sábado, 1 de abril de 2017

Crianças cristãs podem ser ainda mais hostilizadas

 
 Um líder do islã pediu para que os muçulmanos proíbam seus filhos de se comunicar com as crianças de famílias cristãs e que eles passem a ignorá-las e humilhá-las


 Ásia Central
Quase todos os países da Ásia Central fazem parte da atual Lista Mundial da Perseguição, onde os cristãos não são bem-vindos e onde não existe um local seguro para quem abandona o islã. Recentemente, num desses países, o novo mufti (líder do Conselho Muçulmano que interpreta a sharia – lei islâmica), se reuniu com os governantes de algumas regiões e os instigou a pressionar severamente os “discípulos de Isa Massih”, como são chamados os cristãos entre eles.

 O termo Isa Massih não quer dizer “Jesus”, como na Bíblia, mas simplesmente um mensageiro inferior a Maomé, como é descrito no alcorão. Aqueles que decidem seguir Jesus são vistos como “traidores da verdadeira religião”. O mufti pediu para que os muçulmanos proíbam seus filhos de se comunicar com as crianças de famílias cristãs e que eles passem a ignorá-las e humilhá-las.

 Na prática, o que o líder islâmico fez foi “semear a discórdia religiosa”. Logo, a situação que já não é confortável para a comunidade cristã, pode ficar ainda pior. Os desafios enfrentados pelos nossos irmãos que vivem na Ásia Central são muitos. Os encontros para adorar a Deus são feitos discretamente em locais públicos ou nas casas dos fiéis. De acordo com a legislação nesses países, os cristãos só podem se reunir ou realizar suas atividades religiosas em edifícios de igrejas registradas, mas é quase impossível conseguir uma autorização do governo.

 Pedidos de oração

 Ore pelos cristãos perseguidos da Ásia Central, em especial, por aqueles que estão nas regiões onde o mufti semeou a discórdia religiosa (várias cidades e dezenas de aldeias).

 Peça pelas autoridades religiosas e seculares para que sejam tolerantes com a comunidade cristã.

 Interceda pela igreja na Ásia Central e ore pelos cristãos perseguidos. Lembre-se também de pedir pelos perseguidores, que eles também sejam impactados pelo amor de Cristo.

 Leia também
Países da Ásia Central permanecem hostis ao cristianismo
Jovem cristã é atacada pelos próprios parentes



Postado: 01 de abril de 2017
 

0 comentários:

Postar um comentário

DINAMI: Dia Nacional de Missões

DINAMI: Dia Nacional de Missões

Janela 10/40 O Maior Desafio Missionário da Atualidade.

Janela 10/40 O Maior Desafio Missionário da Atualidade.

Seguidores

Share

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More