quinta-feira, 15 de dezembro de 2016

Tem medo de Deus ou perseguição mais?

 
 Quando vemos a notícia de igrejas sendo queimadas ou crentes sendo martirizado


 
Quando vemos a notícia de igrejas sendo queimadas ou crentes sendo martirizado em todo o mundo, muitas vezes sentimos um pulso forte em todas as nossas veias. O medo paralisante ea questão de saber se seríamos capazes de resistir a essa raça de perseguição através de nossa mente.

 É fácil ver a tortura física ou o abandono como a pior coisa que poderia acontecer a nós ou nossos entes queridos. Mas as Escrituras tornam tão claro que isso não deveria ser assim:

 "Então não perdemos o coração. Embora nosso eu exterior esteja desperdiçando, nosso eu interior está sendo renovado dia a dia. Pois esta leve aflição momentânea está preparando para nós um eterno peso de glória além de qualquer comparação ... "[2 Cor. 4: 16-17]

 "Em tudo isso você se alegra muito, embora agora por algum tempo você possa ter sofrido sofrimento em todos os tipos de provações. Estes vieram para que a comprovada genuinidade de sua fé - de maior valor do que o ouro, que perece apesar de refinado pelo fogo - pode resultar em louvor, glória e honra quando Jesus Cristo é revelado. "[1 Pedro 1: 6-7]

 Se você já leu o Livro dos Mártires de Foxe, vemos isso em seu catálogo de centenas de vidas que foram levadas para o Nome de Jesus. Em um trecho que identifica as vidas de Jerome Russell e Alexander Kenney, dois protestantes que foram presos e aprisionados por sua fé, vemos seu testemunho de dependência e alegria no Senhor até o ponto da morte. Quando Kennedy começou a exibir sinais de medo, Russell o encorajou nessas verdades:

 Irmão, não temas; Maior é aquele que está em nós, do que aquele que está no mundo. A dor que devemos sofrer é curta, e será luz; Mas a nossa alegria e consolação nunca terão um fim. Busquemos, portanto, entrar na alegria de nosso Mestre e Salvador, pelo mesmo caminho reto que Ele tomou diante de nós. A morte não pode nos ferir, pois já está destruída por Ele, por causa de quem vamos agora sofrer.

 Sabemos que a aflição é temporária, mas nossa santidade e salvação são eternas! Deus preserva o que nunca pode ser tirado de nós. Jesus já conquistou a morte e Ele nos chama para não temê-la. Ele nos chama a temê-Lo. Ele nos chama a abandonar o medo do mundo (ver Isaías 41:10) e voltar-se para Ele com santo temor.

 Este temor de Deus traz alegria, descanso e vida: Louvado seja o Senhor! Bem-aventurado o homem que teme ao Senhor, que se deleita em seus mandamentos! [O Salmo 112: 1] O temor de Deus nos leva a vê-Lo supremo em nossas vidas, seguindo Seu Senhorio a tudo o que Ele nos chama.

 John Piper descreve sua compreensão do temor de Deus dessa forma poderosa: "O temor de Deus é o que resta da tempestade quando você tem um lugar seguro para vigiar bem no meio dele ... Oh, a emoção de Estando aqui no centro do terrível poder de Deus, mas protegido pelo próprio Deus! "

 Podemos continuar a lembrar o que não pode ser abalado, e manter firme o que é eternamente satisfatório. Junte-se a nós para rezar para que os cristãos perseguidos se apegassem a esta esperança hoje.

 Veja mais atualizações de oração em nosso site AQUI.



Postado: 15 de dezembro de 2016

0 comentários:

Postar um comentário

DINAMI: Dia Nacional de Missões

DINAMI: Dia Nacional de Missões

Janela 10/40 O Maior Desafio Missionário da Atualidade.

Janela 10/40 O Maior Desafio Missionário da Atualidade.

Seguidores

Share

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More