sábado, 17 de dezembro de 2016

Cristã ex-muçulmana mostra um ‘novo caminho’ na China

 
 Vidente chinesa conhece Jesus em sonho e começa a segui-lo e falar de seu nome

 China
O Shaman, religião tradicional chinesa, costumava ser a religião dominante no noroeste do país milhares de anos atrás, antes da chegada do islã.

 O sincretismo religioso aconteceu por volta da década de 1950, com o crescimento do islamismo em toda a China. Amã era muito famosa como vidente em sua aldeia. Os videntes shamans foram incluídos à cultura islâmica com esse sincretismo. Ela dava conselhos sobre tudo, desde o dia certo para se casar, como a forma de evitar acidentes de carro. Parecia que ela estava muito próxima ao mundo sobrenatural. Ela recebia muitas ofertas financeiras por seus serviços e gostava de sua fama de vidente. Mas logo sua saúde começou a desmoronar e ela acabou no hospital. O hospital não pôde diagnosticar a doença e logo ela estava paralisada, na cama. Não era a primeira vez que isso acontecera com ela. Ela já havia sido curada anteriormente, mas não tinha certeza de que teria tanta sorte dessa vez.

 Um dia ela teve um sonho. "Eu estava no banco detrás de um táxi e eu vi meu irmão mais velho dirigindo", Amã disse, "só que ele estava dirigindo para a escuridão interminável. No lado direito, havia três homens que usavam roupas brancas e brilhantes, e se aproximavam de mim. Eles me disseram que era hora de fazer uma escolha. E eu vi dois homens à esquerda, de preto, me convidado para o seu lado. E eu pensei: prefiro vestes brancas (risos). E escolhi os homens que brilham. E eles brilhavam tanto que não se podia ver seus rostos. "

 A partir desse dia, ela foi sendo curada. Logo ela poderia andar novamente e ela sabia que havia feito a escolha certa.

 "Através do meu sonho, eu sabia em meu coração que um dos homens vestindo roupas brancas era Jesus", disse Amã. "Passei pelo armário e encontrei a Bíblia. Passei dias seguintes lendo o Novo Testamento”.

 Como muçulmano, tornar-se um seguidor de Jesus traz vergonha à família e até à aldeia. "Eu sabia que tinha que compartilhar minha experiência com meu marido e ele também precisava de salvação", disse Amã. Mas ela estava correndo um grande risco expondo-se. Eles tiveram uma grande briga na noite depois que ela contou de Jesus a ele. Surpreendentemente, seu marido teve um sonho semelhante naquela noite e estava convencido de que era verdade que Jesus é o único caminho verdadeiro.

 As mulheres na cultura muçulmana são geralmente consideradas inferiores aos homens. Quando uma mulher muçulmana se torna cristã, ela também se torna um alvo de perseguição não só de sua família, mas de toda a aldeia. Os sogros de Amã sempre lhe causaram problemas depois que descobriram sua nova fé. Quando ela deixou seus filhos na casa dos avós, eles bateram em seus netos, punindo-os pela decisão de Amã de converter seu filho e netos. "Quando voltei para pegar meus filhos, vi hematomas em seus rostos. Meu coração se quebrou”. Apesar da perseguição de seus sogros, ela continua a compartilhar o evangelho com os outros. Agora, quando as pessoas vêm a ela para obter respostas espirituais, ela sempre compartilha o "novo caminho" com eles e os convida a crer em Jesus. Muitos vieram ao Senhor por causa de seu testemunho. Agora começaram mesmo um pequeno grupo na vila em que leem a Bíblia juntos semanalmente. Ultimamente, um grupo de policiais veio e procurou o local de encontro. Eles tiveram que parar a reunião semanal temporariamente e esperar pela orientação de Deus.

 Pedidos de Oração

 Ore por Amã. Que ela persevere em sua fé em Jesus e que seus sogros e familiares venham a conhecê-lo por meio de seu testemunho.

 Clame a Deus pelo pequeno grupo de estudo bíblico que Amã formou. Que eles voltem a se reunir e que tenham liberdade de aprender sobre a palavra de Deus

 Ore pelo perseguidor

 Saiba mais
Família chinesa decide seguir a Cristo
Igreja na China terá mais restrições em 2017
Estratégias de evangelização entre os chineses



Postado: 17 de dezembro de 2016

0 comentários:

Postar um comentário

DINAMI: Dia Nacional de Missões

DINAMI: Dia Nacional de Missões

Janela 10/40 O Maior Desafio Missionário da Atualidade.

Janela 10/40 O Maior Desafio Missionário da Atualidade.

Seguidores

Share

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More