sábado, 12 de novembro de 2016

Missionário seqüestrado volta ao Mali




Beatrice Stockly foi levada de sua residência antes do amanhecer, em 8 de janeiro de 2015, por homens armados que chegaram em quatro caminhonetes, de acordo com fontes cujos nomes estão sendo mantidos confidenciais para sua segurança.

 Militantes grupos islâmicos estão ativos na região, onde dois ataques perto da virada do ano, um deles em uma estação de rádio cristã, pouco antes do Natal, deixou 25 pessoas mortas.

 Um líder da igreja local, que afirmou ter trabalhado anteriormente com Stockly, disse ao World Watch Monitor que o missionário estabeleceu-se em Timbuktu em 2000, trabalhando para uma igreja suíça, antes de começar o trabalho sozinho, sem afiliação com qualquer igreja.

 Ele disse que Stockly tem quarenta e poucos anos e leva uma vida austera, vendendo flores e distribuindo material cristão. Ela é descrita como sociável, particularmente entre mulheres e crianças.

 Sua casa está em Abaradjou, um bairro popular de Tombouctou freqüentado por grupos armados jihadistas. Ela foi tirada da mesma residência em abril de 2012, quando o norte do Mali foi ocupado por grupos armados islâmicos. Ela foi libertada 10 dias depois, na sequência da mediação liderada pelo vizinho Burkina Faso.

 Durante a ocupação de 2012, os cristãos, uma minoria no Mali, pagaram um alto preço. Durante a maior parte do ano, grupos islâmicos armados governaram a região, proibindo a prática de outras religiões e profanando e saqueando igrejas e outros locais de culto.

 Milhares, incluindo muitos cristãos, fugiram e encontraram refúgio no sul, ou em países vizinhos como Níger e Burkina Faso. Outros fugiram para Bamako, a capital, e outras cidades mais seguras no sul.

 Ao contrário de outros cristãos, Stockly permaneceu na cidade. A pedido da mãe e do irmão, ela voltou para a Suíça depois do seqüestro de 2012, mas logo retornou, dizendo: "É Timbuktu ou nada".



Postado: 12 de novembro de 2016

0 comentários:

Postar um comentário

DINAMI: Dia Nacional de Missões

DINAMI: Dia Nacional de Missões

Janela 10/40 O Maior Desafio Missionário da Atualidade.

Janela 10/40 O Maior Desafio Missionário da Atualidade.

Seguidores

Share

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More