

“Estou em contato com o Irã”, disse uma fonte próxima a família do pastor. “Mas as notícias não são muito boas, mas vamos esperar. Se eles realmente quiserem, eles podem matá-lo porque ele se recusou a negar sua fé. Deixamos tudo nas mãos de Deus.”

Um advogado de defesa disse a família Nadarkhani e amigos que havia uma maneira de levar o caso ao Tribunal Supremo, o que poderia estender a pena de Nadarkhani na prisão, mas existe a informação de que o Supremo Tribunal Federal do país deseja que essa situação seja resolvida o quanto antes.

“Yousef é conhecido como um herói, por isso, se ele for libertado, o governo será visto como alguém que foi derrotado”, disse ele. “Mas se eles o deixarem na prisão, haverá mais pressão internacional.”

“Eles provavelmente não irão matá-lo hoje, mas podem fazer isso quando quiserem”, disse a fonte para o Compass. “Eles podem enforcá-lo ao meio dia ou então daqui a 10 dias. Às vezes entregam o corpo para a família junto com o veredito. Eles têm ultrapassado as fronteiras da lei”

A fonte disse que a esposa de Nadarkhani está muito apreensiva com relação a decisão do tribunal. Eles tem dois filhos: Joel, 7 anos, e Daniel, 9 anos. “A mulher dele está em depressão e preocupada. É uma situação difícil para toda a família.”


Fonte:http://www.portasabertas.org.br/
Postado em
29 de setembro de 2011

Todos os cristãos estão sob vigilância e as atividades da Igreja são limitadas. A comunidade local reage agressivamente contra convertidos que renunci



Todos os cristãos estão sob vigilância e as atividades da Igreja são limitadas. A comunidade local reage agressivamente contra convertidos que renunciam o culto a espíritos

Localizado no Sudeste Asiático, o Laos é caracterizado por seu terreno extremamente montanhoso, apresentando poucas planícies e planaltos.

A fronteira norte do país faz parte da região conhecida como Triângulo Dourado (Mianmar, Laos e Tailândia), de onde sai grande parte da heroína consumida no mundo.

A Igreja

Os missionários católicos chegaram ao Laos no século XVII. Em 1902, comunidades na Suíça enviaram uma missão ao sul do Laos, onde plantaram igrejas, começaram uma escola bíblica, e traduziram a Bíblia para o idioma laosiano. Em 1928, a pequena missão convidou a Aliança Missionária Cristã (AMC) para enviar missionários ao norte do país.

A entrada do comunismo em 1975 obrigou todos os missionários a deixarem o Laos. A AMC, entretanto, continuou a trabalhar no norte, e a missão suíça no sul. A população cristã naquela época era de dez mil pessoas. Depois do comunismo, mais de 50% abandonou o país.

Há aproximadamente 250 congregações protestantes no país. São reconhecidos apenas três grupos cristãos - a Igreja Evangélica Laosiana, os Adventistas do Sétimo Dia e os Católicos Romanos.

Embora não haja um número definido de cristãos, a maior parte dos estudiosos afirma haver de 100 a 120 mil evangélicos no país.

O maior grupo cristão é da tribo khmu (entre os laosianos do planalto), compondo 50% dos evangélicos. O resto está entre os hmong, bru, lao (entre os laosianos das montanhas). A maioria das igrejas está na zona rural. De fato, só três igrejas protestantes estão localizadas em cidades.

A taxa de crescimento estimada é de dois mil convertidos por ano. Sabe-se que há cristãos em 11 das 16 províncias.

A perseguição

Apesar de a Constituição laosiana conter princípios favoráveis à liberdade religiosa, o governo continua a restringir essa liberdade, forçando cristãos a renunciar a sua fé, aprisionando-os e fechando seminários.

Ainda vigoram proibições relativas à evangelização pública, à construção de igrejas e a ligações com organizações estrangeiras. Reuniões religiosas sem o devido consentimento das autoridades comunistas são proibidas e todos os grupos religiosos devem ser aprovados pelo crivo de uma organização controlada pelo Partido Revolucionário do Povo do Laos. Monges budistas têm reivindicado restrições ainda maiores à atividade cristã, e o governo tem apoiado esforços para levar cristãos a renunciar sua fé em favor do budismo.

Tem aumentado a perseguição contra os convertidos hmongs, que são normalmente considerados rebeldes contra o Estado. Desde novembro de 2006, 52 famílias hmongs foram presas. Destas, 27 pessoas ainda estão presas, e sete famílias fugiram. Em julho de 2007, 13 crentes hmongs foram assassinados.

Há algumas atitudes positivas. Ao longo dos dois últimos anos, a maior parte das igrejas que estavam fechadas foi reaberta. O governo central tomou medidas para educar as autoridades das provinciais na implementação das leis religiosas. Esse desenvolvimento conteve a perseguição em algumas áreas remotas.


Fonte:http://www.portasabertas.org.br/
Postado em
29 de setembro de 2011

Cantora Dorinha Lima divulga novo clipe

Fotos da discografia da cantora evangélica Dorinha Lima


Música Passos na Areia é do álbum Além do seu pensar.

A cantora assembleiana Dorinha Lima está divulgando o clipe da música Passos na Areia, do álbum Além do seu Pensar. O vídeo do clipe está disponível na página principal do Portal ADAlagoas.

Para assistir clique aqui .

Dorinha fez sua primeira gravação no ano de 1995 (LP) titulado “Passos na Areia”, trabalho que foi um grande sucesso em todo estado de Alagoas. Em 2000 a cantora evangélica gravou seu segundo trabalho intitulado “Doce Espírito”.

Mas foi no ano de 2004 que Dorinha Lima trouxe para o público gospel o CD “Ungido pra vencer”. Depois vieram, “Não Pare de Lutar” lançado em 2008, e em 2010, o seu quinto CD “Além do seu pensar”, um dos destaques em todas as mídias evangélicas e congregações.

Dorinha Lima é natural do Estado do Maranhão, nascida no ano de 1968, casada com o Pastor José Elias de Lima. Tem como pastor-presidente, o Pr. José Antonio dos Santos, líder da igreja Assembleia de Deus em Alagoas. Dorinha também é mãe de três filhos: Tiago, Tayse e Tacio.

Grata a Deus por todos os benefícios em sua vida, a cantora reconhece que o sucesso é fruto da benção do Senhor. “O sucesso continua. Deus tem abençoado e a cada dia entendo o chamado de Deus em minha vida para a adoração através do louvor”, conta.



Fonte:http://www.jneweb.com.br/
Postado em
29 de setembro de 2011

Marco Feliciano recebe Disco de Ouro na ExpoCristã, em São Paulo

Marco Feliciano recebe Disco de Ouro na ExpoCristã


O CD "Marco Feliciano Canta Voz da Verdade" alcançou a marca de mais de 50 mil cópias vendidas

O pastor e cantor Marco Feliciano recebeu no domingo, 25, o Disco de Ouro pela vendagem do CD “Marco Feliciano Canta Voz da Verdade”. A entrega do prêmio aconteceu no último dia da ExpoCristã durante congresso de avivamento que reuniu 4 mil pessoas do auditório principal do centro de convenções do Anhembi, em São Paulo.

Ao receber o Disco de Ouro, o Feliciano chamou sua esposa, a pastora Edileusa Feliciano e suas duas de suas filhas que estavam presentes e agradeceu a eles pelo apoio. ”Sem o apoio, carinho e oração delas jamais eu conseguiria”, declarou. Minutos antes da entrega o pastor cantou a musica “Além do Rio Azul” acompanhado da filha caçula, Kamylle Feliciano.

Marco Feliciano comentou sobre o desafio de regravar musicas da maior banda gospel de todos os tempos, e ainda a responsabilidade de interpretar canções consagradas na voz de Carlos Moysés que estava presente na hora da entrega. “Não é por que ele é meu amigo nem por ser as minhas musicas, eu jamais liberaria minhas canções para qualquer um, muitos já me procuraram e eu neguei, o álbum ficou maravilhoso, olha eu realmente gostei!”, disse Carlos Moysés.



Fonte:http://www.jneweb.com.br/
Postado em
29 de setembro de 2011

quarta-feira, 28 de setembro de 2011

ROBOÃO: O LÍDER INSENSÍVEL E INSENSATO


"Foi Roboão a Siquém, porque todo o Israel se reuniu lá, para o fazer rei. Tendo Jeroboão, filho de Nebate, ouvido isso (pois estava ainda no Egito, para onde fugira da presença do rei Salomão, onde habitava e donde o mandaram chamar), veio com toda a congregação de Israel a Roboão, e lhe falaram: Teu pai fez pesado o nosso jugo; agora, pois, alivia tu a dura servidão de teu pai e o seu pesado jugo que nos impôs, e nós te serviremos." (1 Rs 12.1-4)

Roboão, filho de Salomão, assumiu o lugar de seu pai quando tinha a idade de 41 anos (2 Cr 12.13). Podemos afirmar que se tratava de um jovem rei. De início o novo monarca precisou lidar com as reivindicações do povo, que reclamava do pesado jugo a que fora submetido. O referido jugo pode ser entendido como trabalho forçado (2 Cr 10.18) ou uma alta carga de impostos.

Diante do pedido do povo, a atitude do rei foi inicialmente sensata, digna de um governante prudente:

"Ele lhes respondeu: Ide-vos e, após três dias, voltai a mim. E o povo se foi." (1 Rs 12.5)

Ao assumir uma liderança, seja ela em qualquer nível, é comum que os líderes tenham uma certa preocupação em agradar o povo, e em buscar meios de promover a sua aceitação imediata. Neste momento muitos falham, pois no desejo de agradar e ser aceito, acabam atendendo algumas solicitações do povo sem analisar melhor a questão.

No caso de Roboão, ele não se afobou, antes pediu um prazo para pensar e decidir sobre a questão. A alteração na carga de trabalho ou de impostos teria que ser avaliada, e as consequências administrativas, econômicas e sociais precisariam ser analisadas. Os efeitos de uma decisão precisam ser pensados a curto, médio e longo prazo. O passo seguinte de Roboão dentro do tempo pedido foi o de consultar os homens idosos que faziam parte do grupo de conselheiros de seu pai.

"Tomou o rei Roboão conselho com os homens idosos que estiveram na presença de Salomão, seu pai, quando este ainda vivia, dizendo: Como aconselhais que se responda a este povo?" (1 Rs 12.6)

Um jovem e sábio líder terá ao seu lado idosos experientes, que poderão lhe auxiliar das mais diversas formas e maneiras, principalmente na condição de conselheiros. Fico impressionado com líderes jovens que não conseguem enxergar o valor dos idosos. Conheço o caso de um companheiro que ao assumir uma congregação percebeu que havia vários diáconos e presbíteros idosos. Expressando um certo ar de preocupação, perguntou ao pastor presidente: - Eu não sei o que vou fazer com tantos velhos. Igual a este jovem líder e obreiro, há muitos precisando entender e descobrir o valor do "velhos".

Roboão, até então, parecia estar indo na direção certa. Diante de seu pedido, os conselheiros idosos responderam:

"Eles lhe disseram: Se, hoje, te tornares servo deste povo, e o servires, e, atendendo, falares boas palavras, eles se farão teus servos para sempre." (1 Rs 12.7)

A resposta dos anciãos precisa ser bem entendida. Em primeiro lugar, encontramos nesse texto o princípio da liderança servidora, que será ampliado nos ensinos e vida de Jesus. O rei não deveria ter uma postura dominadora, mas servidora. Deveria ser alguém que estivesse disposto a colocar os interesses do povo antes dos seus próprios interesses. Há nos dias atuais uma geração de líderes e obreiros que só pensam em seu próprio bem-estar, e no bem-estar da sua família, não se importando com o povo. Não é difícil percebê-los. Quando alguém ousa questioná-los, logo se escondem, se defendem e se protegem por trás do manto do "ungido". Em última instância, tenho a certeza que Deus tratará com os tais líderes que assim procedem. A rica sabedoria do conselheiros idosos deixa claro que o serviço voluntário é algo que se conquista. A verdadeira liderança não se sustenta no cargo ou no título do líder, mas em sua disposição de servir e amar o povo, de pensar nas pessoas antes das coisas. De enxergar e tratar gente, como gente deve ser tratada.

Em segundo lugar, o conselho de "falar boas palavras" não implica que o líder sempre deva atender e agradar ao povo. As boas palavras aqui implicam uma questão de justiça. Nem sempre aquilo que o povo pensa ser o melhor pra si, na realidade o é. A percepção e visão do povo nem sempre é sistêmica, ou seja, nem sempre contempla e considera todas as partes, e as consequências envolvidas na decisão ou escolha a ser tomada. Quando geralmente um grupo procura um líder para fazer uma solicitação, essa solicitação na maioria dos casos visa apenas o melhor par ao próprio grupo. Um líder, antes de atender positivamente um pedido de determinado grupo, precisar analisar as consequências para os demais grupos, e para o trabalho como um todo. Na ânsia de agradar grupos específicos, muitos líderes comprometeram a saúde administrativa e até espiritual da obra. Quando um líder e obreiro não consegue dizer um "não", justificando plausivelmente sua decisão, logo promoverá confusão e perderá o controle em sua gestão. Há casos em que o medo de responder negativamente ao povo está associado ao medo de perder liderados, membros ou congregados. Para fecharmos este ponto, duas coisas precisam ser consideradas e lembradas: o pedido do povo é justo? a solução promoverá um bem maior para todos?

"Porém ele desprezou o conselho que os anciãos lhe tinham dado e tomou conselho com os jovens que haviam crescido com ele e o serviam. E disse-lhes: Que aconselhais vós que respondamos a este povo que me falou, dizendo: Alivia o jugo que teu pai nos impôs?" (1 Rs 12.8-9)

É a partir deste ponto que a insensibilidade e insensatez de Roboão se manifestam. Ele simplesmente desprezou o sábio conselho dos homens idosos, e se voltou agora para buscar orientação com os conselheiros jovens. Voltemos a fazer aqui algumas considerações. Primeiro, o fato de um líder ser jovem, como no caso de Roboão, não significa que todos os líderes jovens são insensíveis e insensatos. Conheço lideranças jovens e sábias, que não abrem mão de bons conselhos. Segundo, nem todo conselho que vem de idosos significa que é bom para o momento e circunstâncias. Idosos também podem falhar em suas análises dos fatos. É preciso que o líder sempre pondere sobre o que escuta, para depois buscar a ação necessária. Terceiro, percebemos no texto que Roboão tinha conselheiros idosos e jovens. Essa mescla é muito boa. Todo líder deveria ter ao seu lado conselheiros e assessores com idade, formação e outras características diversificadas, pois desta forma poderia ter opiniões que contemplariam um mesmo problema e alternativas de soluções por vários ângulos e visões distintas. Assim, como nem todo conselho de um idoso é bom, nem todo conselho de um jovem é ruim. Idosos e jovens se completam, e quando há o respeito e a consideração entre ambos, grandes ideias e ações brotam. No caso dos jovens procurados por Roboão, a insensibilidade e a insensatez prevaleceram:

"E os jovens que haviam crescido com ele lhe disseram: Assim falarás a este povo que disse: Teu pai fez pesado o nosso jugo, mas tu alivia-o de sobre nós; assim lhe falarás: Meu dedo mínimo é mais grosso do que os lombos de meu pai. Assim que, se meu pai vos impôs jugo pesado, eu ainda vo-lo aumentarei; meu pai vos castigou com açoites, porém eu vos castigarei com escorpiões." (1 Rs 12.10-11)

O justo pedido do povo não foi atendido, pior, a decisão do rei Roboão implicaria em mais injustiça, opressão e exploração:

"Veio, pois, Jeroboão e todo o povo, ao terceiro dia, a Roboão, como o rei lhes ordenara, dizendo: Voltai a mim ao terceiro dia. Dura resposta deu o rei ao povo, porque desprezara o conselho que os anciãos lhe haviam dado; e lhe falou segundo o conselho dos jovens, dizendo: Meu pai fez pesado o vosso jugo, porém eu ainda o agravarei; meu pai vos castigou com açoites; eu, porém, vos castigarei com escorpiões." (1 Rs 12.12-14)

Diante dos fatos, o pior aconteceu, uma indignação geral desencadeou um processo que culminou na divisão do reino:

"Vendo, pois, todo o Israel que o rei não lhe dava ouvidos, reagiu, dizendo: Que parte temos nós com Davi? Não há para nós herança no filho de Jessé! Às vossas tendas, ó Israel! Cuida, agora, da tua casa, ó Davi! Então, Israel se foi às suas tendas." ( 1 Rs 12.15-16)

Quando analisamos todo o acontecimento, dois textos nos chamam a atenção:

"O rei, pois, não deu ouvidos ao povo; porque este acontecimento vinha do SENHOR, para confirmar a palavra que o SENHOR tinha dito por intermédio de Aías, o silonita, a Jeroboão, filho de Nebate." (1 Rs 12.15)

"Assim diz o SENHOR: Não subireis, nem pelejareis contra vossos irmãos, os filhos de Israel; cada um volte para a sua casa, porque eu é que fiz isto. E, obedecendo eles à palavra do SENHOR, voltaram como este lhes ordenara." (1 Rs 12.24)

Longe de promover qualquer tipo de rebeldia e divisão, a lição que extraímos dos versículos acima citados, que claramente afirmam que este "acontecimento vinha do SENHOR", e que "Ele é que fez isto", é a de que Deus trata com lideranças e líderes insensíveis e insensatos das mais diversas formas e maneiras.

Fica aqui o alerta para a atual geração de líderes!


Fonte:http://www.altairgermano.net/
Postado em
28 de setembro de 2011

Crianças homenageiam Daniel Berg e Gunnar Vingren

11º Encontro de Crianças no Belenzinho lembrou a saga dos missionários


Foi um dia bastante agitado e permeado pela glória de Deus. A todo momento dezenas de ônibus lotavam os arredores do templo-sede da AD no Belenzinho, em São Paulo, com milhares de crianças para um dia de muita alegria, onde se realizou o 11º Encontro de Crianças do Ministério do Belém.

O evento que é realizado sob a orientação do pastor presidente, José Wellington Bezerra da Costa, tem a coordenação das tias Marta Costa, líder do departamento infantil da igreja há mais de vinte anos e vereadora por São Paulo, e Karin Ramos.

Devido à grande proporção da igreja, o encontro foi dividido em dois períodos, manhã e tarde. Em cada um deles, setores diferentes da igreja apresentaram seus meninos e meninas que juntos louvaram ao Senhor. O tema central deste ano foi baseado no Centenário das Assembleias de Deus no Brasil : "Vocês receberão poder e serão minhas testemunhas", baseado em Atos 1.8.

Além de agradecerem a Deus pelos 100 anos da denominação, como parte da celebração, as crianças lembraram o trabalho feito e agradeceram a Deus pela vida dos missionários suecos, fundadores das ADs no Brasil, Daniel Berg e Gunnar Vingren.

A ministração da Palavra de Deus foi feita pela Tia Jô, umas das mais destacadas palestrantes para crianças das ADs no Brasil, que mais uma vez foi poderosamente usado pelo Senhor. Tia Jô, além de fazer parte da equipe de palestrantes de conferências da Casa Publicadora das Assembleias de Deus (CPAD), desenvolve importantes trabalhos missionários com crianças, como por exemplo na África.

Para Tia Jô, a data se tornou pra lá de especial: "Estou muito feliz por estar ministrando pela segunda vez no maior congresso de crianças do Brasil, na AD no Belenzinho, igreja liderada pelo nosso presidente, pastor José Wellington Bezerra da Costa. Agradeço a todas as crianças que nos recebem muito bem e a tia Marta Costa pelo apoio que tem dado ao meu ministério".

O efeito da palavra pode ser visto antes mesmo que as reuniões terminassem. Centenas de crianças choravam durante os períodos de oração, outras dezenas receberam a Jesus como único Senhor e Salvador, o que garantiu o sucesso do trabalho.








Fonte:http://www.cpadnews.com.br/
Postado em
28 de setembro de 2011

Crianças homenageiam Daniel Berg e Gunnar Vingren

Igreja promove dia de intercessão por Israel

Evento é inspirado na iniciativa do pastor norte-americano John Hagee


Para confirmar a aliança dos evangélicos brasileiros com a comunidade judaica, a Assembleia de Deus em Nilópolis, ministério Resgatando Famílias, promove no dia 1º de outubro, evento de oração pela Paz em Jerusalém, em toda a Terra de Israel e na Diáspora.

Intitulado “Um Dia para orar por Israel”, o evento é inspirado na iniciativa do pastor norte-americano John Hagee, autor do livro “Em Defesa de Israel” (CPAD) e fundador da Noite Para Honrar Israel, evento de caráter mundial feito para cumprir a ordem bíblica de dar apoio e prestar solidariedade a causa de Israel e aos judeus. “Será um dia de aprendizado bíblico sobre Israel”, explica o líder da igreja, pastor Sérgio Aquino.

A programação se estenderá por todo o sábado (1º de outubro): Pela manhã, a partir das 9h, haverá um ciclo de palestras; às 15h, será exibido o documentário A Estrela Oculta do Sertão (de Elaine Eiger e Luize Valente). O encerramento, às 19h30, terá a presença do hebraísta Wallace Anderson, e haverá grande clamor baseado no Salmo 122: “Orai pela paz de Jerusalém; prosperarão aqueles que te amam”. A igreja fica na rua Cel. França Leite nº 900, Bairro Cabral, Nilópolis.



Fonte:http://www.cpadnews.com.br/
Postado em
28 de setembro de 2011

Cristãos pedem oração sobre o reconhecimento do Estado Palestino

Mahmoud Abbas fará o pedido de admissão na ONU hoje; Assunto gera muita tensão e conflitos na região


Manifestantes palestinos enfrentaram soldados israelenses nesta sexta-feira (23) em diferentes pontos da Cisjordânia, horas antes do discurso que o presidente da Autoridade Nacional Palestina (ANP), Mahmoud Abbas, fará na ONU antes de apresentar o pedido de admissão do Estado palestino na organização.

Este assunto sempre gera conflitos e muita preocupação na região, inclusive para os irmãos e irmãs em Cristo, que vivem tanto em Israel, quanto em território palestino.

Nos últimos anos, muito esforço tem sido despendido para que haja uma reconciliação entre os cristãos messiânicos e os cristãos palestinos. Agora, qualquer que seja a decisão de hoje, ela pode levar a um fim pacífico a atual relação turbulenta desses dois grupos.

As autoridades de Israel estão em estado de alerta máximo nesta sexta-feira por temer mais distúrbios devido ao discurso de Abbas na ONU, e prepararam um dispositivo de segurança de mais de 9 mil agentes.

Diante de todo esse quadro, irmãos pedem oração para que os líderes mundiais tenham sabedoria para responder ao apelo palestino de se tornar um Estado independente; para que não haja mais violência na região, independentemente da decisão que será tomada; para que a frágil unidade entre cristãos messiânicos e cristãos palestinos não seja quebrada por questões políticas e que eles possam viver em unidade plena; para que os cristãos da região possam ser um exemplo de paz para ambos os povos; para que Senhor conduza tudo segundo a Sua vontade, e que tudo seja para a glória do Seu nome.



Fonte:http://www.cpadnews.com.br/
Postado em
28 de setembro de 2011

Filme cristão será exibido por uma das maiores redes de cinema do Brasil

Inspirado na vida de Pablo Olivares, filme trata sobre o poder da oração



Dia 30 de setembro estreia o filme “Poema de Salvação”, baseado na vida de Pablo Olivares. O filme fala a respeito da oração de uma mãe pela salvação de seu filho.

Com a mesma visão do Grupo CanZion – edificar o reino de Jesus Cristo nas nações da terra – nasce em 2009 Canzion Films, uma nova empresa da família Canzion que inicia suas atividades na tela grande com o filme “Poema de Salvação”, filmado em locações argentinas.

Há alguns anos, Marcos Witt, fundador do Grupo Canzion, sentiu-se motivado a incursionar na arte do cinema devido ao seu grande impacto na sociedade e na cultura. É por essa razão que há cinco anos Marcos Witt convidou Arturo Allen a se unir à grande família Canzion.

Arturo Allen, produtor de mais de 70 vídeos musicais e dos curtas-metragens “Bandeira Branca” e “Não se renda”, está à frente dessa nova divisão, com a qual o Grupo Canzion inicia oficialmente sua nova etapa na cinematografia.

O filme “Poema de Salvação”, inspirado na vida de Pablo Olivares, trata sobre o poder da oração, apresentando uma mensagem de salvação e arrependimento.

Sinopse

Pablo Olivares é um menino talentoso e inquieto, nascido em uma família cristã. Sua mãe, Carmem, dedica todo seu tempo a educá-lo de acordo com os princípios bíblicos, cultivando nele desde pequeno o amor pela música. Roberto, seu pai, dedica-se principalmente aos negócios, mantendo-se distante da vida de Pablo.

Diante da ausência emocional de seu pai, Pablo se junta com amigos que o apresentam ao mundo do rock’n’roll e ele começa a se sentir atraído pelo ocultismo. Sua habilidade para a música se torna evidente e embora Carmem acredite em seu talento, o rock é uma questão que ela não apoiará.

A dor da ausência paterna e a rejeição de sua mãe a seus sonhos fermentam no jovem um ódio que lentamente se volta contra sua mãe e a religião que ela professa. Levado por sua ambição de vencer na música, Pablo decide fazer um pacto com o diabo.

Carmem tenta de tudo para restabelecer o relacionamento com seu filho e, fiel a seus princípios, ora incessantemente por ele durante quatorze anos. O constante confronto entre Pablo e sua mãe logo deixa de ser uma questão meramente familiar e se transforma em um campo de batalha pela alma do jovem. Um drama inspirado em uma história real, filmado em Buenos Aires, Argentina.



Fonte:http://www.cpadnews.com.br/
Postado em
28 de setembro de 2011

Ex-padre é batizado na Itália com líderes de paróquia

Sua família o abandonou acusando-o de agora pertencer a uma seita protestante


O ex-sacerdote da igreja católica Luca De Pero foi batizado neste último sábado (24), numa praia em Cesena/Itália, pelo Pr. Fabiano Nicodemo, missionário da Junta de Missões Mundiais. O batismo era aguardado com muita expectativa. O ex-padre foi excomungado pelo bispo da região de Monte Cerignone e chamado de herege. Sua família também o abandonou acusando-o de agora pertencer a uma seita protestante.

Além do ex-padre, também a jovem Eliza e o casal Gioachino e Maria Roza Gandolfi, que eram líderes na mesma paróquia, deram sua pública confissão de fé em Jesus por meio do batismo. A cerimônia foi marcada por muita emoção, tanto dos irmãos batizados quanto da Igreja Evangélica Batista de Cesena e outras igrejas ali representadas.

O novo padre da paróquia Beato Domenico, da localidade de Monte Cerignone, onde Luca ministrava, havia pedido para que ninguém fosse ao batismo, entretanto, muitos amigos de Luca estiveram no culto.

Os dias que antecederam à cerimônia foram de muita pressão para esses novos crentes. A jovem Eliza, que era uma das catequistas da paróquia, chegou a ser ameaçada de morte pela própria mãe.
O culto aconteceu na tenda de um clube localizado na beira da praia. Cerca de 300 pessoas estiveram presentes. Os que seriam batizados deram breves e emocionados testemunhos da transformação que Jesus fez em suas vidas. O mensageiro foi o Pr. Fabiano Nicodemo, que pregou sobre o texto de João 3.1-13. Citando a história de Nicodemos, disse que as tradições religiosas não transformam as pessoas nem a religião salva o homem. Ao final, seis pessoas se decidiram por Cristo, algumas delas eram da mesma paróquia onde Luca De Pero era padre. Os batismos foram realizados no Mar Adriático.

Luca De Pero se converteu em 2008, mas continuou realizando os serviços na igreja católica. No ano passado, procurou o Pr. Fabiano Nicodemo e foi discipulado pelo missionário. Em agosto, anunciou o rompimento com a igreja católica, quando então começou a pressão por parte do bispo da região de Cesena. Ele foi procurado pelo clero católico e instado a abandonar a ideia de "se tornar protestante". A história de Luca ganhou destaque na imprensa local. Na semana passada, vários jornais o procuraram para falar um pouco mais sobre o caso.

A conversão de Luca De Pero é uma prova do que Deus está fazendo na Itália. A chegada desses novos irmãos deu um grande renovo à igreja em Cesena e um grande ânimo ao trabalho missionário no campo italiano.


Fonte:http://www.cpadnews.com.br/
Postado em
28 de setembro de 2011

Dupla que já ganhou 6 mil para Cristo quer desenvolver estratégia em Alagoas

Flávio e Vilaní


Flávio e Vilaní vêm do Rio Grande do Norte com a missão de evangelizar por meio do louvor

Ele era cantor de seresta, rodou o país inteiro, ganhou muita grana e dividiu o palco com nomes conhecidos da música brasileira, a exemplo do sertanejo Reginaldo Rossi. Ela fazia o papel da típica esposa de um seresteiro. Vivia trancada em casa, rodeada ao luxo e nutria dentro de si a arrogância e a prepotência. Entretanto, os dois tiveram um encontro com Jesus e, hoje, viajam pelo Brasil com uma nova missão: conquistar almas por meio do louvor e do testemunho de vida. A dupla da glória Flávio e Vilaní é do Rio Grande do Norte e perdeu a conta de quantos já ganhou para Cristo. Eles especulam cerca de 6 mil pessoas.

O casal está em Maceió e pretende morar aqui por mais ou menos um ano, período em que precisa para colocar em prática uma estratégia que, segundo eles, surgiu da vontade de Deus. Sempre com o suporte dos dirigentes das congregações, a dupla, sempre que é oportunizada para louvar, prefere se antecipar e convidar os amigos do Evangelho. O pastor da igreja distribui para os membros uma carta convite, que deverá ser preenchida com o nome do não-evangélico a ser convencido a participar do “Culto do Amigo”. Foi assim que os cantores classificaram o trabalho que participam nas congregações do Brasil inteiro.

Nestes cultos, Flávio e Vilaní aproveitam para louvar ao Senhor com algumas de suas 35 canções gravadas e distribuídas em três CDs – todos com músicas cantadas, play-backs e com a letra disponíveis. Mas eles consideram que o momento mais importante é quando receberam a direção divina para contar parte do testemunho. “Perguntamos nas igrejas quem são os não-crentes. É com eles que pretendemos tratar. Eles são o nosso objetivo. Queremos ganhar almas pra Jesus e temos a certeza de que fomos chamados para esta finalidade”, disse Vilaní.

Em conversa com a reportagem do Portal AD Alagoas, na manhã desta quarta-feira (28), ela relatou que conheceu Cristo no dia 02 de dezembro de 2002 numa experiência que marcou para sempre a sua vida. Disse que vivia trancada em casa por determinação do marido, que costumeiramente estava viajando para cantar. “Estava lendo a bíblia já havia oito meses e neste dia foi totalmente diferente. Entrei no meu quarto e ouvi claramente uma voz falando comigo da seguinte maneira: ‘filha, sou eu teu Deus quem falo contigo agora’. Comecei a chorar na mesma hora e perguntei se aquela voz era do Deus dos crentes e recebi a confirmação. Contei a minha situação que era muito difícil e decidi aceitar a Jesus, mas tinha medo do meu marido”, narrou.

Vilaní completa que a obra em sua vida estava sendo aperfeiçoada por Deus muito rapidamente. E para ter a prova real, Jesus falou com Flávio. “Quando eu cheguei perto do meu marido para falar da minha decisão, ele se antecipou e disse que Jesus havia falado com ele que eu estava disposta a ser crente e que gostaria de ir pra igreja. Ele me disse que eu fosse, não tinha problema e ainda ressaltou que ‘ai’ dele se não me deixasse ir. Assim que dobrei os meus joelhos para a minha conversão, Jesus me batizou com o Espírito Santo”, continuou ela.

A esposa queria servir a Deus ao lado do marido e fez um desafio ao Senhor. Se Flávio aceitasse Jesus e deixasse a seresta, ela o serviria de todo o coração e faria tudo quanto lhe fosse ordenada. “Dois dias depois, meu marido foi me buscar na igreja e aceitou Jesus”, revelou. Eles mudaram de vida e se entregaram de corpo de alma para a obra. Hoje vivem somente dela.

NÚMEROS

Os números que a dupla divulga impressionam. Eles dizem que visitam cerca de 3.500 igrejas diferentes. Em todos os templos saíram com conversões registradas após contarem parte do testemunho. “É lindo o trabalhar de Deus nas nossas vidas. As almas vêm chorando desejando Jesus”, comenta Flávio.

Em Alagoas, eles dizem que já manteve contato com alguns dirigentes de congregações assembleianas da capital e do interior para realizar o “Culto do Amigo”. “Os que nós falamos já abraçaram a causa e vamos fazer este trabalho em Alagoas porque foi Deus quem nos enviou”, acredita o cantor Flávio.

A dupla ressalta que não cobra para cantar nas congregações tampouco para contar o testemunho. Eles levam os CDs e esperam a venda. Cada um custa R$ 10. Eles já preparam a próxima gravação que deverá ser lançada em junho de 2012. “Terá dois títulos – ‘o homem na prisão’ e provações’”, revelou.

Flávio e Vilaní também são compositores. Dizem que já possuem um repertório de 150 canções de própria autoria.

Caso queiram convidá-los para cultos, basta telefonar para (82) 8866-7747 ou (84) 8829-6212/9951-3887.




Fonte:http://www.jneweb.com.br/
Postado em
28 de setembro de 2011

Pastor de São Paulo prega no culto de doutrina do Farol

Culto de doutrina nesta terça-feira (27)


Ele ressaltou, na mensagem, sobre s privilégio daqueles que temem a Deus

O pastor Luiz Antônio Moreira (da Assembleia de Deus em Jundiaí - SP) foi designado pelo pastor-presidente José Antonio dos Santos para ministrar a palavra do Senhor no culto de doutrina desta terça-feira (27), na igreja-sede, bairro do Farol, em Maceió. Ele ressaltou, na mensagem, sobre s privilégio daqueles que temem a Deus, com base em Malaquias 3.18.

O texto bíblico em questão diz o seguinte: “Então vereis outra vez a diferença entre o justo e o ímpio”. Sobre ele, o pastor visitante destrinchou os pontos que são evidenciados para diferir os que servem a Deus verdadeiramente dos que não estão nesta condição.

Ao púlpito, o pregador fez questão de contar momentos importantes da vida em que observou claramente o privilégio de estar na presença do Senhor e as bênçãos que vieram por ele permanecer habitando no esconderijo do Altíssimo. Segundo o pastor, Deus não olha se você é membro de uma igreja, ou é um líder, se tem algum cargo, mas se é justo ou ímpio, se serve a Ele ou não.














Fonte:http://www.jneweb.com.br/
Postado em
28 de setembro de 2011

Missionária Fátima envia imagens do trabalho em Honduras; Veja

Trabalho com manualidades em Honduras


Ao tempo que desenvolve trabalhos manuais, a missionária prega a Palavra

A missionária Fátima, esposa do Pr. Ivaldo Cruz, enviou para a igreja alagoana algumas imagens do trabalho feito por ela com senhoras, em Honduras, campo onde estão atuando.

A missionária tem desenvolvido um trabalho evangelístico por meio de atividades manuais com mulheres que aprendem técnicas e ouvem a mensagem da Palavra de Deus. A estratégia tem dado resultados e várias pessoas têm entregado suas vidas para Jesus como Salvador.

De acordo com o pastor Ivaldo, as mulheres que aprecem nas fotos são novas convertidas. Ele pede orações para que a cada dia elas sejam fortalecidas na fé e aguardem firme a volta de Jesus. “As duas irmãs da foto 566, da primeira fila, com blusas preta e branca são duas novas convertidas que ela ganhou para Jesus. Oremos para que elas permaneçam firmes. A irmã da foto 541, também é uma nova convertida (vizinha nossa), também filha na fé dela. Oremos para que ela também permaneça firme”, disse.






Fonte:http://www.jneweb.com.br/
Postado em
28 de setembro de 2011

terça-feira, 27 de setembro de 2011

Onze cristãos caminhar livre de tribunal iraniano

Pastor Yousef Nadarkhani, está aguardando uma data para sua apelação contra uma sentença de morte por apostasia.



Um grupo de defesa dos cristãos perseguidos, Christian Solidarity Worldwide (CSW), relata que um tribunal iraniano absolveu onze membros de uma denominação evangélica, que foram acusados ​​de "ação contra a ordem do país" e beber álcool. As acusações se referiam à sua participação numa reunião da igreja casa e tomar vinho da comunhão.

Após sua prisão, em abril, os onze membros da Igreja de denominação do Irã foram levados perante o Tribunal Revolucionário em Bandar-Anzali em 01 de maio para uma audiência, onde correu seu advogado, Seyyed Mohammed-Ali Dadkhah, às pressas redigiu uma declaração em sua defesa.

Em um veredicto escrito emitido em meados de maio, o tribunal decidiu que, desde os onze alegaram que estavam realizando uma cerimônia cristã, suas atividades foram abrangidas pelo artigo 13 da Constituição iraniana, o que permite zoroastrianos, judeus e cristãos para "realizar seus ritos religiosos e cerimônias, e agir de acordo com seus próprios cânones em matéria de assuntos pessoais e educação religiosa. "

O juiz acrescentou que o caso envolveu uma cerimônia religiosa, portanto, não havia provas para sustentar a acusação de que tinha agido contra a segurança nacional ou a ordem do país. As autoridades locais têm 20 dias para recorrer da absolvição.

"Nós elogiamos o juiz, neste caso, para assegurar o devido processo, e para o reconhecimento de que essas pessoas pertencem a uma denominação cristã, de modo que o exercício de sua fé não representa nenhuma ameaça para o país", disse o Chefe Executivo da CSW Mervyn Thomas. "Em um clima onde os cristãos evangélicos são regularmente alvo do regime, essa absolvição é uma evolução muito positiva."

Outros seis membros da Igreja do Irã, com sede em Shiraz ainda aguardam o resultado de uma consulta sobre seu caso. Eles são acusados ​​de blasfêmia. Depois de lutar para encontrar provas para condená-los, o caso foi adiado para dar tempo para a acusação de solicitar o parecer de igrejas tradicionais do Irã sobre a validade da acusação.

Outro membro da Igreja do Irã, Pastor Yousef Nadarkhani, também está ainda a aguardar uma data para sua apelação contra uma sentença de morte por apostasia.

A partir de um comunicado de imprensa por Christian Solidarity Worldwide (CSW), uma organização cristã, que trabalha pela liberdade religiosa através da defesa dos direitos humanos e, na busca da justiça.


Fonte: Christian Solidarity Worldwide
Postado em
27 de setembro de 2011

Dia Internacional de Oração pela Igreja Perseguida: 6 de novembro de 2011

livre para orar


O Senhor faz justiça e justiça para todos os oprimidos. Salmo 103:6

Mais de 25 pastores são mortos na Colômbia a cada ano, simplesmente porque eles levam igrejas. Neste momento, existem mais de 2.000 cristãos em prisão na Eritréia, apenas porque são cristãos. E no Irã, há um clima sufocante de medo entre os cristãos, como eles são rotineiramente presos por nenhum outro motivo que a sua fé.

Nossa arma mais forte contra essas injustiças sempre foi a oração. Assim, em 6 de Novembro de 2011, os cristãos ao redor do mundo se unirão para o Dia Internacional de Oração pela Igreja Perseguida (IDOP). Gostaríamos de convidá-lo para fazer parte deste dia muito especial!

Esta é uma grande oportunidade para o corpo de Cristo para unir-se em levantar a Deus o sofrimento dos nossos irmãos e irmãs que sofrem apenas por serem cristãos. Nós temos alguns recursos para ajudá-lo a fazer isso com a sua igreja - basta selecionar os recursos que você gostaria da lista abaixo para personalizar o seu próprio pacote de IDOP! Nós enviaremos seu pacote no final de setembro, dando-lhe tempo de sobra para organizar sua igreja para fazer parte deste momento muito especial.



Fonte: Christian Solidarity Worldwide
Postado em
27 de setembro de 2011

Pastor Yousef Nadarkhani pode ser sentenciado a morte

Pastor Yousef Nadarkhani



IRÃ (2º) - Poucos dias depois que o Irã libertou dois norte-americanos acusados de espionagem no país, um tribunal iraniano confirmou a acusação de apostasia contra o pastor Yousef Nadarkhani e sentenciou à morte.

O tribunal da província de Gilan determinou que o pastor Nadarkhani devia negar sua fé em Jesus Cristo, pois ele vem de uma família de ascendência islâmica. O SupremoTribunal do Irã disse anteriormente que não deveriam determinar se o pastor Yousef tinha sido muçulmano ou não em sua conversão.

No entanto, os juízes exigiram que ele se retratasse de sua fé em Cristo antes mesmo de terem provas contra ele. Os juízes afirmaram que, embora o julgamento vá contra as atuais leis iranianas e internacionais, eles precisam manter a decisão do Tribunal Supremo em Qom.

Quando pediram a ele para que se “arrependesse” diante dos juízes, Yousef disse: “Arrependimento significar voltar. Eu devo voltar para o quê? Para a blasfêmia que vivia antes de conhecer a Cristo?” Os juízes responderam: “você deve voltar para a religião dos seus antepassados, deve voltar ao Islã”. Yousef ouviu e respondeu: “Eu não posso fazer isso.”

Família

O pastor Yousef conseguiu ver seus filhos pela primeira vez desde março. Ele estava de bom humor e falava de sua enorme vontade de servir a Igreja depois que fosse libertado da prisão.

O pastor Yousef enfrentará duas “audiências’ adicionais hoje (27) e amanhã (28 de setembro) com o propósito principal de o fazerem negar sua fé cristã. Os advogados do pastor Yousef tentarão apelar para que revejam a sentença, mas se o tribunal agir segundo sua própria interpretação da Sharia (lei islâmica), Yousef pode ser executado amanhã.

Tecnicamente, não há mais direitos para recursos e sob a interpretação da lei da Sharia, o pastor Yousef tinha direito a três chances de se retratar. Amanhã será sua última chance de se retratar. Depois, ele poderá ser executado a qualquer momento.

Ore pelo pastor Yousef Nadarkhani, para que Deus o proteja e o livre da sentença de morte e possa ser liberto da prisão. Envolva mais pessoas para, juntos, intercedermos pelo nosso irmão.


Fonte:http://www.portasabertas.org.br/
Postado em
27 de setembro de 2011

Líder muçulmano ameaça cristãos coptas

Casa de cristão saqueada e incendiada


EGITO (19º) - O líder religioso islâmico egípcio, Muhammad Mustafáa, também conhecido como “Abu Shadi”, tem usado sua posição para incitar o ódio vil contra a comunidade cristão copta no Egito. Ele fez um discurso vergonhoso, que continha ameaças diretas e específicas contrapara a comunidade cristã copta.

Os cristãos e o governo já esperavam por tal atitude e solicitaram a prisão do líder islâmico, pelos insultos e ameaças que ele pronunciou em seu discurso. Os cristãos disseram que todos os egípcios são iguais e isso independe da fé, segundo a constituição do país.

O líder islâmico alegou que a revolução que ocorreu no Egito foi resultado de um movimento Salafista (linha do islamismo).

Ele afirmou: “Ninguém nega que os salafistas tenham a maior parte de responsabilidade no início da revolução, pois mostraramou ao povo que os governos árabes eram fiéis ao Ocidente, davam os nossos recursos a eles e nãosua falta de preservavamção de nossos lugares sagrados.”

Abu Shadi, em seguida, fez algumas declarações chocantes, que só podem ser vistaos como ameaças diretas de ataquess diretas, dirigidas à comunidade copta e para aàqueles que lutam pelo secularismo.

Abu Shadi disse que os salafistas estão se preparando para fazerem a Jjihad no Egito, e em larga escala, comdizendo que a estimativa de era de que milhões de pessoas serão atacadas. Shadi disse que seus alvos principais seriam os “inimigos do Islã.” Além disso, ele garantiu que os movimentos islâmicos egípcios têm “mecanismos para lidar com os infiéis.”




Fonte:http://www.portasabertas.org.br/
Postado em
27 de setembro de 2011

Campanha de audição bíblica ultrapassa 100 mil participantes



Mais de 9,5 mil grupos de audição do Novo Testamento foram formados

A campanha "É Tempo de ouvir a Palavra de Deus", criada pela Sociedade Bíblica do Brasil (SBB) para incentivar a audição bíblica entre os brasileiros, superou a marca de 100 mil participantes em julho último. Com isso, mais de 9,5 mil grupos de audição do Novo Testamento foram formados.

Além disso, para ouvir a Palavra de Deus, foram distribuídos aos grupos inscritos aproximadamente 20 mil exemplares da Bíblia em áudio, gravada no formato MP3. O material contendo o Novo Testamento está disponível em três traduções: Almeida Revista e Atualizada (RA), Almeida Revista e Corrigida (RC) e Nova Tradução na Linguagem de Hoje (NTLH). A Tradução Almeida Revista e Atualizada é a preferida dos ouvintes bíblicos, totalizando 68% dos exemplares distribuídos.



Fonte:http://www.jneweb.com.br/
Postado em
27 de setembro de 2011

segunda-feira, 26 de setembro de 2011

Igreja protestante sofre ataque durante culto

Cristãos indonésios em oração


INDONÉSIA (48º) - Um homem-bomba atacou uma igreja protestante no centro da Indonésia, província de Java, no domingo, dia 25 setembro. O ataque feriu vinte pessoas e matou um, segundo informações da polícia e das autoridades.

“Podemos confirmar que houve um ataque suicida na Igreja Betel Injil às 10:55”, disse um porta-voz da polícia da província da Java Central. O hospital e outros funcionários mais tarde disseram que até 27 pessoas ficaram feridas no ataque.

A polícia e outros funcionários do governo haviam dito que duas pessoas foram mortas, mas depois retificaram e esclareceram que a única pessoa que morreu era o homem-bomba.

O ministro de coordenação para assuntos políticos, legais, e de segurança, Djoko Suryanto, disse que as autoridades irão analisar as imagens do circuito fechado de câmeras da Igreja para identificar o homem-bomba.

Não existem provas concretas de que algum grupo terrorista estava por trás do ataque, mas suspeita-se do líder muçulmano radical Abu Bakar bashir, que foi preso por 12 anos acusado de financiar um grupo terrorista que planejava ataques contra ocidentais e líderes políticos

Além disso, as igrejas cristãs tem sido alvo de militantes islâmicos que se opõem à propagação do cristianismo no país e desejam estabelecer as leis islâmicas em várias partes do país mais muçulmano do mundo.

Confrontos entre muçulmanos e cristão teriam matado mais de 9 mil pessoas na Indonésia entre os anos de 1999 a 2002.



Fonte:http://www.portasabertas.org.br/
Postado em
26 de setembro de 2011

Mais de 100 cristãos são assassinados após ataque

Uma rua comum na Nigéria


NIGÉRIA (23º) - Uma erupção de ataques de extremistas muçulmanos armados a aldeias no estado de Plateau no mês passado deixaram mais de 100 cristãos mortos, e os ataques eliminaram famílias inteiras, segundo informações das fontes.

No dia 9 de setembro, às 8 horas da manhã, militantes islâmicos atacaram uma comunidade cristã em Vwang Kogot e mataram 14 cristãos, incluindo uma mulher que estava grávida. Sobreviventes do ataque disseram ao Compass que os agressores invadiram a aldeia com a ajuda de homens que estava vestindo uniformes militares.

“Ouvimos tiros na nossa aldeia e percebi que o som estava vindo da casa do vizinho, então corremos rapidamente para ver o que estava acontecendo, então vi um soldado que apontava a arma para quem estava dentro da casa e não deixava ninguém sair”, disse um residente da aldeia.

“Nós não poderíamos chegar mais perto porque estávamos ouvindo tiros e nós não tínhamos armas para que pudéssemos nos proteger da força dos soldados, pois havia um grande número deles ao redor da cidade.”

“Nós descobrimos que 14 pessoas foram mortas. Entre as vítimas, estava uma mulher grávida, que tinha uma criança em seu ventre. O que elevou o número de pessoas mortas para 15 pessoas. Observamos também que todas as vítimas morreram baleadas e com cortes de facão”, disse uma testemunha.

Gyang Badung sobreviveu ao ataque, mas sua esposa, seus quatro filhos, sua mãe, sua avó e um sobrinho não sobreviveram, disse ele ao Compass.

“Eu estava chegando em minha casa a noite para jantar quando comecei a ouvir tiros e um movimento estranho ao redor da minha casa, de repente percebi que minha casa estava cercada e sendo atacada”, disse ele.

“Eu esperei no mato, impotente, sem saber o que aconteceria com minha família. Eu vi que mais de nove pessoas atacaram minha casa. Depois do ataque, entrei em minha casa e vi minha família inteira morta, com exceção de dois dos meus filhos que ficaram feridos e do meu pai que conseguiu fugir”, concluiu ele.



Fonte:http://www.portasabertas.org.br/
Postado em
26 de setembro de 2011

DINAMI: Dia Nacional de Missões

DINAMI: Dia Nacional de Missões

Janela 10/40 O Maior Desafio Missionário da Atualidade.

Janela 10/40 O Maior Desafio Missionário da Atualidade.

Seguidores

Share

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More