Igreja Sede| Eliã Oliveira louva ao Senhor no culto de Santa Ceia

O culto de Santa Ceia desta terça-feira (04) realizado na Igreja Sede da Assembleia de Deus em Alagoas teve o louvor da cantora pernambucana Eliã Oliveira. O pastor José Lealson ministrou a mensagem bíblica da...

Pr. José Orisvaldo Nunes: “Se você está atravessando o Vale, saiba que Deus cuidará de ti!”

O pastor-presidente José Orisvaldo Nunes de Lima foi usado por Deus na ministração da Palavra durante o Culto de Doutrina desta terça-feira (20) no templo-sede da Assembleia de Deus em Alagoas. Após a mensagem, foi feito o convite àqueles que estavam...

500 Anos da Reforma Protestante| Centenas de evangélicos participaram dos Seminários no interior

Cumprindo mais uma rodada de seminários sobre os 500 Anos da Reforma Protestante, as cidades de Arapiraca, Dois Riachos, Porto Calvo e Rio largo sediaram o evento no último sábado (17). Os assembleianos lotaram as igrejas para...

Americano preso morre na Coreia do Norte

A família de Otto Warmbier, cristão de 22 anos, confirmou seu falecimento no dia 19 de junho, apenas uma semana depois de ser libertado – em coma – após 15 meses de prisão na Coreia do Norte. Leia a matéria sobre a...

O único lugar onde podíamos adorar

O vento afiado e o frio sopravam na cela da prisão, mas Hea-Woo dificilmente podia senti-lo. Ela dificilmente podia sentir qualquer coisa. “Eu estava dentro das horas da morte; doente, desnutrida e congelada por causa das condições deploráveis da cela da prisão. Eu não pensei que estaria viva para...

Camboja deve construir 500 novas igrejas, após se libertar da repressão comunista

Dezenas de pastores se aglomeraram em torno de Hun Sen, com os smartphones estendidos, engajados para comemorar o primeiro encontro do primeiro-ministro cambojano com os cristãos...

sábado, 31 de outubro de 2015

A aparente inofensiva festa do Halloween!


Postado por Mariano Siqueira

 Não temos o direito de desrespeitar as escolhas dos que pensam e agem diferente da gente!

 No entanto, de maneira civilizada, somos livres para discordarmos daquilo que julgarmos não ser correto.
 Hoje, ainda que seja de modo limitado, diremos o porquê somos contrários à famosa festa do Halloween.
 A mencionada comemoração tem suas raízes solidificadas no paganismo.
 A origem do "dia das bruxas" tem a ver com a celebração celta chamada "Samhain".
 Aliás, trata-se de "brincadeira" com o mundo espiritual do mal.
 Em verdade, até mesmo os "acessórios" já é algo assustador!
 Muito embora acreditemos que a maioria dos que brinca não saiba do perigo que se esconde no festejo, mas o mesmo é, sem dúvida alguma, real!
 Não se ver com os olhos carnais!
 Sendo assim, independente do cristão ser evangélico ou católico, deve abster-se da aparência da falsa luz ( 1 Tessalonicenses 5.22 ).
 Acontece, entretanto, nesse 31 de outubro, duas comemorações de peso: A primeira enaltece o "dia das bruxas".
 Que pena!
 A outra, porém, fala da Reforma Protestante!
 Em 1517 Martinho Lutero colocou à porta da Universidade as 95 teses pelas quais o mesmo estava se afastando do Catolicismo Romano.

Texto de Tadeu de Araújo

Postado em 31 de outubro de 2015

VAMOS ORAR

VAMOS ORAR


Mianmar (25º)
 Hoje, lembramos com orgulho do Dia da Reforma Protestante. Pensando na importância de cristãos que defendem a Palavra, interceda pelos irmãos de Kokang. Após um conflito no início do ano, muitos cristãos ainda não retornaram às suas congregações.

Postado em 31 de outubro de 2015

Um país em constante luta espiritual

A feitiçaria e outros tipos de magia são grandes na Colômbia. Líderes destes grupos se levantam contra os cristãos. Até mesmo crianças e adolescentes são induzidos a participarem dos rituais
AMÉRICA LATINA
Na Colômbia, a feitiçaria está sendo usada como uma arma estratégica por parte das autoridades indígenas tradicionais em uma tentativa de enfraquecer e até mesmo acabar com a fé dos cristãos indígenas. Com o número fiéis a Cristo subindo para pelo menos 3 mil, os líderes locais relativamente autônomos do país lançaram um plano para tirar todas as igrejas da região nos próximos 10 anos.

 De acordo com o pastor indígena Cesar Valencia Collazos, da Igreja Nova Jerusalém na reserva Canoas, a igreja dele já enfrentou vários casos de jovens e adultos que participaram de rituais ocultos com o objetivo de destruir a igreja. "Um jovem que estava envolvido no satanismo disse que iria conseguir nos enfraquecer, eles colocaram um bar de jogo na frente da igreja", disse o pastor. Feiticeiros e curandeiros começaram a enviar mensageiros durante os cultos para se sentarem no fundo da igreja. Quando os pastores realizavam o apelo, esses mensageiros gritavam: "Não, nós acabamos de escutar tudo o que foi dito e amaldiçoamos os arredores da igreja".

 Uma menina de 17 anos, frequentadora de uma igreja cristã, foi induzida a participar destas práticas, apesar de ter pais cristãos. Ela realmente fez um pacto de feitiçaria em que se comprometeu a levar mais um de seus parentes para Satanás. Desanimados, seus pais não conseguem entender como isso pode acontecer em sua casa, onde ela aprendeu e conheceu o amor de Deus. Os líderes da igreja e o pastor se uniram com a família para interceder urgentemente pela libertação dela. O pastor Valencia admitiu que teme mais casos como esse, só que encobertos.

 Motivos de oração

 Clame ao Senhor por providência na Colômbia. Os cristãos indígenas e, principalmente, as crianças e adolescentes estão imersos neste cenário de conflitos espirituais. Que eles possam ver a luz de Cristo mais forte do que a das trevas.
 Interceda por essa menina de 17 anos. Que ela consiga ser liberta e volte a ser a filha que seus pais conheceram.
 Suplique a Deus por força e coragem para os cristãos colombianos, que mesmo diante deste panorama espiritual tão tenso e delicado, a certeza da salvação possa fazer a diferença na vida dos nossos irmãos. Que eles perseverem.

 Postado em 31 de outubro de 2015

Crianças indígenas encontram refúgio em escola cristã

"Instrua a criança segundo os objetivos que você tem para ela, e mesmo com o passar dos anos não se desviará deles." Provérbios 22.6
AMÉRICA LATINA
Nas comunidades indígenas, o cristianismo é regularmente desprezado e rejeitado. Nos cultos religiosos sempre a oposição ao cristianismo é demonstrada de alguma forma, como por exemplo, o uso de fitas amarradas aos pulsos, simbolizando a devoção às divindades tribais. As escolas indígenas exigem que os alunos se envolvam em bruxaria e outras formas de feitiçaria, como parte da grade curricular. Estudantes cristãos são ridicularizados pelos seus pares e pelos professores, e muitos pais cristãos optam por tirar seus filhos das escolas tradicionais, porque o ensino vai contra os princípios bíblicos. Mas, geralmente, não há outra opção de escolaridade.

 Diante deste cenário opressor, em uma pequena aldeia no norte de um país da América Latina, Deus levantou Felipe*, um cristão indígena que reconheceu as necessidades dos irmãos locais e procurou criar uma escola cristã para as crianças da localidade. Atingir essa meta não foi nada fácil. Ele enfrentou uma grande oposição por parte das autoridades. Além disso, ele foi incapaz de contratar professores para a escola porque o Estado se recusou a pagar os salários.

 Apesar destes desafios, os esforços de Felipe foram bem-sucedidos. Por meio do apoio financeiro da Portas Abertas, ele foi capaz de obter materiais de construção para construir o prédio da escola. O Senhor também enviou uma equipe de obreiros cristãos para cuidar dos alunos. A esperança de Felipe é que a escola se torne, em breve, autossuficiente. Ele recrutou vários dos pais dos alunos para um projeto agrícola voltado à produção de café orgânico. O dinheiro levantado com a venda do produto serviu para pagar salários de dois novos professores. Até a autossuficiência ser atingida, a Portas Abertas continuará apoiando Felipe e a escola, fornecendo fundos para os salários dos professores, material escolar e manutenção do projeto agrícola.

 Outro desafio encontrado pela comunidade indígena cristã, é na área de saúde. Como os cristãos rejeitam os rituais de feitiçaria aplicados pelos médicos tribais os serviços de saúde foram negados a eles. Por isso, em parceria com uma igreja de Bogotá e outra missão, a Portas Abertas ajudou a patrocinar uma "brigada de saúde" de uma semana na escola, fornecendo assistência médica para os cristãos na comunidade.

 Já faz dois anos que esta escola foi estabelecida. Atualmente ela possui 42 alunos matriculados de 4 a 14 anos. Estes estudantes são gratos por frequentarem uma escola onde o amor de Deus é visto claramente através de seus professores. Seus pais também são felizes por seus filhos receberem uma educação cristã, que ensina o caminho que leva ao céu.

 *Nome alterado por motivos de segurança.


 Postado em 31 de outubro de 2015

sexta-feira, 30 de outubro de 2015

Missionário Alberto: “Vamos ganhar vidas para Cristo na Bolívia”

Missionário Alberto assume trabalho na Bolívia

Posse foi no domingo com a participação do pastor José Orisvaldo

 Com uma grande missão pela frente, o pastor José Alberto Olímpio da Silva tem uma convicção em seu coração: “Deus o chamou para ganhar vidas para Cristo na Bolívia”. O novo missionário enviado pela igreja alagoana foi empossado como obreiro do trabalho do Senhor no país em um culto festivo presidido pelo pastor José Orisvaldo Nunes de Lima, presidente da AD Alagoas, na noite deste domingo, 18 de outubro.

 Além do pastor presidente, pastor José Orisvaldo, estiveram presentes obreiros do ministério local, familiares do missionário e o secretário da igreja, pastor José Laelson. O pastor Jadson Esdras e sua esposa, Jadielma também acompanharam a cerimônia de posse.

 Durante a mensagem da noite, o pastor José Orisvaldo pregou com base no texto do livro de Êxodo 4.17. Ele falou sobre o cajado ministerial. O reverendo alertou para a responsabilidade do trabalho e lembrou o missionário que Deus cuida de quem envia ao campo.

 O pastor José Alberto vai atuar no país ao lado de sua esposa, irmã Nadja Tenório Ferreira da Silva e dos filhos Efraim Tenório e Felipe Alberto. O missionário já pastoreou as igrejas as cidades de Senador Rui Palmeira e Girau do Ponciano e também auxiliou o pastor José Orisvaldo Nunes de Lima, em São Miguel dos Campos por aproximadamente 10 anos.

 Na Bolívia, o pastor Alberto vai se empenhar em trabalhos evangelísticos, sociais e seguir o trabalho em cinco congregações do campo, das quais três funcionam em baixo de árvores – ao ar livre. Além disso, vai dar apoio aos novos convertidos e as crianças que freqüentam os cultos e desejam conhecer e servir a Deus. Nesta segunda-feira, dia 19, foi feito batismo nas águas e a cerimônia foi tomada pelo clima de renovo espiritual entre os crentes. A mensagem foi pregada pelo pastor José Laelson no livro de Salmos 65.8


Postado em 30 de outubro de 2015

Juventude de Joaquim Gomes adora por 25 anos de louvor

Festa com jovens da AD Joaquim Gomes

Um final de semana de adoração e muitos agradecimentos na AD em Joaquim Gomes, interior de Alagoas, liderada pelo pastor José Elias de Lima. Foi a festa dos 25 anos do departamento Jovem Átrios de Adoração que contou com pregações, encenação teatral e hinos inspirados por Deus.

 A preleção teve a cooperação do Pb. Eliel Moura(Maceió) e Pr. Ismael Silva(Pilar), e os louvores teve a cooperação de cantores, departamentos de outras cidades e bandas.

 O encerramento foi marcado pela encenação teatral do grupo Apocalipse, que narrou a história de um jovem ateu que vivia em um lar cristão. Esse Jovem sofreu por um tempo de câncer no cérebro, mas depois se rendeu aos pés de Jesus e morreu. Na peça, o ator que representava o jovem canceroso raspou a cabeça para demonstrar como seria na vida real.

 O departamento Jovem Átrios de Adoração tem como coordenadores Auxiliar. Josivaldo, irmã Leila e Auxiliar Tiago Lima.

Postado em 30 de outubro de 2015

Obreiros de Alagoas prestigiam aniversário do Pr. Ailton em Recife

Aniversário do pastor Ailton em Recife


Uma caravana de obreiros alagoanos seguiu até a cidade de Recife nesta quarta-feira, 21, para dar os parabéns ao pastor Ailton José Alves, líder da Assembleia de Deus em Recife/ PE, por mais um ano de vida. O culto de aniversário teve ministração Palavra de Deus pelo pastor José Wellington Bezerra da Costa , presidente da CGADB.

 Participaram do culto vários presidentes de convenções e o pastor José Orisvaldo Nunes de Lima, presidente da Assembleia de Deus em Alagoas. O líder da igreja de Alagoas saudou o aniversariante e em nome da convenção o cumprimentou.

 Com o pastor Orisvaldo estiveram no culto os pastores Luiz Ferreira (Piaçabuçu), Pr. Antonio (Feliz Deserto),Pr. Josias Emídio ( Messias), Pr Genival ( Igreja Nova), Pr. Manoel Filho (Porto de Pedras), Pr. Roberto Badu ( Maceió),Ev. Ismael ( Atalaia), e representantes da Ufimadal ( União de Filhos de Ministros da Assembleia de Deus em Alagoas). O pastor Ailton José ficou surpreso com a representação da caravana de obreiros de Alagoas. O grupo foi o maior entre as convenções que foram parabenizá-lo em seu aniversário de vida no templo central.

 Integrantes da mesa diretora da igreja e da comadal também estiveram presentes: Pr. Amaro Antonio, Pr Severino Rodrigues e esposa, Pr. Laelson , Pr. Reinaldo e esposa, Pr. Arnóbio Tavares e família, Pr. Carlos Gomes e esposa, Pr Jairo Teixeira, esposa e sua filha Míria Mical e pastor Herman Marconi, copastor da igreja-sede em Maceió.

Postado em 30 de outubro de 2015

Fórum na AD debate tributação e licenças de igrejas evangélicas

Fórum de igrejas evangélicas

Prefeito Rui Palmeira prometeu dialogar com representantes para minimizar problemas

 O prefeito Rui Palmeira participou na manhã de hoje (23) do Fórum das Igrejas Evangélicas, no auditório da Convenção de Ministros da Assembleia de Deus em Alagoas (Comadal), no Farol. O evento reuniu representantes de diversas igrejas e na pauta questões ligadas a tributação, licenças municipais, legalização fundiária e questões sonoras dos templos.

 Durante o Fórum, Rui prometeu dialogar com os representantes das igrejas e ressaltou a importância do trabalho social realizado pelas denominações evangélicas. “Vamos dar o apoio necessário para minimizar os problemas. As igrejas têm papel importante quanto ao combate a violência, em momentos de crise e por isso, digo que contem sempre com Prefeitura Municipal de Maceió”, pontuou.

 Segundo o gestor, a Prefeitura de Maceió montou uma equipe composta por técnicos de diversas secretarias. É um grupo exclusivo para pensar em relação às igrejas. Por isso, acompanharam as discussões do Fórum representantes da Procuradoria Geral do Município (PGM), Superintendência Municipal de Controle do Convívio Urbano (SMCCU), Secretaria Municipal de Proteção ao Meio Ambiente (Sempma), Vigilância Sanitária Municipal e Secretaria Municipal de Finanças (SMF), além do vereador e pastor Marcelo Gouveia.

 Também participou do Fórum o pastor Jonas Bispo, representante das igrejas Batista e um dos coordenadores do Fórum. O pastor Jonas foi homenageado pelo presidente da AD Alagoas. O pastor José Orisvaldo Nunes de Lima se referiu a Jonas como um patrimônio da igreja evangélica e um ícone do evangelho em Alagoas.

 O presidente da AD Alagoas destacou a necessidade de aproximação das igrejas evangélicas e a Prefeitura para que as denominações funcionem dentro da legalidade. “ Me sinto honrado em ser anfitrião desse Fórum. As questões que serão tratadas aqui são de suma importância para as igrejas, para a coletividade”, acrescentou.

Postado em 30 de outubro de 2015

Pr Orisvaldo inaugura templo e consagra caminhão para obra em Coruripe

Inauguração em Coruripe
Caminhão será usado exclusivamente em cruzadas e evangelizações

 O pastor José Orisvaldo Nunes de Lima, presidente da AD Alagoas, junto com o pastor Wilton Padilha inaugurou neste domingo (25) mais um templo da Assembleia de Deus na cidade de Coruripe, no bairro Nelson Costa. Um caminhão também foi consagrado para o serviço de evangelização e cruzadas.

 O veículo foi doado para a obra de Deus pelo filho do pastor Wilton, Mesaque Padilha, que também é vereador e presidente da Câmara municipal de Coruripe. Durante a cerimônia, o pastor Orisvaldo inadagou ao vereador se o veículo será exclusivo para a obra de Deus e Mesaque que também é evangélico confirmou a doação total para o serviço de evangelismo.

 “Esse caminhão é para fazer a obra do Senhor não só em Coruripe, mas em qualquer lugar deste Estado”, acrescentou Mesaque diante da igreja. O caminhão dispõe de estrutura de palco e som foi apresentado para a congregação neste domingo.

 O pastor Orisvaldo ministrou a mensagem da palavra com base no livro de Ageu1.5-9. Participaram do culto festivo obreiros do ministério local, o pastor Antonio Carlos de Feliz Deserto e o pastor Elias Ferreira do Povoado Imbira.

Postado em 30 de outubro de 2015

Cruzada encerra com 46 conversões e batismos em Satuba

Grande cruzada em Satuba

Pr. Daniel Silva foi preletor e a Banda Filadélfia de Coruripe participou do culto

Pr. Daniel Silva foi preletor e a Banda Filadélfia de Coruripe participou do culto Uma cruzada evangelística na noite da última segunda-feira, 26, terminou debaixo da unção divina em Satuba. Ao menos 46 pessoas decidiram entregar suas vidas a Jesus como salvador e outras 29 receberam o batismo com Espírito Santo no culto público.

 Toda a Igreja que esteve presente no culto sentiu a presença de Deus com a ministração da palavra através do pastor Daniel Silva, líder da AD na localidade, e dos louvores entoados por cantores, grupos e pela Banda Filadélfia da AD Coruripe, Banda Ágape, e a Banda de percussão irmãs Filhas do Rei. O trabalho chamou a atenção de centenas de pessoas e muitos não evangélicos foram alcançados pela mensagem pregada.

 Postado em 30 de outubro de 2015

Seminário para diáconos em Roteiro reúne dezenas de obreiros

seminário para diáconos


Um seminário realizado na Assembleia de Deus da cidade de Roteiro, no interior do Estado, reuniu obreiros de toda a região central nesta semana. O evento coordenado pelo pastor-presidente, reverendo José Orisvaldo Nunes de Lima, levou instruções bíblicas para o aperfeiçoamento e formação dos obreiros da Casa de Deus.

 O evento teve a participação do pastor Eziel, líder da AD local, de uma comitiva de obreiros de São Miguel dos Campos, além dos pastores Adalberto ( Teotonio Vilela), Wilton Padilha ( Coruripe), Pr José Carlos ( Junqueiro), Pr Joab ( Luziápolis), Pr Eliezer Almeida ( Boca da Mata), Pr Elizeu ( Povoado Peri Peri), Pr Benedito Anselmo ( Anadia), Pr Firmo Higino (Marechal Deodoro), Pr Geraldo (Campo Alegre)e obreiros representando o pastor Everaldo.

 A ministração foi feita pelo pastor Donizete Inácio, líder da Assembleia de Deus em Viçosa. Ele esteve acompanhado de seus filhos e ressaltou a importância do serviço de diácono na Casa do Senhor.

 AD Alagoas

 Durante o evento, o presbítero Olimpio Filho falou aos participantes sobre os investimentos feitos pelo pastor presidente no Portal AD Alagoas, por exemplo, a aquisição de equipamentos novos para voltar a transmitir os cultos ao vivo - pela internet - direto do templo central, em Maceió. Falou ainda da expectativa do retorno da transmissão no início do mês de novembro, a depender de pequenos ajustes operacionais. Olímpio comentou sobre o apoio do pastor em investir na área de comunicação da igreja para divulgar de forma transparente o que está sendo feito pela obra de Deus em todo o Estado.

Postado em 30 de outubro de 2015

VAMOS ORAR

VAMOS ORAR


Laos (28º)
 Interceda pelos 192 mil cristãos no Laos, para que possam testificar de Cristo aos vizinhos, apesar de todas as restrições e perigos de seguir a Jesus no país. Que o Senhor lhes dê estratégia.

Postado em 30 de outubro de 2015

Jovem síria cristã confia no poder da oração e recebe respostas

"Eu acredito que a oração pode mover a mão de Deus"
SÍRIA
Sarah* é uma jovem de 20 anos e já começou um ministério de oração na Síria. Em meio à perseguição ela tem experimentado o quanto as orações podem ser poderosas nos momentos difíceis. "A oração é muito importante para mim. Eu sempre recebo a proteção do Senhor e os seus cuidados por causa das minhas orações. Eu acredito que a oração pode mover a mão de Deus", diz ela.

 Além das orações, porém, Sarah diz que é preciso que cada um faça a sua parte. "Há alguns anos, o Espírito Santo disse que eu tinha que organizar uma reunião interdenominacional de oração, em Aleppo, uma cidade que fica ao norte da Síria. E eu questionei: ‘mas eu sou apenas uma mulher de 20 anos e não tenho condições financeiras para organizar encontros’. Então eu orei", lembra Sarah.

 Ela compartilha que rapidamente Deus respondeu às suas orações, então conheceu uma pessoa da Portas Abertas, que estava disposta a financiar esse encontro. Tiveram também o apoio das igrejas locais e muitos líderes se uniram a esse propósito, então tiveram uma reunião de várias denominações, da forma como o Espírito Santo havia dito.

 Conforme os relatos da jovem, foi a primeira vez que uma reunião destas foi realizada em Aleppo. "Tivemos um tempo de adoração e de oração ao ar livre. Para vários participantes isso foi algo novo; eles não estavam acostumados a orar em voz alta. Cerca de 600 pessoas vieram para a reunião e todos sentiram que não estavam sozinhos, e isso foi um renovo para todos nós", conclui Sarah.

 *Nome alterado por questões de segurança.

Postado em 30 de outubro de 2015

Quase 500 anos da Reforma Protestante

"O verdadeiro tesouro da igreja é o santíssimo evangelho da glória e da graça de Deus." Martinho Lutero

INTERNACIONAL
Em 31 de outubro de 1517, a igreja protestante se dividiu da Igreja Católica, marcando assim um dos desmembramentos mais importantes do cristianismo. Até esse dia, somente as lideranças eclesiásticas e os nobres tinham acesso às Escrituras. Além disso, todo o conteúdo era em latim. A Bíblia era algo exclusivo de uma minoria e a fé era usada como instrumento de manipulação.

 Além de discordar da postura adotada pela Igreja Católica, o movimento liderado por Lutero defendia a liberdade de cada indivíduo para interpretação dos textos bíblicos e que o homem não é justificado pelas suas obras, mas sim pela fé em Cristo. Ele também sempre acreditou que a Bíblia é infalível por ser inspirada pelo Espirito Santo e que qualquer pessoa deveria ter acesso a ela. Sua luta não foi nada fácil, mas, graças a esse modo diferente de pensar, a igreja evangélica representa hoje no Brasil, 25% da população e cresceu 61% em dez anos (2000 – 2010), segundo análises realizadas pelo IBGE.

 A Revista Portas Abertas de outubro destaca o poder transformador da Palavra, o mesmo defendido por Lutero durante toda sua jornada. Se você não recebe a revista, saiba como receber mensalmente informações e relatos dos cristãos perseguidos. Assim como Lutero se tornou um agente transformador de gerações, que possamos deixar Deus nos usar para transformar por meio da sua Palavra a nossa família, amigos e igreja.

Postado em 30 de outubro de 2015

Conheça a história de uma jovem que decidiu seguir Jesus

"Deus está sempre presente, nossa parte é ser sal e luz nessa terra"
BANGLADESH
Essa é a história de uma jovem de Bangladesh, Hemel, de 21 anos. Ela era muçulmana e frequentava uma mesquita com seus familiares, até que um dia ouviu falar de Jesus. "Eu nasci em uma família seguidora do islã, mas um dia, meu próprio pai me deu uma bíblia e me levou à igreja. Cinco anos depois eu me converti e fui batizada", relata ela.

 "Quando nossos parentes e vizinhos descobriram que toda a nossa família era cristã, eles começaram a dificultar nossas vidas. Muitos aldeões nem olhavam mais para nós e nos tratavam com ódio, dava para sentir. Na escola, eu enfrentei outros desafios. Os professores anotavam erros, mesmo quando eu dava as respostas certas. Estudantes faziam falsas denúncias contra mim e me acusaram até de roubo. Ninguém mais se sentava ao meu lado e na faculdade, não foi diferente", lembra ela.

 Hemel conta que seu avô privou a família de qualquer herança. "Quando minha avó morreu, nossa família foi impedida até mesmo de vê-la pela última vez. É muita pressão que já sofremos, e às vezes, dava uma angústia muito grande". Agora ela participa de um treinamento de discipulado para jovens e se sente mais encorajada.

 "Hoje eu entendo que, apesar da perseguição, Deus está sempre presente. Nossa parte é ser sal e luz nessa terra. A equipe da Portas Abertas está me ensinando a enfrentar diversas situações através da Palavra. E finalmente eu me sinto forte para seguir em frente, apesar de tudo", conclui.


Postado em 30 de outubro de 2015

Relatórios mostram que o cristianismo está desaparecendo de algumas regiões

"A situação parece ser obscura, mas a igreja está destinada a brilhar"
ORIENTE MÉDIO
O cristianismo está praticamente desaparecendo em algumas regiões do Oriente Médio e de acordo com as informações do relatório da Associação Internacional de Ajuda à Igreja Perseguida, poderá desaparecer do Iraque, dentro de 5 anos, caso não ocorra uma intervenção significativa.

 Outro relatório com o tema "Perseguidos e Esquecidos", do Reino Unido, diz que os cristãos estão migrando de algumas áreas do Oriente Médio e da África, onde eram numerosos até pouco tempo atrás. O principal motivo é a ameaça crescente de grupos muçulmanos militantes, que se empenham em dizimar a religião. Já em Israel e Jordânia, o número de cristãos continua crescente. "Na África, a ascensão de radicais do islã, na Nigéria, Sudão, Quênia e Tanzânia, está claramente destinada a intimidar os cristãos, desestabilizando a sua presença", diz um relatório.

 "Grupos islâmicos apareceram do nada e exercem autoridade potente, com uma crueldade muito maior do que o das organizações radicais das quais eles surgiram, e esse é o motivo do êxodo em massa", diz uma Instituição de caridade do Reino Unido.

 Mas mesmo em sofrimento, a igreja continua crescendo até em abrigos subterrâneos, onde os cristãos se encontram para louvar a Deus e também para renovarem suas forças. Em um dos relatórios, consta uma nota otimista que diz que "apesar de algumas partes da África e do Oriente Médio estarem se esvaziado do cristianismo, o número de seus seguidores está crescendo em todo o mundo. A situação parece ser obscura, mas a igreja está destinada a brilhar, mais e mais".

Postado em 30 de outubro de 2015

quinta-feira, 29 de outubro de 2015

VAMOS ORAR

VAMOS ORAR


Sri Lanka (44º)
 No Dia do Livro, ore pelas crianças do Sri Lanka, que são obrigadas a praticar rituais budistas nas escolas. O cristianismo é autorizado, porém não há procura por professores cristãos. Clame para que surjam professores capacitados para ensinar sobre Jesus.

Postado em 29 de outubro de 2015

Fanatismo religioso aumenta a onda de violência no país

"Leis de blasfêmia tem sido usadas injustamente contra os cristãos"
PAQUISTÃO
O Supremo Tribunal do Paquistão confirmou a sentença de morte de Malik Mumtaz Qadri, de 30 anos, que assassinou o ex-governador Salmaan Taseer, do Punjab, uma província do país. Taseer era um muçulmano liberal, e foi morto no dia 4 de janeiro de 2011, por exigir alterações nas leis de blasfêmia.

 Malik era um dos guarda-costas de Taseer, e era considerado um oficial da Força de Elite. Segundo relatórios, ele cometeu o crime por ter pontos de vista diferentes do governador. O fanatismo religioso está se espalhando pelo país de forma violenta. Os ativistas de direitos humanos e as minorias pedem a revogação destas leis, uma vez que elas têm sido amplamente utilizadas como uma ferramenta contra os pequenos grupos religiosos, em especial, os cristãos.

 O ex-governador Taseer foi assassinado por defender uma mulher analfabeta e um pobre cristão paquistanês. O caso da Asia Bibi, também muito conhecido, teve uma condenação baseada nas leis atuais e seu recurso continua pendente na Suprema Corte, desde 2009.

 O caso de Malik teve uma grande repercussão por que ele matou uma figura política em plena luz do dia, e por razões puramente religiosas. Mas há inúmeros outros casos com o mesmo pano de fundo. Crimes são cometidos contra pessoas que desafiam a lei simplesmente verbalizando qualquer palavra contra o islã, seu profeta ou o alcorão. Segundo as autoridades, um blasfemo merece a morte. Agora Malik, que foi recebido com pétalas de rosas no tribunal, é reverenciado por muitos como um herói que cumpriu seu dever religioso. Não deixe de orar por nossos irmãos paquistaneses e pela família de Taseer. Que mais pessoas como ele possam se levantar esta nação.

Postado em 29 de outubro de 2015

Muitos cristãos ficaram deslocados por causa da perseguição religiosa

"Queremos a nossa igreja de volta para poder exercer a liberdade de culto"
INDONÉSIA
A violência religiosa cresceu entre muçulmanos e cristãos na província de Aceh, na Indonésia, três meses depois de um motim contra as autoridades governamentais, ocorrido em Papua. Uma pessoa morreu e oito ficaram feridas em confrontos que se seguiram após alguns fundamentalistas islâmicos colocarem fogo numa igreja.

 Como resultado, milhares de cristãos fugiram para a província vizinha de Sumatra do Norte. "Quando a igreja foi queimada, os cristãos ficaram com medo e fugiram com suas famílias", disse o líder religioso Erde Berutu. Agora os governantes locais estão trabalhando na tentativa de repatriar os refugiados.

 Muitos cristãos não querem voltar, porque sabem que não há nenhuma garantia de segurança por parte do Estado. "Para nós, a segurança vai além do físico. Queremos a nossa igreja de volta para poder exercer a nossa liberdade de culto", diz o líder.

 Antes de ver a igreja em cinzas, Erde disse que recebeu várias mensagens dos radicais muçulmanos fazendo ameaças. "Eles não querem que os cristãos voltem e também não vão permitir que a igreja seja reconstruída. Se fizermos isto, eles vão nos atacar de novo. Eles prometeram derrubar 10 igrejas, alegando que não estão registradas conforme a lei. E a nossa foi a primeira", conclui ele. Ore pelos indonésios e agradeça a Deus pela liberdade religiosa em nosso país.

Postado em 29 de outubro de 2015

Líder cristão fala sobre a importância da oração

"Nós temos que nos manter de joelhos, apesar das circunstâncias"

CAZAQUISTÃO
Com 36 anos de idade, Azim Janbakiev já liderou uma igreja durante 12 anos. Mas a igreja estava ficando vazia, muitos estavam abandonando a fé e ele sentia que também precisava de cuidados espirituais. "Eu ajudei tantas pessoas, mas me sentia abandonado e esquecido. Além disso, eu mal podia cuidar da minha própria família. Parecia que tudo estava caindo aos pedaços".

 Azim tornou-se um líder cristão quando tinha 24 anos, sendo um dos mais jovens no Cazaquistão. Deus o abençoou com uma linda esposa, Anara, e quatro filhos: Yusuph (10), Iliyas (8), Yasmina (4), e Kenes (2). Quando ele foi chamado para liderar uma igreja, estava com muito vigor e vivia animado.

 Tudo mudou em dezembro de 2014, quando Azim soube que as autoridades locais decidiram transformar o prédio da igreja em área residencial. Os membros foram proibidos de frequentar o local e as atividades cristãs foram interrompidas sem aviso prévio. "Antes já era difícil, porque em 2012 o governo do Cazaquistão adotou uma nova lei religiosa que proíbe cultos em residências e quase um terço das igrejas foi parar em salas subterrâneas", conta o líder. Atualmente, o Cazaquistão ocupa o 42º lugar na Classificação de Perseguição Religiosa de 2015.

 Azim ficou quase impossibilitado de exercer a liderança da igreja. "Tive esperanças quando conheci a equipe da Portas Abertas, que orou com todos nós por esta situação. Eu sei que tudo tem um propósito. Eu conheço a história da perseguição da igreja e também sei que a situação vai piorar. Mas nós temos que nos manter de joelhos, apesar das circunstâncias. Minha alegria é saber que em todos os cantos do mundo tem pessoas orando por nós e que somos uma só família em Cristo Jesus", conclui Azim.

Postado em 29 de outubro de 2015

Terremoto atingiu muitos cristãos e colaboradores da Portas Abertas

“Estamos muito assustados, mas nossa fé não foi abalada”
PAQUISTÃO
Há muitas equipes da Portas Abertas espalhadas pelo mundo, e aquelas que estão próximas da região do Golfo de Omã, perto do Paquistão e do Afeganistão, sofreram com um terremoto da magnitude de 7,8, de acordo com a escala Richter.

 Tremores também foram sentidos nos Emirados Árabes Unidos e a comunicação foi interrompida. Faltou sinal de internet e as linhas telefônicas não funcionaram durante um período. Um dos analistas de perseguição disse que ficou muito assustado: “A princípio eu pensei que eram extremistas chegando, porque o som era muito parecido quando os estrondos começaram e as paredes começaram a cair”, relatou.

 Segundo a imprensa internacional, houve muitos danos, mais de 200 pessoas morreram, mais de 1.600 ficaram feridas, e o número de vítimas pode aumentar. Além disso, o número de casas que acabaram destruídas ou seriamente danificadas chega a 3.060, sendo a província de Khyber Pakhtunkhwa a área mais atingida com 2.097, seguida das áreas tribais com 737.

 Os analistas da Portas Abertas pedem orações a todos os feridos e desabrigados e às famílias das vítimas, em especial àqueles que perderam suas crianças no terremoto, para que tenham forças para retomarem suas vidas, apesar de tudo. “Para onde olhamos há destruição e pessoas feridas, precisamos das suas orações. Estamos assustados, mas nossa fé não foi abalada”, conclui o analista.

Postado em 29 de outubro de 2015

Revista de novembro explica como o ministério de presença tem ajudado os cristãos perseguidos

Já está em circulação a edição 11 da Revista Portas Abertas. Nesse mês você poderá conhecer um pouco mais sobre o ministério de presença e como ele atua em todo o mundo com o objetivo de encorajar a Igreja Perseguida
BRASIL
Somos parte do Corpo de Cristo, logo, somos pessoas voltadas para pessoas. O sexto  valor central da Portas Abertas reflete muito sobre nosso trabalho ao redor do mundo. Cremos que a igreja livre precisa viver na prática 1 Coríntios 12.26: "Quando um membro sofre, todos os outros sofrem com ele; quando um membro é honrado, todos os outros se alegram com ele."

 É por isso e por entender que não há nada como estar presente, estender a mão e dar um abraço de conforto e aconchego que a Revista Portas Abertas do mês de novembro possui ênfase no trabalho realizado pelo ministério de presença, ou como chamamos no Brasil, Sem Fronteiras. No periódico, você poderá conferir relatos de cristãos que receberam ajuda dos irmãos livres, assim como, experiências de brasileiros que participaram de alguma viagem de campo.

 Ao término da leitura, você também ficará por dentro de quais requisitos são necessários para quem desejar ir. Você também pode fazer uma viagem de campo! Se você ainda não recebe a Revista Portas Abertas,  clique aqui  e saiba como se tornar nosso parceiro e receber mais informações sobre a causa da Igreja Perseguida.

Postado em 29 de outubro de 2015

terça-feira, 27 de outubro de 2015

Esse mundo é extremamente cruel!


Postado por Mariano Siqueira

 A situação por que passa a humanidade, no tocante a essa vida, vai de mal a pior!
 E não pensemos que as coisas irão melhorar.
 Quando assim nos referimos, não é que sejamos pessimistas, são os acontecimentos que confirmam a realidade.
 Os terremotos, maremotos, guerras, crimes bárbaros, fomes, doenças cruéis, traições, valores morais jogados na lata de lixo, confirmam o caos que varre a terra.
 O apóstolo João, aquele que escreveu o Apocalipse, ainda no século I da Era Cristã, disse: "O mundo jaz no Maligno ( 1 João 5.19 ).
 E o que dizermos em nossos dias?
 Do nosso ponto de vista, acreditamos que estamos bem mais próximos da nossa redenção!
 No entanto, enquanto o Desejado das nações não arrebata a sua Igreja, não é motivo para que nós fiquemos desesperados.
 Afinal, Ele prometeu está conosco todos os dias, até a consumação dos séculos ( Mateus 28.20 ).
 Portanto, é fundamental que estejamos sempre vigilantes ( Marcos 14.38 ).

 Maranata, Maranata!

 Texto de Tadeu de Araújo

 Postado em 27 de outubro de 2015

VAMOS ORAR

VAMOS ORAR


Tibet
 Interceda por John que trabalha com uma igreja longe de sua esposa e filhos. Ore para que ele tenha sabedoria para equilibrar o cuidado com sua família e o servir à igreja.

Postado em 27 de outubro de 2015


A oração dá forças aos cristãos sírios perseguidos

"Quando os cristãos ao redor do mundo oram pelos sírios, eles sentem que não estão sozinhos"
SÍRIA
Um líder cristão que está à frente dos trabalhos na Síria disse que as orações de todos os cristãos ao redor do mundo, são sentidas pelos sírios perseguidos. "Quando os cristãos oram, eles ajudam e transmitem forças. E quando os sírios ouvem a respeito da preocupação que a família cristã tem por eles, então ficam alegres e se sentem renovados", comenta o líder.

 "Quero expressar meu profundo apreço às pessoas do Ocidente que se dedicam à oração e que pensam naqueles que são perseguidos por causa da sua fé. Minha esposa e eu somos gratos, mesmo vivendo em Damasco. Nós sabemos o que eles estão vivendo e confiamos na intervenção de Deus. As orações nos encorajam", diz Edward, outro líder cristão.

 Eles afirmam que a cada dia fica mais difícil de encontrar um local seguro, e comentam que as granadas caem todos os dias. "Vemos pessoas mortas e feridas por todos os lados. Esses dias perdemos um dos nossos jovens, quando uma bomba caiu na faculdade onde ele estava. É muito triste, mas ao mesmo tempo estamos felizes, porque ele era um novo convertido. Temos convicção de que ele perdeu a vida na terra, mas ganhou a eternidade com Cristo", diz um dos líderes.

 Edward diz que há grandes lições no meio das tragédias: "eu vejo como Deus responde às orações, e todos podem testemunhar que a mão do Senhor está se movendo em nosso país, e entre os sírios. Esse tempo de trabalho aqui na Síria não é um sacrifício, é um privilégio. Cada um de nós arrisca sua própria vida, mas sabemos que esta é a nossa missão, e então tudo faz sentido", conclui.

Postado em 27 de outubro de 2015


Mulher é curada milagrosamente e passa a evangelizar norte-coreanos

"Eu presenciei um milagre em meu próprio corpo, e senti na pele a presença de Jesus"

COREIA DO NORTE
A Sra. Shelter como ela é conhecida em um dos abrigos da Portas Abertas, para refugiados norte-coreanos, há cinco anos adoeceu gravemente e quase chegou à morte. Ela foi curada milagrosamente, e este foi o seu primeiro passo em direção à fé cristã. Hoje em dia, ela considera seus dias como um "tempo emprestado" por Deus, e arrisca sua vida para fazer o reino de Cristo avançar.

 Sua casa fica numa rua escura, a energia elétrica não funciona em nenhum dos postes que antes iluminavam o local. É um abrigo que se parece com qualquer outro, mas o que ninguém sabe é que ali é um ponto de pregação, onde cristãos se reúnem em secreto, graças à ousadia da Sra. Shelter.

 "Eu estive à beira da morte, e então um pastor veio me visitar e orou por mim. Eu presenciei um milagre em meu próprio corpo, e senti na pele a presença de Jesus. E hoje, eu sei exatamente o motivo de Deus ter me curado, Ele queria me usar no ministério. Eu vejo as pessoas vagando pelas ruas, à procura de lugares para dormir. Eu simplesmente ofereço esse lugar, e quando eles vão embora querem saber por que eu faço isso sem pedir nada em troca, é quando eu compartilho com eles sobre Jesus e sobre a Bíblia", explica ela.

 Ela também conta que, normalmente estas pessoas voltam e pedem os ensinamentos bíblicos e é por este motivo que o grupo está crescendo a cada dia: "Deus está salvando os norte-coreanos, é por isso que nós seguimos em frente, orientando, guiando e orando com muita fé". Hoje em dia, a Sra. Shelter é alvo das autoridades chinesas e norte-coreanas, mas ela não teme: "o Espírito Santo me capacitou no discernimento, e eu consigo identificar os espiões assim que eles chegam. Eu os trato com o amor de Cristo, e no final de suas visitas, eles confessam que vieram para escrever seus relatórios a meu respeito, mas eles acabam escrevendo a meu favor", finaliza a valente cristã.

Postado em 27 de outubro de 2015

Cristãos etíopes enfrentam fome e perseguição ao mesmo tempo

"Eles pedem oração para que Deus tenha misericórdia e envie chuva"
ETIÓPIA
Ao longo dos últimos 40 anos, a Etiópia tem experimentado graves períodos de escassez alimentar, sendo o mais grave entre as décadas de 80 e 90. Em 2003, mais de 14 milhões de pessoas sofreram com a fome. Este ano, mais uma vez, o país foi afetado devido à seca.

 Embora o Quênia e a Somália também tenham sentido essa crise, nada se compara com a Etiópia. O governo informou que mais de 4 milhões de etíopes não receberam assistência alimentar por conta da gravidade da situação. Em outubro, as agências humanitárias do governo assinaram o Documento de Necessidades Humanitárias (HRD - Humanitarian Requirements Document), onde informam o número significativo de pessoas necessitadas, ou seja, 8,2 milhões de famintos.

 Embora eles evitem a palavra "fome", a situação é tão drástica que especialistas calculam que o número pode chegar rapidamente a 15 milhões em breve, caso não haja alguma intervenção. O governo destinou mais de 190 milhões de dólares para ajuda emergencial e pediu socorro à comunidade internacional, já que precisa de um valor bem mais alto, o equivalente a 590 milhões de dólares, até o final de 2015.

 Dos nove estados da Etiópia, seis estão enfrentando as atuais crises, e em todos estes há cristãos que, além da fome, enfrentam a perseguição religiosa. Eles pedem oração a todos que tomarem conhecimento disso, para que Deus tenha misericórdia e envie chuvas para aquelas terras. Interceda pelos cristãos dessa nação, para que permaneçam firmes, apesar das dificuldades.

Postado em 27 de outubro de 2015

Cristãos indígenas são treinados e instruídos na nova fé

"O encontro é uma ótima oportunidade de fortalecer os irmãos"
COLÔMBIA
Cristãos colombianos indígenas se reuniram em Huila, na Colômbia, durante três dias, para um treinamento da Portas Abertas. Mais de 1.200 fieis que pertenciam à tribo nasa, participaram do encontro que foi realizado numa área rural. Esses cristãos tiveram de se afastar de sua própria tribo para seguirem a Jesus e isso tem afetado até mesmo suas crianças, por isso, há também uma programação infantil de leitura de histórias bíblicas para elas.

 Houve muita alegria e emoção, não só para as crianças, mas para toda a comunidade. O encontro foi um momento de descanso e refrigério. Eles ficaram temporariamente livres da perseguição e com um tempo especial para adorar a Deus. As mulheres receberam instruções evangelísticas através da história de Rute, que começou uma nova vida em outras terras. Os homens aprenderam a seguir o exemplo de Cristo para desempenharem um bom papel em família. E os jovens foram desafiados a enfrentar com ousadia e coragem a atual perseguição.

 Segundo um analista de perseguição da Portas Abertas: "O encontro é uma ótima oportunidade de fortalecer os irmãos, e também uma ocasião para interagirem uns com os outros. Dentro da cultura nasa o cristianismo não é bem aceito, mas os novos convertidos foram encorajados a perseverar na fé em Jesus, apesar das dificuldades".

Postado em 27 de outubro de 2015

Relatos de cristãos que sofreram com ataques extremistas

“Mesmo com medo de sermos feridos, nós continuamos a trabalhar para Cristo”
TANZÂNIA
Ao serem visitados, os cristãos da igreja em Itawa, na Tanzânia, estavam reconstruindo o templo incendiado há poucos dias. Um dos membros cumprimentou os visitantes com um largo sorrido, dizendo: “Louvado seja Jesus! Eu nasci de novo. Eu sei que eles queimaram a nossa igreja, mas a Palavra de Deus em 1 Coríntios 3.16 diz que nós somos o santuário de Deus e que o Espírito de Deus habita em nós. Eu sou a igreja e esse incidente não abalou a minha fé”.

 A perseguição serviu para reafirmar o dom evangelístico de cada um deles. "Estou consciente de que minha vida pode estar em perigo e talvez eu não seja uma pessoa livre como eu gostaria, mas eu tenho a liberdade de Cristo em meu coração e me sinto ainda mais capaz de pregar essa Palavra tão maravilhosa”, comentou outro cristão.

 “Sabemos muito bem que não podemos enganar a nós mesmos, achando que isso vai terminar, pois as escrituras dizem que as coisas vão ficar ainda pior. Mas eu vou continuar com a obra do Senhor", disse Temistokles. E sua esposa concordou: "É verdade, agora estamos mais conscientes do perigo, mas somos chamados a servir ao Senhor, então vamos levar em frente esse ministério”.

 “Mesmo com medo de sermos feridos, nós continuamos a trabalhar para Cristo. Eu estou orando pelas pessoas que fizeram isto, para que o Senhor conceda a eles misericórdia e salvação, espero que eles se arrependam enquanto é tempo. Independente deles, eu ainda serei um servo de Deus e vou amar a Cristo até o fim”, disse Clarence Mbaulo, de 18 anos. "Tem sido muito difícil, especialmente durante este período chuvoso. Está ventando muito, e as chuvas atrapalham nossos encontros, mas me dá uma alegria tão grande quando vejo que isso não abalou a nenhum de nós e o número de membros não diminuiu, pelo contrário, outros chegaram e a igreja continua crescendo firme. Nós somos perseguidos, mas não seremos abatidos”, conclui Emmanuel.

Postado em 27 de outubro de 2015

Reunião secreta em cafeteria para ouvir a voz de Deus

Na Ásia Central, pequenos grupos de oração se reúnem em cafeterias para estudar a Bíblia e orar uns pelos outros. A estratégia é uma das melhores encontradas pela igreja secreta

ÁSIA CENTRAL
Quando você pensa sobre o termo "igreja secreta", fotos de grupos cristãos em casas com pouca iluminação vêm à mente. Mas feche os olhos e tente imaginar isto: o cheiro de café em grão, luz baixa, e o murmúrio suave e constante de conversas amigáveis. Abra seus olhos. Você está em uma cafeteria em uma cidade grande da Ásia Central, onde as pessoas gostam de tomar uma xícara de café no final do seu dia de trabalho. Agora olhe para a esquerda. Você vê um grupo de pessoas? Está acontecendo uma reunião da igreja secreta.

 "É melhor nos reunirmos em um lugar público, como um café, do que secretamente em um apartamento", diz Raikhan*, esposa de um pastor local. De acordo com a lei religiosa do país, os seguidores de Cristo podem se reunir e realizar suas atividades religiosas apenas em prédios de igrejas registradas. A obtenção de um prédio e autorização são quase impossíveis. Muitos cristãos como Raikhan são forçados a viver em clandestinidade e tornam-se parte da igreja secreta.

 "Nossos vizinhos podem saber quem somos e chamar a polícia a qualquer minuto, por isso decidimos nos reunir em lugares públicos para estudar a Bíblia. Uma cafeteria é ideal. Nós só precisamos seguir algumas pequenas regras para nossa segurança. Estamos estudando uma série de lições que explicam os frutos do Espírito Santo”, conta Raikhan.

 Quando nos reunimos, fechamos os olhos e mantemos nossas Bíblias nas bolsas em todos os momentos. "Somos forçados a agir assim para não atrair atenção desnecessária. No entanto, estamos felizes e satisfeitos porque, juntos, podemos estudar e aprender com a Palavra de Deus! Depois que estudamos, oramos pelas necessidades uns dos outros e o encontro termina”, ela compartilha.

 Você pode saber mais sobre como a Palavra tem transformado a vida de muitas pessoas da Igreja Perseguida na  Revista Portas Abertas de outubro. Se você é nosso parceiro, a revista já está em sua casa. Caso ainda não seja, aproveite a oportunidade e conheça mais sobre a realidade dos nossos irmãos que compartilham nossa fé em Jesus, mas não a mesma liberdade.

 *Nomes alterados por motivos de segurança.

 Leia também “
“A fé vem pelo ouvir”
Deus fala na prisão

Postado em 27 de outubro de 2015

quinta-feira, 22 de outubro de 2015

O Brasil está cheio de "doutores" sem doutorado!


Postado por Mariano Siqueira


  Há muitas pessoas que têm apenas o curso superior, mas todas as vezes que é chamado de "doutor", baixa-lhe a "síndrome do pavão".

 No entanto, não se zangam quando não lhes conferem a honraria.
 Outros, porém, mesmo sabendo que não possuem tal credencial, exigem que assim os chamem.
 Todos os que assim procedem, vivem delirando.
 E precisam de ajuda psíquica.
 Muito embora dicionários de língua portuguesa chamem médicos, cirurgiões e outros profissionais de "doutor", pelo fato de terem graduação acadêmica, mas seus autores sabem que vão de encontro à realidade do assunto.
 Em verdade, a rigor, doutor é todo aquele que defendeu uma tese e foi aprovado, por uma banca examinadora, composta de cinco professores-doutores de uma faculdade.
 Sendo assim, é fundamental que a sociedade, de modo geral, saiba diferençar entre o pronome de tratamento ( dr. ), com aquele que o é de direito e de fato.
 Aliás, é importante dizermos que, por incrível que pareça, muitos que alcançaram tal mérito, não fazem publicidade.
 "O Complexo de Doutorice" continua fazendo suas vítimas.

Texto de Tadeu de Araújo

Postado em 22 de outubro de 2015

VAMOS ORAR

VAMOS ORAR


Laos (28º)
 A família de Dom* foi forçada a deixar sua aldeia no Laos por causa de sua fé. Eles não podem voltar, a menos que assinem um documento afirmando que estão negando a Jesus. Por favor, ore para que Dom e sua família perseverem.

Postado em 22 de outubro de 2015

DINAMI: Dia Nacional de Missões

DINAMI: Dia Nacional de Missões

Janela 10/40 O Maior Desafio Missionário da Atualidade.

Janela 10/40 O Maior Desafio Missionário da Atualidade.

Seguidores

Share

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More