quinta-feira, 25 de maio de 2017

Tratamento cruel de pastores presos na Ásia

 


Atualizações de oração

Quatro pastores foram presos em abril por organizar uma reunião secreta. Um pastor compartilhou sua provação traumática com um trabalhador do Open Doors que, "por quinze dias, policiais nos espancaram brutalmente com bastões policiais. Eles batem nossos calcanhares, músculos e articulações. Eles também não nos deixaram respirar, colocando máscaras de gás e amarrando nossas mãos. A atitude para com os cristãos era cruel e desumana ".

 Durante seu tempo em cativeiro, os irmãos foram alternadamente mantidos fora ao sol e calor, e depois confinado em células com quase nenhuma água e comida. Diferentes métodos de pressão psicológica e física foram utilizados contra eles. Todos os espancamentos foram acompanhados de interrogatórios, o principal objetivo desses interrogatórios e espancamentos era quebrá-los para que renunciassem à sua fé. Dois dos irmãos cristãos foram incapazes de suportar o trauma físico e psicológico e renunciaram a Cristo. Por favor, orem por esses irmãos que foram liberados. Todos eles estão quebrados e traumatizados emocionalmente. Ore por eles, especialmente pelos que denunciaram Cristo sob a intensa pressão. Ore pelas suas recuperações espirituais, físicas e emocionais, e pelas suas famílias.

 Em 15 de maio, haveria uma audiência judicial sobre as acusações de "reunião religiosa ilegal e atividade religiosa ilegal". (Open Doors publicará um follow-up quando recebermos informações sobre este julgamento) Se as acusações foram confirmadas, cada uma das Eles seriam obrigados a pagar uma multa de mais de US $ 800. Trabalhadores de Portas Abertas lá ajudaram a garantir um advogado para fazer lobby para que o julgamento seja prestado por um valor menor.

 Estes pastores e suas famílias precisarão de um tempo de recuperação; Alguns deles talvez precisem deixar o país por um tempo.

 Obrigado, Pai, por sustentar esses pastores durante seus longos dias de prisão, tortura e interrogatório. Para os dois que cederam e renunciaram a sua fé em Cristo, rogamos Vosso perdão e misericórdia. Como Cristo fez com Pedro, oramos para que, ao se arrependerem com tristeza, possam restaurá-los a serviço efetivo em Seu reino e confirmar diante de outros o tenaz amor de Cristo por eles. Oramos pelos pastores e suas famílias, para restaurá-los, corpo e alma, com um tempo de descanso. E oramos para que a liberdade de culto chegue a esta terra para que o evangelho possa ser pregado e uma grande colheita de almas seja reunida no reino de Cristo. Em nome de Jesus, a cujo nome todo joelho se dobrará ea língua confesse que Ele é o Senhor. Um homem.



Postado: 25 de maio de 2017

0 comentários:

Postar um comentário

DINAMI: Dia Nacional de Missões

DINAMI: Dia Nacional de Missões

Janela 10/40 O Maior Desafio Missionário da Atualidade.

Janela 10/40 O Maior Desafio Missionário da Atualidade.

Seguidores

Share

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More