Domingo da Igreja Perseguida é tema do Culto de Missões da AD Bebedouro

No segundo domingo de junho, o Departamento de Missões da Assembleia de Deus em Bebedouro, coordenado pelo diácono Mariano Siqueira, organizou mais um culto missionário abençoado abordando relatos...

Pr. José Orisvaldo Nunes: “Se você está atravessando o Vale, saiba que Deus cuidará de ti!”

O pastor-presidente José Orisvaldo Nunes de Lima foi usado por Deus na ministração da Palavra durante o Culto de Doutrina desta terça-feira (20) no templo-sede da Assembleia de Deus em Alagoas. Após a mensagem, foi feito o convite àqueles que estavam...

500 Anos da Reforma Protestante| Centenas de evangélicos participaram dos Seminários no interior

Cumprindo mais uma rodada de seminários sobre os 500 Anos da Reforma Protestante, as cidades de Arapiraca, Dois Riachos, Porto Calvo e Rio largo sediaram o evento no último sábado (17). Os assembleianos lotaram as igrejas para...

Americano preso morre na Coreia do Norte

A família de Otto Warmbier, cristão de 22 anos, confirmou seu falecimento no dia 19 de junho, apenas uma semana depois de ser libertado – em coma – após 15 meses de prisão na Coreia do Norte. Leia a matéria sobre a...

O único lugar onde podíamos adorar

O vento afiado e o frio sopravam na cela da prisão, mas Hea-Woo dificilmente podia senti-lo. Ela dificilmente podia sentir qualquer coisa. “Eu estava dentro das horas da morte; doente, desnutrida e congelada por causa das condições deploráveis da cela da prisão. Eu não pensei que estaria viva para...

Camboja deve construir 500 novas igrejas, após se libertar da repressão comunista

Dezenas de pastores se aglomeraram em torno de Hun Sen, com os smartphones estendidos, engajados para comemorar o primeiro encontro do primeiro-ministro cambojano com os cristãos...

domingo, 31 de julho de 2011

Procuradoria do Ceará acusa Testemunhas de Jeová de discriminação

Intolerância



Prática, de acordo com procuradora, é fazer com que "ex-fiel" caia em si e retorne a "Jeová"


O Ministério Público Federal no Ceará entrou com ação civil pública para impedir a igreja Testemunhas de Jeová de praticar suposta discriminação contra "ex-fiéis". A ação, protocolada na última semana, foi motivada por representação do servidor público Sebastião Oliveira, 53, que foi expulso da religião. Depois disso, ele diz que passou a ser rejeitado por outros fiéis por orientação da igreja.

O objetivo da prática, de acordo com a procuradora Nilce Rodrigues, é fazer com que o "ex-fiel" "caia em si e retorne a [religião de] Jeová". Oliveira diz que foi expulso após escrever artigos em jornais sobre suas crenças. A orientação da religião é que apenas representantes oficiais se manifestem publicamente sobre a doutrina, conforme a Procuradoria.

Oliveira diz que perdeu seus amigos, pois a religião exige que um fiel só tenha relações com quem tem a mesma crença. Ainda segundo o ex-fiel, colegas de trabalho "viraram a cara" e ele passou a andar só de carro pelo bairro para evitar a humilhação de ser ignorado por vizinhos. Nem com a irmã, que é da religião, conversa mais.

Segundo a procuradora, investigação comprovou que publicações da religião incentivam a discriminação contra ex-fieis e outras testemunhas confirmaram a orientação. Rodrigues diz que a prática é discriminatória e que ninguém pode exercer pressão para manter "alguém filiado a uma entidade religiosa".

A ação, contra a Associação Torre de Vigia de Bíblias e Tratados, que representa as Testemunhas de Jeová no Brasil, e a Associação Bíblica e Cultural de Fortaleza, representante no Estado, pede pena de pagamento de multa de R$ 10 mil por cada ato de discriminação identificado.

Foi pedido que a igreja não divulgue mais orientações sobre a forma de tratar "ex-fiéis" com discriminação. Por meio de seu porta-voz, Walter Freoa, a igreja Testemunhas de Jeová afirmou que não se manifestaria.

Fonte:http://www.jneweb.com.br/
Postado em 31 de julho de 2011

Mulher cristã é forçada a se casar com homem muçulmano

Mulher cristã





Farah Hatim, 24 anos, foi sequestrada e ameaçada


Farah Hatim, 24 anos, moradora de Rahim Yar Khan, uma cidade no sul de Punjab, no Paquistão, foi supostamente sequestrada em 8 de maio de 2011 por muçulmanos e seus irmãos, que a forçaram a se converter ao islamismo e depois a se casar com um muçulmano.

Agora, uma organização paquistanesa de direitos humanos condenou o ato e exigiu que alguém tomasse alguma atitude, pois classificaram isso como uma “violação dos direitos humanos.”

A Comissão de Justiça e Paz está conduzindo o caso e, desde que tomou essa ação, houve reclamações de que a polícia estava ameaçando a família de Hatim e também o juiz da sessão, Khawaja Mir, que decidiu transferir o processo para o Supremo Tribunal, por ser uma questão muito delicada.

Durante o depoimento de Farah Hatim, o juiz perguntou se ela havia sido sequestrada e forçada a se casar com um muçulmano. Segundo uma testemunha, Hatim ficou alguns segundos em silêncio, chorou e respondeu que ela foi por livre e espontânea vontade.

Após a audiência, Farah teve permissão de ficar por alguns momentos com sua família, e mais tarde, o irmão dela disse: “Estou muito chocado com o que Farah disse no tribunal. Ela está sofrendo ameaças e agora todas as nossas esperanças se foram; esperávamos que ela voltasse para nós. Por que temos que enfrentar isso? Porque somos cristãos.”

De acordo com uma porta-voz da Comissão de Justiça e Paz, Farah tornou-se vítima de uma rede de prostituição. Seu ‘marido’ tentou forçá-la a se prostituir, enquanto ela era uma estudante na Zaid Sheikh Medical College, mas ela não aceitou.

“Por isso, ele decidiu se vingar. A decisão de Farah de não dizer a verdade é porque provavelmente ela está grávida e seria morta se tentasse voltar para casa. Mesmo se tivesse tomado a atitude correta e dito a verdade, seria rejeitada pela sociedade, pois foi sequestrada e estuprada. O medo da rejeição é outra razão possível.”

De acordo com o porta-voz, “milhares de meninas cristãs são sequestradas e forçadas a se casar no Paquistão. Estamos tentando lutar contra essa chaga que é o sequestro e esses casamentos forçados.”

O irmão mais velho de Farah disse, com lágrimas nos olhos: “Nós não queremos que isso aconteça com as outras meninas. Nós perdemos a nossa irmã e sabemos como ela se sente. A dor é inexplicável. Estamos insistindo porque somos minoria e exigimos que o governo não abandone as minorias“.


Fonte:http://www.jneweb.com.br/
Postado em 31 de julho de 2011

sábado, 30 de julho de 2011

Cristãos sofrem perseguição e fome

SOMÁLIA



SOMÁLIA (5º) - Tem sido amplamente divulgado na mídia que, como resultado da fome no leste da África, a Somália está enfrentando não só uma crise humanitária, mas também uma crise de direitos humanos.

Essa informação está contida em um relatório elaborado pela equipe de comunicação da Missão Portas Abertas do Reino Unido e acrescenta ainda que um grupo de insurgentes islâmicos, o Al-Shabab, principal organização armada de oposição ao governo da Somália, tem recrutado sistematicamente crianças menores de 15 anos como soldados.

O relatório observou também que o grupo está negando o acesso das crianças à educação, além de realizar muitos ataques a áreas indiscriminadas e densamente povoadas, que têm resultado na morte de adultos e crianças inocentes.

O Al-Shabab atualmente controla uma grande parte do Sul da Somália e tem como principais alvos os cristãos, que são, então, rotineiramente mortos. Sequestro e assassinatos de pessoas que trabalham em ONG’s também têm sido relatados.

Em seu depoimento, Nishan , 27 anos, de origem muçulmana e que ouviu pela primeira vez o evangelho em 1999, disse que, quando contou à sua família que havia se tornado um seguidor de Jesus, sua família o trancou em um quarto escuro por treze dias sem lhe dar comida.

Ele só foi libertado depois que sua mãe implorou ao seu pai que o libertasse do quarto. Agora ele é obrigado a ir à mesquita, mas ora a Jesus – ele e mais dezesseis cristãos secretos que se encontram ali.

Outro cristão secreto, Ahmed, disse: “Nós sabemos que quem é suspeito de ser cristão será torturado ou até morto, por isso nos encontramos secretamente. Temos realizado nossas orações nas mesquitas – às vezes à noite, às vezes de dia. Apesar disso estamos muito preocupados, pois muitos de nossos amigos foram mortos. Nós vivemos com medo.


Postado em 30 de julho de 2011

sexta-feira, 29 de julho de 2011

Homem é milagrosamente curado de infecção pulmonar

Igreja Indiana


ÍNDIA (32º) - Makul Pillai adorava a muitos deuses e deusas, mas seu espírito não se sentia satisfeito. Então ele adoeceu e estava sofrendo, com vários problemas respiratórios graves, por isso quis fazer pedidos aos seus deuses. Ao invés disso, sua família o levou ao hospital.

Ele foi diagnosticado com uma grave infecção pulmonar, que exigiria três dias de tratamento. Depois de ser dispensado do hospital, apesar de não estar curado, Makul percebeu que a Gospel For Asia estava fazendo trabalhos sociais na região em que morava. Makul, então, compartilhou a agonia de seus problemas de saúde com o missionário Siraj Rangan, que lhe disse que somente Jesus poderia tirar dele essa enfermidade.

Siraj, em seguida, orou por ele e convidou esse homem aflito a assistir a um culto da igreja. No domingo seguinte, ele viu Makul e sua família entrando na igreja e, com muito fervor, Siraj e os membros da igreja começaram a orar pela cura de Makul.

Até o momento em que as orações acabaram, a infecção que assolava os pulmões de Makul foi completamente eliminada. Quando Makul sentiu a cura, ele e sua família se alegraram muito e decidiram que iriam viver para esse Deus que o curou dessa infecção.

Hoje, Makul e sua família são membros ativos da igreja de Siraj.

Siraj é missionário desde 2004 e trabalha com pessoas que pertencem a uma tribo que vive na selva. Eles praticam magia negra e bruxaria, pois as têm como parte de sua religião tradicional.

No meio dessa escuridão espiritual, Siraj abriu uma igreja, que já tem 30 membros, tendo começado quatro projetos missionários em aldeias vizinhas, onde os crentes começaram a se reunir para orar regularmente.

Por sua fidelidade ao trabalho do Senhor, Siraj está sendo usado para compartilhar com as pessoas cada vez mais o amor do Senhor. Makul e sua família são o exemplo de que Deus tem transformado a vida dos moradores da região.


Postado em 29 de julho de 2011

Mulher cristã é forçada a se casar com homem muçulmano

Mesquita no Paquistão



PAQUISTÃO (11º) - Farah Hatim, 24 anos, moradora de Rahim Yar Khan, uma cidade no sul de Punjab, no Paquistão, foi supostamente sequestrada em 8 de maio de 2011 por muçulmanos e seus irmãos, que a forçaram a se converter ao islamismo e depois a se casar com um muçulmano.


Agora, uma organização paquistanesa de direitos humanos condenou o ato e exigiu que alguém tomasse alguma atitude, pois classificaram isso como uma “violação dos direitos humanos.”

A Comissão de Justiça e Paz está conduzindo o caso e, desde que tomou essa ação, houve reclamações de que a polícia estava ameaçando a família de Hatim e também o juiz da sessão, Khawaja Mir, que decidiu transferir o processo para o Supremo Tribunal, por ser uma questão muito delicada.

Durante o depoimento de Farah Hatim, o juiz perguntou se ela havia sido sequestrada e forçada a se casar com um muçulmano. Segundo uma testemunha, Hatim ficou alguns segundos em silêncio, chorou e respondeu que ela foi por livre e espontânea vontade.

Após a audiência, Farah teve permissão de ficar por alguns momentos com sua família, e mais tarde, o irmão dela disse: “Estou muito chocado com o que Farah disse no tribunal. Ela está sofrendo ameaças e agora todas as nossas esperanças se foram; esperávamos que ela voltasse para nós. Por que temos que enfrentar isso? Porque somos cristãos.”

De acordo com uma porta-voz da Comissão de Justiça e Paz, Farah tornou-se vítima de uma rede de prostituição. Seu ‘marido’ tentou forçá-la a se prostituir, enquanto ela era uma estudante na Zaid Sheikh Medical College, mas ela não aceitou.

“Por isso, ele decidiu se vingar. A decisão de Farah de não dizer a verdade é porque provavelmente ela está grávida e seria morta se tentasse voltar para casa. Mesmo se tivesse tomado a atitude correta e dito a verdade, seria rejeitada pela sociedade, pois foi sequestrada e estuprada. O medo da rejeição é outra razão possível.”

De acordo com o porta-voz, “milhares de meninas cristãs são sequestradas e forçadas a se casar no Paquistão. Estamos tentando lutar contra essa chaga que é o sequestro e esses casamentos forçados.”

O irmão mais velho de Farah disse, com lágrimas nos olhos: “Nós não queremos que isso aconteça com as outras meninas. Nós perdemos a nossa irmã e sabemos como ela se sente. A dor é inexplicável. Estamos insistindo porque somos minoria e exigimos que o governo não abandone as minorias. “


Postado em 29 de julho de 2011

Depois de anos de burocracia, cristãos reabrem sua igreja

Igreja em Adana


TURQUIA (30º) - Cristãos protestantes na província turca de Van conseguiram finalmente abrir uma igreja doméstica, depois de sete anos de luta contra as burocracias locais, mas eles ainda estão preocupados com a retórica hostil vinda dos funcionários locais.

“Eles nos veem como pessoas que enganam outras pessoas e acham que possuímos uma agenda secreta”, disse o ancião Vahit Yildiz ao jornal Hurriyet Daily. “Não é apenas o conceito de sermos ligados a missões, mas também pelo conceito do que é uma ‘igreja doméstica’”. Líderes dizem que sofrem preconceito pela visão errada que a sociedade tem deles.

Yildiz disse que sua congregação é composta por turcos, azeris, afegãos, curdos e iranianos, entre outras etnias. Ele disse que o desejo deles é poder cultuar livremente e fazer aquilo que acreditam ser verdade para eles. “Nossas portas estão abertas para quem quiser nos conhecer”, disse ele.

Yildiz disse também que líderes cristãos foram atacados e ameaçados no leste da Turquia.

“É surpreendente que esses incidentes tenham ocorrido no leste da Turquia”, disse Yildiz. “Por isso estamos sendo muito cuidadosos. O caminho está aberto para mais ataques, caso não haja punição para inibir tais atos contra os cristãos.”

Yildiz disse que tudo está funcionando no lugar certo, mas os cristãos continuarão realizando seus trabalhos em casas, devido às contínuas ameaças de ataques. “Estamos travando uma grande luta nesse sentido. Nosso verdadeiro propósito nesta luta é adotar a uma atitude aberta e transparente para ambos os governos locais, bem como para o nosso Estado.


Postado em 29 de julho de 2011

Mais da metade dos brasileiros são contra união gay, diz Ibope

Homossexualismo, uma preocupação contemporânea


Evangélicos são os brasileiros mais resistentes à união homoafetiva

Uma pesquisa do Ibope Inteligência divulgada hoje, 28,mostra que 55% dos brasileiros são contrários à decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que reconheceu a união de casais do mesmo sexo. O estudo, realizado entre os dias 14 e 18 de julho, identifica que as pessoas menos incomodadas com o tema são as mulheres, os mais jovens, os mais escolarizados e as classes mais altas.

Sobre a decisão do STF, 63% dos homens e 48% das mulheres são contra. Entre os jovens de 16 a 24 anos, 60% são favoráveis, enquanto 73% dos maiores de 50 anos são contrários. Considerando a escolaridade, 68% das pessoas com a quarta série do fundamental são contra a decisão, enquanto apenas 40% da população com nível superior compartilha a opinião.

Nas regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste, 60% são contra. Já no Sul a proporção cai para 54% e, no Sudeste, 51%. Questionados se aprovam a adoção de crianças por casais do mesmo sexo, a proporção de pessoas contrárias é a mesma dos que não querem a união gay: 55%.

Apesar da maioria contrária à união gay, a pesquisa revela que o brasileiro, de modo geral, é tolerante com homossexuais em seu cotidiano. Perguntados se se afastariam de um amigo caso ele revelasse ser homossexual, 73% disseram que não. A maioria também aprova totalmente que gays trabalhem no serviço público como policiais (59%), professores (61%) ou médicos (67%).

"Os dados mostram que, de uma maneira geral, o brasileiro não tem restrições em lidar com homossexuais no seu dia a dia, tais como profissionais ou amigos que se assumam homossexuais. Mas ainda se mostra resistente a medidas que possam denotar algum tipo de apoio da sociedade a essa questão, como o caso da institucionalização da união estável ou o direto à adoção de crianças", afirma Laure Castelnau, diretora do Ibope Inteligência.

EVANGÉLICOS

Brasileiros que se declaram protestantes ou evangélicos são o setor mais resistente na sociedade à união de casais do mesmo sexo. O segmento apresentou o maior percentual de pessoas contrárias à união - 77% contra 23% de favoráveis. A pesquisa ouviu 2.002 pessoas com mais de 16 anos em 142 municípios do País. A margem de erro é de dois pontos percentuais.


Fonte:http://www.jneweb.com.br/
Postado em
29 de julho de 2011

Militantes muçulmanos sequestram pastor no Iraque

muçulmanos


Ministério Voz dos Mártires pede oração pela liberação de Jamal

Um líder da igreja doméstica foi raptado por muçulmanos em Duhok, no Iraque, de acordo com um relatório da Voz dos Mártires, no Canadá. Uma jovem iraquiana disse recentemente que muçulmanos invadiram sua casa e levaram seu pai, Jamal.

Pastor Jamal têm raízes judaicas e fala árabe e curdo. Fontes do Ministério suspeitam que Jamal foi alvo de militantes por trabalhar com evangelismo de muçulmanos. Várias semanas atrás, a casa de um dos recém-convertidos, evangelizado por Jamal, foi pulverizada com fogo de metralhadora, e muitos temem que os militantes, possivelmente membros da Al-Qaeda, tenham o matado imediatamente.

"Em todo o Iraque, cristãos em ambientes de violência continuam a enfrentar a agonizante escolha de fugir de suas casas ou permanecer em um clima de medo e pressão. A maioria dos cristãos deixa o país ou tem sido forçada a sair de suas cidades de origem devido a contínuos ataques, e estima-se que menos da metade de um milhão de cristãos permanecem", diz um membro da Voz dos Mártires. Apesar das ameaças contra eles, centenas de cristãos iraquianos em Kirkuk comemoraram recentemente a abertura de uma nova igreja, a primeiro a ser construído em oito anos.

O Ministério está pedindo oração pela liberação de Jamal e o seu regresso a sua casa de forma segura, e que ele descanse no conhecimento de que o bom pastor está com ele através de seus sofrimentos, de acordo com o Salmo 23. Voz dos Mártires também pede oração para que Jamal e sua família permaneçam fiéis ao Senhor neste tempo de julgamento e que sua igreja doméstica continue a reforçar e a crescer, apesar da perseguição em curso.


Fonte:http://www.jneweb.com.br/
Postado em
29 de julho de 2011

As sementes da divisão

Pr. Napoleão de Castro É teólogo, pastor da igreja na cidade de Cacimbinhas e gosta muito de ensinar a Palavra de Deus


Ao consideramos a escritura mostrando a glória e a grandeza de Salomão e do seu reino, pode parecer-nos estranho o fato que, quando ele morreu, sua “casa” estava longe de ser forte. Parece que Roboão foi seu único filho; se houve outros as Escrituras não os mencionam, embora falem de duas filhas.

Assim que Roboão assumiu o trono, ficou evidente que ele carecia das qualidades de um verdadeiro líder, somando ao fato que as sementes da divisão do reino já tinham sido semeadas. Em II Crônicas, no capítulo 10, aprendemos que a insensatez de Roboão foi o que realmente causou a divisão, mas a responsabilidade total não pode ser colocada sobre ele.

O DESVIO DE SALOMÃO

O âmago da questão, sem dúvida, foi o desvio de Salomão dos caminhos do Senhor. Recordemos as palavras do Senhor em I Reis 11.11: “Visto que assim procedestes e não guardastes a minha aliança, nem os meus estatutos que te mandei, tirarei de ti este reino e o darei a teu servo”.

De acordo com as instruções em Deuteronômio 17.16,17, havia três coisas que o rei não devia multiplicar para si: “Não multiplicará para si cavalos, ...tampouco para si multiplicará mulheres, ...nem multiplicará muito para si prata ou ouro”. Que pena! Em seus últimos dias, Salomão falhou em todos estes quesitos.

Olhe para I Reis 10.28: “Os cavalos de Salomão vinham do Egito”. Acompanhe as várias referências ao ouro neste capítulo 11 e versículo 3, diz: “Tinha setecentas mulheres, princesas e trezentas concubinas; e suas mulheres lhe perverteram o coração”. Alguém já disse: “Cuidado na barra de saia e na barra de ouro”. Isto quer dizer: “Tenha cuidado com mulheres e com o poder”.

Embora o Senhor Deus de Israel lhe tivesse aparecido duas vezes, infelizmente ele se voltou para os deuses dos sidôneos, dos moabitas e dos amonitas. Deveríamos dar muita atenção a nossas afeições, interesses e associações para que não embarquemos, como Salomão fez, num caminho que nos levará para longe do Senhor e sermos divisão entre o seu povo. Deixaremos que o leitor considere as situações que têm este potencial.

O DESEJO DE JEROBOÃO

Enquanto a direção da vida de Salomão estava em declínio, havia uma outra figura chave destes eventos em ascendência. Jeroboão era um servo de Salomão que tinha sido promovido a uma posição de autoridade (I Reis 11.26,28).

Vamos considerar o caráter deste homem, pois as Escrituras nos sugerem pelo menos três características dele: laborioso, ambicioso e inescrupuloso. Quando há um homem com estas características só é necessário haver uma oportunidade adequada para que ele se projete.

Sabemos que era intenção de Deus dar o governo das dez tribos de Israel para Jeroboão, mas é óbvio que isto não justifica sua rebelião contra Salomão (11.26). Ou sua conduta desviando o povo (12.30).

Jeroboão era um homem trabalhador, de fato; esta foi a razão para sua promoção (11.28). As palavras de Aías ditas a ele: “Reinarás sobre tudo que desejar a tua alma e serás rei sobre Israel” (11.37) indicam que, mesmo antes do profeta se encontrar com ele, Jeroboão já ambicionava ser rei. Então, ao examinar mais adiante sua história, vemos sua total falta de escrúpulos sob a pretensão de ser o campeão na escolha do povo; cativando seu coração, ele rejeitou o que era de Deus em favor de seus próprios planos e tudo com a intenção de garantir o reino para si (12,26-33). Salomão se desviou do Senhor, mas, no seu rasto, havia um homem ambicioso esperando sua oportunidade.

Em um cenário diferente, Paulo alerta os santos a “notar” e “se afastar” de homens com o caráter de Jeroboão (Romanos 16.17,18).

DESCONTENTAMENTO DO POVO

Tal vez o resultado direto do declínio da liderança de Salomão, certamente providenciando uma oportunidade para Jeroboão, foi o descontentamento dos filhos de Israel. Em 1 Reis 12.1-4 todo o povo tinha vindo a Siquém para fazer Roboão rei. E Jeroboão tinha sido chamado pelo povo, presumidamente para ser seu porta-voz e fazer com que sua queixa fosse ouvida: “Seu pai fez pesado o nosso jugo”. Qualquer que fosse o motivo de sua missão(comentaristas variam em suas sugestões), o povo exigia mudanças.

Este descontentamento se espalha rapidamente. Lembramos da conduta de Israel no deserto (Exodo 16.1-2). Mas se este descontentamento for tratado com sabedoria, pode ser contido e a divisão prevenida, como vemos nos acontecimento de Atos 6.1-7. Entretanto, onde há falta de sabedoria, as consequências são desastrosas.

Quem poderia estimar o dano que houve no passado para o testemunho de algumas congregações pela falha de alguns santos em considerar a exortação do apóstolo: “Nem murmureis” (I Coríntios 10.10).

A DEFICIÊNCIA DE ROBOÃO

As sementes para divisão já tinha sido plantadas, mas foi a insensatez de Roboão que as fez frutificar. Será que Salomão tinha dúvidas quanto à idoneidade de Roboão para reinar (Eclesiastes 2.18,19)? Certamente Abías, filho de Roboão, contou com o benefício da percepção tardia da inexperiência de seu pai ( II Crônicas 13.7).

Devemos notar que, quando todo o Israel veio a Siquém, foi para fazer Roboão rei. Em segundo lugar, a queixa do povo não era contra Roboão, mas contra seu pai. Em terceiro lugar, eles prometeram que, se Roboão os atendesse, eles o serviriam (I Reis 12.1-4). Como Roboão respondeu? Ele foi precavido e pediu conselho (vv.5 e 6), mas não ao Senhor. O conselho dos homens idosos (v. 7) reflitia o ensino de Salomão em Provérbios 15.1: “A resposta branda desvia o furor”, mas foi rejeitado e, em vez disto, Roboão deu ouvidos às palavras dos jovens. Novamente Salomão já tinha avisado: “Como o abrir-se da represa, assim é o começo da contenda; desiste, pois, antes que haja rixa”; mas, ignorando tais conselhos, Roboão respondeu duramente ao povo. Eles responderam da mesma maneira e aconteceu a divisão do reino (I Reis 12.6-16).

Poucas coisas contribuem mais para o desastre do que um homem numa posição de autoridade que traz uma carência tanto de habilidade como de experiência. Sem dúvida, nossos pensamentos nos levam para I Timóteo 3.2: “é necessário...” e para Tito 1.7: “... é indispensável...”, onde Paulo mostra que as qualificações que se seguem não são opcionais, mas essenciais.

Relembrando-os, notamos que o primeiro e o quarto compreendem a falha da liderança. Se não houvesse o desvio de Salomão ou a deficiência de Roboão, haveria pouco ou nenhum espaço para o povo ficar descontente e nem oportunidade para os desejos de Jeroboão se realizarem.

As condições atuais entre o povo de Deus são: muitas congregações ou campos estão marcadas pelas fraquezas dos seus pastores; outras estão sofrendo o golpe da divisão; outras, estão sendo lideradas por ditadores "eclesiásticos". Enfim, tudo aponta para uma carência de liderança divina e uma séria deficiência entre nós.

Com certeza, é necessário um exercício profundo de coração, humildade e confissão perante Deus da parte de todos os que desejam ver as igrejas punindo os divisores só assim veremos igrejas unidas no combate a erradicação das sementes da divisão.

Estudo ministrado para os auxiliares da Assembleia de Deus em Cacimbinhas-AL


Fonte:http://www.jneweb.com.br/
Postado em
29 de julho de 2011

IBGE| Mais velhos e mais ricos comem mais salada no Brasil

Salada


Consumo de biscoitos, um dos vilões da dieta saudável, foi bem maior entre adolescentes

Os brasileiros mais velhos comem mais salada do que os mais jovens, de acordo com a Pesquisa de Orçamentos Familiares do IBGE, divulgada hoje, 28, pelo instituto. Já consumo de biscoitos recheados, um dos vilões de uma dieta saudável, foi bem maior entre adolescentes do que entre adultos e idosos.

Mais de 90% dos brasileiros consomem menos frutas, legumes e verduras do que o recomendado pelo Ministério da Saúde. O levantamento mostra que os alimentos mais comuns na mesa dos brasileiros de todas as classes, regiões e idades são café, feijão, arroz, sucos, refrigerantes e carnes bovinas.

O problema, no entanto, com exceção dos refrigerantes, não está neste grupo, mas em outros alimentos que têm sido mais consumidos, como biscoitos recheados, salgadinhos, pizzas, doces e outros de altos teores calóricos e baixos nutritivos.

Por causa desta dieta de baixa qualidade, o percentual de brasileiros com níveis altos de inadequação de consumo de diversos nutrientes é alto para quase todos eles. O consumo de fibras ficou abaixo do recomendado para 68% dos brasileiros. Já no caso de açúcares e gorduras saturadas, o consumo é em excesso, respectivamente, entre 61% e 82% da população.

A má alimentação do brasileiro se reflete também na baixa ingestão de algumas vitaminas, abaixo dos níveis recomendados. Praticamente todos os brasileiros consomem menos vitaminas D e E do que o recomendado, pois a proporção de inadequação neste caso é superior a 98% independente da idade ou sexo. A falta de vitamina A também é um problema, pois a proporção de inadequação deste nutriente varia entre 63% entre meninas de 10 a 13 anos a 82% entre homens de 14 a 18.

A comparação por região permite também identificar diferentes hábitos alimentares. Ninguém supera os nortistas, por exemplo, no consumo de peixe, farinha e açaí. No Sul, o destaque é o chá. No Centro-Oeste, brasileiros reportaram o maior consumo de carne bovina.

No Sudeste, a batata-inglesa é mais presente no cardápio do que em qualquer outra região. Por fim, nordestinos apresentaram o maior consumo de milho entre todos os pesquisados.


Fonte:http://www.jneweb.com.br/
Postado em
29 de julho de 2011

SERVIÇO| Paulista procura parentes em Alagoas

Procura-se


Nome de seu pai é José Viana de Lima e o do avô João Vianna de Lima

Dalercio Viana de Lima procura parentes em Alagoas. Ele conta por e-mail que seu pai deixou o Estado para morar em São Paulo e morreu pouco tempo depois. Portanto, Dalercio não teve a a oportunidade de conhecer os parentes alagoanos. O nome de seu pai é José Viana de Lima e o do seu avô João Vianna de Lima.

Qualquer informação, entrar em contato com Dalercio pelo e-mail: dalercio.viana@torrecorretora.com.br ou pelos telefones (11) 9953.6570 / 2842.9670.



Fonte:http://www.jneweb.com.br/
Postado em
29 de julho de 2011

quinta-feira, 28 de julho de 2011

Pastor é novamente preso após repressão do governo

Igreja não registrada em Nanyang, China

CHINA (16º) - O pastor Enhao Shi, vice-presidente da Igreja Chinesa Casa da Aliança (CHCA), foi condenado na cidade de Suqian a 2 anos de reeducação através do trabalho forçado. Durante meses, a China tem começado a implementar uma rigorosa repressão contra as igrejas domésticas.

O pastor Shi foi preso em 31 de março e detido por 12 dias. Ele foi preso novamente em 21 de junho, como “supeito de utilizar a superstição para minar a aplicação da lei”, o que é considerado um crime sério na China. Mas a sentença lhe foi imposta administramente, sem julgamento nem assistência de um advogado.

A CHCA é uma grande “igreja doméstica” na China, com milhares de membros. Nos últimos meses, a segurança pública ordenou que a igreja suspendesse todos os tipos de reuniões e confiscou veículos, equipamentos musicais e quase todos os dízimos. A polícia também ameaçou as três filhas do pastor e seus maridos.

Na China existem mais cristãos protestantes não oficiais (80 milhões) do que membros do Movimento das Três Autonomias (20 milhões). Para que a situação não saia do controle e se torne algo grande demais, há quase quatro anos o governo lançou uma campanha para eliminar as comunidades religiosas clandestinas ou uni-las às comunidades registradas pelo governo.

A série de prisões de cristãos protestantes coincide com uma série de detenções de militantes democráticos e advogados de direitos humanos.

O governo teme que qualquer movimento não controlado pelo partido Comunista possa provocar revoltas semelhantes às que estão acontecendo no Norte da África e no Oriente Médio.

Esse medo aumentou ainda mais pelo fato de muitos ativistas que defendiam os direitos humanos terem se convertido ao cristianismo.


Postado em 28 de julho de 2011

Governo cria lei contra a perseguição religiosa

Igreja em Adana


TURQUIA (30º) - Depois de anos de discriminação e perseguição religiosa, a comissão dos Estados Unidos dos Assuntos Internos da Turquia votou pela adoção de uma emenda que visa acabar com a opressão que a minoria cristã do país vem sofrendo.

A votação da emenda 43-1, que acrescentou um seguro “retorno” para as igrejas fazerem suas atividades, e o Departamento Estadual de Negócios Estrangeiros autorizou lei que dará maior proteção para os cidadãos cristãos.

Armênios, gregos e outros povos que moram na região serão os grupos mais beneficamente afetados, pois reconhecem que recebem maus tratos por praticar o cristianismo na Turquia.

A força maior, que movimentou tudo para que essa emenda fosse aprovada, foi o apoio do político republicano da Califórnia, Ed Royce, segundo o qual é importante reconhecer que foram cometidos erros contra os cristãos na Turquia.

“As minorias religiosas estão sob grave ameaça na Turquia hoje”, disse Royce. “Ao invés de beneficiar-se juridicamente, muitos grupos religiosos minoritários estão vulneráveis e não têm acesso a auxílio jurídico.”

Ken Hachikian, presidente do Comitê Nacional Armênio da América, disse que a votação no comitê do Congresso foi um grande passo na direção certa para os cristãos que residem na Turquia.

“Ganhamos esta luta, que desmascara os anos de mentira em que a Turquia dizia ser tolerante”, disse Hachikian, de acordo com a CNN-Turquia.

O arcebispo Vicken Aykazian estava presente quando o comitê do Congresso votou a favor da emenda. Ele se expressou quanto à importância da aprovação da emenda: “Este é um voto de justiça contra a injustiça. Espero que este seja o primeiro de muitos passos, no sentido de preservar a fé cristã na Turquia.


Postado em 28 de julho de 2011

Pastores são presos no norte do país

Cristãos laosianos se arriscam para estudar a Palavra


LAOS (10º) - Autoridades de uma aldeia no norte do Laos ordenaram que todos os moradores cristãos da região parassem de participar das reuniões nas igrejas domésticas, após a detenção de quatro cristãos, em 10 de julho, disseram ativistas dos direitos humanos.

Também em 10 de julho, a polícia prendeu um cristão na província de Luang Prabang, ordenando-lhe que abandonasse sua fé ou teria de enfrentar a prisão, de acordo com um comunicado de um grupo de defesa dos direitos humanos no Laos.

Na província de Luang Namtha, o pastor Seong Aroun e outros três cristãos da igreja da vila Sounya, identificados como Souchiad, Naikwang e Kofa, estavam se reunindo para a realização de um culto na casa de Kofa, no domingo (10 de julho). Kofa estava pedindo conselho a eles para resolver o problema de seu carro, que teve um acidente e teria causado a morte de uma pessoa.

Após a reunião, as autoridades provinciais prenderam os quatro homens e os mantiveram presos. Em 13 de julho eles libertaram todos, mas o Pastor Aroun permanece na prisão até o momento.

Cristãos na vila Sounya enfrentam a oposição das autoridades desde que houve a conversão inicial de cerca de 400 moradores, em 2002. Desde então, a polícia realizou três ondas de detenções de líderes da igreja principal. Em 2009, dois caminhões de policiais e militares derrubaram o templo da igreja de Sounya e as autoridades proibiram que eles se reunissem.

Em 2010, os cristãos começaram a se encontrar ocasionalmente em pequenos grupos. Em janeiro, eles conseguiram se reunir em casas particulares para realizar o culto de domingo, segundo relatos. Isso após as limitações a eles serem removidas.


Postado em 28 de julho de 2011

Despedida do Ev. Edson Antônio da AD em Gama Lins traz comoção

Despedida do pastor Edson


Ev. Edson Antônio tomou posse no campo em Branca, cidade de Atalaia

No 17 de julho, o Ev. Edson Antônio e família se despediram da Assembleia de Deus em Gama Lins, após sete anos e oito meses dirigindo a congregação, que teve o templo inaugurado no dia 13 de junho deste ano, o culto foi marcado pela emoção.

Os dirigentes de órgãos e professores da Escola Bíblica prestaram homenagens, que comoveram tanto a família como a igreja. Um dos momentos marcantes do culto foi quando a adolescente Rebbeca Laís (filha do Ev. Edson) homenageou a igreja em que cresceu cantando o hino Impossível de esquecer, da Eyshila.

O Ev. Edson Antônio tomou posse no campo em Branca, cidade de Atalaia, no dia 18 de julho.












Fonte:http://www.jneweb.com.br/
Postado em
28 de julho de 2011

Crepúsculo transforma adolescentes em "vampiros", diz estudo

Crepúsculo


Pesquisa foi publicada na revista especializada Psychological Science

Matéria publicada pela Folha Online hoje mostra quão prejudicial estão sendo alguns filmes em cartaz nas telonas. Se você é leitor assíduo da saga Crepúsculo, cuidado para não acabar se envolvendo demais com a trama e achar que virou um vampiro. Segundo um estudo intitulado Tornando-se um vampiro sem ser mordido, algumas narrativas podem levar os pessoas a se tornarem parte do coletivo que está sendo descrito nos livros que estão lendo. A pesquisa foi publicada na revista especializada Psychological Science.

Para provar a tese, pesquisadoras da State University of New York, em Buffalo, dividiram 140 estudantes de 19 anos para lerem passagens de livros do bruxinho Harry Potter e da saga Crepúsculo. Após a leitura, eles tiveram de responder com quais palavras se identificavam de uma lista com coisas associadas à magia, como "poção", e às histórias de vampiros, como "sangue". Eles também tiveram de avaliar questões como "O quão afiados são seus dentes?" ou "Você acha que conseguiria mover um objeto apenas com o poder da mente?", entre outros aspectos.

Os resultados apontam que os leitores de livros de Harry Potter tendem a se ver como bruxos, enquanto os que leram "Crepúsculo" associam eles mesmos a vampiros. Para as pesquisadoras, esse tipo de assimilação da história ocorre por causa da necessidade que as pessoas têm de se sentir parte de um grupo, no caso o dos bruxinhos ou o dos vampiros. Portanto, da próxima vez que for escolher um livro, preste atenção para não acabar se transformando em bruxo, vampiro ou coisa pior.


Fonte:http://www.jneweb.com.br/
Postado em
28 de julho de 2011

Arqueólogos acham túmulo do apóstolo Filipe

Apóstolo Filipe


Túmulo teria sido encontrado na cidade turca de Pamukkale

Uma equipe de arqueólogos dirigida pelo italiano Francesco d'Andria afirmou ter encontrado na cidade turca de Pamukkale, antiga Hierápolis (oeste), o túmulo de São Filipe, um dos doze apóstolos de Jesus, informou nesta quarta-feira a agência Anatólia.

"Tentamos encontrar há anos o túmulo de São Filipe. Finalmente a encontramos entre os escombros de uma igreja que escavamos há cerca de um mês", explicou o arqueólogo, acrescentando que a tumba ainda não foi aberta. "Um dia será aberta, sem dúvida. Esta descoberta é de grande importância para a arqueologia e o mundo cristão", afirmou ainda.

Originário da Galiléia, atual Israel, Filipe foi um dos discípulos de Cristo. Teria viajado para evangelizar as regiões da Ásia Menor, teria sido lapidado e depois crucificado pelos romanos em Hierápolis, na Frígia. A atual Pamukkale é um local turístico conhecido por suas águas termais, suas rochas sedimentares e sua pedra calcárea branca, de onde vem o nome da cidade, que significa em turco "castelo de algodão".


Fonte:http://www.jneweb.com.br/
Postado em
28 de julho de 2011

Morre aos 90 anos o teólogo britânico John Stott

John Stott


Era considerado um dos maiores teólogos e líderes do século XX

Faleceu hoje, na Inglaterra, aos exatos 90 anos e três meses de vida, um dos maiores teólogos evangélicos do século 20, o anglicano John Robert Walmsley Stott, mais conhecido como John Stott. Stott nasceu em 27 de abril de 1921, em Londres, capital inglesa, filho de Sir Arnold Stott e Emily Stott. Seu pai era agnóstico e sua mãe, luterana, mas que congregava na Igreja da Inglaterra. Em 1938, aos 17 anos, ao ouvir em sua escola um sermão do reverendo Eric Nash, tomou sua decisão para Cristo. Nash foi quem o discipulou.

Stott estudou Línguas Modernas e Teologia em Cambridge, graduando-se com louvor em Francês e Teologia, após o qual foi ordenado ministro pela Igreja Anglicana. Em pouco tempo, destacou-se como um dos maiores líderes cristãos de seu tempo, principalmente depois de liderar, juntamente com o evangelista batista norte-americano Billy Graham, a célebre Conferência de Lausanne, em 1974, que reuniu as principais lideranças protestantes no mundo e influenciou inúmeros líderes cristãos ao redor do globo. Ele foi um dos principais autores do Pacto Lausanne, em 1974.

Em 2005, a revista Time classificou Stott entre as 100 pessoas mais influentes no mundo, e em novembro de 2004, o colunista David Brooks, do jornal The New York Times, disse sobre ele: “Se os evangélicos pudessem eleger um papa, Stott é a pessoa que eles escolheriam”. Billy Graham o considerava “o clérigo mais respeitado do mundo”.

Stott escreveu mais de 50 livros, traduzidos para dezenas de línguas, inclusive coreano e chinês. Suas obras mais populares, que se tornaram best-sellers, são Cristianismo Equilibrado, publicado no Brasil pela CPAD; e A Cruz de Cristo. Outras obras: Cristianismo Básico, Crer é Também Pensar, Porque Sou Cristão, Eu Creio na Pregação, Firmados na Fé, Entenda a Bíblia, Cristianismo Autêntico, O Perfil do Pregador, Ouça o Espírito, ouça o mundo.



Fonte:http://www.jneweb.com.br/
Postado em
28 de julho de 2011

terça-feira, 26 de julho de 2011

Ataques a igrejas deixam vítimas

NIGÉRIA


NIGÉRIA (23º) - São 5h30 da manhã do dia 16 de junho. Antes que a família Nangor possa se reunir para suas devoções habituais, Dangtim tem que preparar bastante água para ele e sua grande família, para o dia. Sendo um guarda de trânsito, um dia atarefado aguarda Dangtim Nangor. Depois de tomar café da manhã, ele cumprimenta Rita, sua esposa, e seus dez filhos. "Eu te amo muito", declara a cada um antes de sair para o trabalho.

Mal sabiam Rita e seus filhos que nunca mais o veriam na terra ou ouviriam tais palavras do chefe de sua família.

Membros do Boko Haram têm conspirado para matar o Inspetor Geral da polícia, Hafiz Ringim, na sede da polícia em Abuja. Dangtim Nangor estava trabalhando no mesmo quarteirão.

Um ataque premeditado contra a vida do Inspetor Hafiz Ringim foi encomendado, depois que ele, durante a sua chamada a Maiduguri, pronunciou que os dias de Boko Haram estavam contados. O anúncio feito pelo chefe da polícia agravou a ira dos membros da seita, o que resultou no envio de um bombista suicida à sede da polícia. Esse ato seria a forma de mostrar quão despreparado o seu movimento militante estava.

Conduzindo um veículo particular, o suicida Mohammed Manga seguia o comboio do chefe de polícia, que ia em direção à sede, em Louis Edet. Na chegada, Dangtim estava posicionado na entrada da estação, aguardando o comboio. Nesse momento, ele percebeu o veículo civil, no final da linha.

Dangtim se aproximou do veículo e ordenou ao motorista que saísse do carro para ser interrogado. Apenas segundos depois de Dangtim ter abordado o cidadão aparentemente inocente, a bomba explodiu. A explosão devastadora consumiu 72 veículos no total e reivindicou seis vidas, incluindo a de Dangtim Nangor.

O telefonema para a residência Nangor, que mudaria a face do destino para esta família para sempre, é um que Rita gostaria de nunca ter tido de atender.

"Eu não podia acreditar no que meus ouvidos ouviram naquele dia fatídico. Eu estava trabalhando a terra em nossa fazenda, quando meu telefone tocou. A voz sinistra do outro lado me chamou para voltar para casa imediatamente. Corri para casa e encontrei uma pequena multidão à minha porta. A expressão em seus rostos comunicava mensagens confusas, mas eu sabia. Era evidente a mensagem trazida. No início, ninguém reuniu coragem suficiente para me dar a notícia, mas meu pastor falou as palavras da forma mais gentil possível, desejando não ser o mensageiro naquele dia trágico."

O funeral foi no sábado, dia 2 de julho. Representantes da Portas Abertas estavam presentes. A presença de pastores e outros cristãos era grande e falou mais alto do que qualquer lembrança de sermão. Durante toda a cerimônia, as mulheres e as crianças derramaram lágrimas, mas foi o som desolado e perceptível de Rita e os soluços de seus filhos que fizeram do enterro um processo doloroso de suportar. O cadáver irreconhecível de Dangtim foi enterrado na aldeia Yashi, situada em Langtang, área do Estado de Plateau.

Qualquer tentativa para aliviar a dor da viúva parecia insuficiente. Era como se não existissem palavras adequadas para confortá-la. A confusão era imensa no coração de Rita, pois naquele dia deu seu último olhar ao marido, antes de seu sepultamento.

"A forma como o meu marido morreu foi horrível e trágica e permanecerá na minha mente. Só estou orando para que Deus me conforte e aos nossos filhos, porque só Ele é capaz de fazê-lo", foram as palavras de Rita.

Os representantes da Portas Abertas tiveram um tempo de oração com a família, confiando em Deus para restaurar a família e para trazer a cura aos seus corações e mentes. A Portas Abertas está em contato com a família Nangor, dando-lhes assistência espiritual e apoio financeiro.

"Oro para que Deus trabalhe nos corações daqueles que têm planos malignos contra as pessoas na Nigéria, para que cheguem ao conhecimento salvífico de Jesus Cristo. Continuarei confiando no Senhor para me ajudar e às crianças. Ele saberá como preencher o vácuo deixado pela morte de Dangtim", afirma Rita.


Postado em 26 de julho de 2011

Muçulmanos são condenados por assassinato de cristão

Mesquita no Paquistão


PAQUISTÃO (11º) - Três muçulmanos foram condenados pela morte de um cristão em Punjab, no Paquistão. Eles mataram o cristão por ele se recusar a se converter ao islamismo no ano passado e foram sentenciados à prisão perpétua.

Sessões do Tribunal em Mian Channu, em 7 de julho, condenaram Ghulam Rasool, Amjad Iqbal e Kashir Saleem por matar Rasheed Masih em 9 de março de 2010, tendo sido condenados à prisão perpétua, que no Paquistão é o mesmo que 25 anos. O tribunal também condenou cada um a pagar cerca de 100 mil rúpias (1.153 dólares americanos) à família de Masih.

“O tratamento que a polícia apresentou ao investigar o caso foi cruel. No entanto, os extensos trabalhos da nossa equipe de advogados no Paquistão e nos Estados Unidos resultaram na condenação dos três acusados,” disse Asif Aqeel, diretor da base do Paquistão do Centro Europeu para Direitos e Justiça (ECLJ).

A família de Masih disse que está agradecida pelo empenho dos advogados da ECLJ, que auxiliaram o tribunal a tomar a decisão correta neste caso.

Segundo o irmão da vítima, Aqeel disse que os empresários muçulmanos estavam com inveja do sucesso comercial de Rasheed Masih como comerciante de batatas em Mian Channu, porque ele era cristão.

Quando a vítima, de 36 anos, se encontrou com os acusados em sua casa para discutir negócios, em março de 2010, perguntaram-lhe se ele ia se converter ao islamismo. Quando ele deu a resposta negativa, os quatro muçulmanos o espancaram até a morte com barras de ferro.

O reverendo Iqbal Masih, da Igreja Paroquial em Mian Channu, disse à Compass que Masih e seu irmão eram cristãos devotos e que ambos haviam se recusado a se converter ao islamismo.


Postado em 26 de julho de 2011

Líder cristão é novamente preso

Saigon, no Vietnã


VIETNÃ (18º) - O padre Nguyen Van Ly, sacerdote e membro fundador do “Bloco 8406”, um movimento que exige o fim de um único partido no Vietnã, foi preso novamente.

Preso em 2007, com uma sentença de oito anos, ele foi libertado no ano passado por causa de seu grave estado de saúde. Ontem, conforme relatado por Phan Van Loi Pai, a polícia foi para Nha Chung, escritório do bispo de Hue, onde o padre estava vivendo antes de o prenderem.

Os agentes da polícia o tinham trazido em uma ambulância, pois o líder cristão já havia sofrido vários derrames nos últimos anos, que o deixaram parcialmente paralisado.

Com a saúde precária do padre, grupos de direitos humanos e os governos dos EUA e da União Europeia estão se movimentando para que as autoridades vietnamitas suspendam o mandado de prisão contra Van Ly.

Desde sua prisão domiciliar, Van Ly tinha começado a enviar denúncias por escrito, contando que estava sofrendo e sendo vítima de graves violações dos direitos humanos, praticadas pelo Partido Comunista do Vietnã e do governo vietnamita.

Em março, a polícia se reuniu junto com o padre Lyn para ver se ele tinha condições de voltar para prisão, por causa de seu estado físico. Então, o padre Ly foi novamente levado à prisão em Ha Nam, no distrito de Kim Bang.


Postado em 26 de julho de 2011

Duplo atentado deixa 76 mortos na Noruega; atirador cita Brasil em carta

Norueguês Anders Behring Breivik, autor do massacre


Homenagem a vítimas de ataques leva mais de 150 mil às ruas de Oslo

Mais de 150 mil pessoas foram às ruas de Oslo, capital da Noruega, nesta segunda-feira (25), para homenagear as vítimas dos ataques de sexta-feira. A estimativa foi feita pela polícia da capital norueguesa. O duplo atentado fez 76 mortos, segundo balanço divulgado pela polícia. A maioria dos participantes levava rosas. As ruas foram fechadas para a circulação para esta manifestação, batizada de "A marcha das flores".

O norueguês Anders Behring Breivik, de 32 anos, assumiu os fatos diante de um tribunal nesta segunda-feira, mas negou-se a se declarar culpado. Ele também disse que teve colaboração de "duas células" no ataque, mas o tribunal não deu detalhes sobre isso. As autoridades afirmaram que "não descartam a hipótese" de que ele teve cúmplices. No dia anterior, Breivik já havia assumido os atentados perante a polícia. O tribunal de Oslo decretou a prisão preventiva de Breivik por oito semanas, quatro delas em regime de confinamento. Há a possibilidade de que a prisão seja prorrogada.

Brasil

A política de estabelecer uma mistura de raças europeias, asiáticas e africanas em países como o Brasil se provou “catastrófica” e resultou em altos níveis de corrupção, baixa produtividade e conflitos entre as diferentes culturas. A teoria sobre o país está numa das páginas do manifesto atribuído a Andrew Behring Breivik. Para o autor do documento, que tem ligações com a extrema-direita norueguesa, o “Brasil vem se estabelecendo como o segundo país do mundo com o menor nível de igualdade social". O texto não cita qual seria o primeiro.

“Os resultados são evidentes e se manifestam num alto nível de corrupção, falta de produtividade e um eterno conflito entre várias ‘culturas’ competindo, enquanto a miríade de ‘sub-tribos’ criadas (preto, mulato, mestiço, branco) paralisa qualquer esperança de sequer alcançar o mesmo nível de produtividade e igualdade de, por exemplo, Escandinávia, Alemanha, Coreia do Sul e Japão”, diz o texto do terrorista de extrema-direita na página 1.153.

Observando a falta de igualdade social no Brasil e a média de produtividade do brasileiro, continua o texto, “é evidente que uma abordagem similar na Europa seria devastadora e um atraso para as nações (...)”. Intitulado “A European Declaration of Independence - 2083" (Uma declaração de Independência Europeia - 2083), o manifesto, que leva a assinatura "Andrew Berwick" na capa, foi publicado na internet apenas horas antes do massacre no país. Com várias referências históricas, o manifesto inclui numerosos detalhes da personalidade do agressor, seu modus operandi para fabricar bombas e seu treinamento de tiro, além de um minucioso diário dos três meses que precederam o ataque.

As afirmações que relacionam raça e produtividades estão no trecho em que o autor trata das “razões por trás da oposição conservador à mistura de raças e adoção de não-europeus”. Em outro trecho, na página 1.161, o texto volta a citar o Brasil como exemplo de desigualdade social. “(...) Um país que tem culturas que competem entre si vai acabar se dividindo internamente ou, a longo prazo, vai terminar como um lugar permanentemente disfuncional como o Brasil e outros países semelhantes”, diz. “Quando você acrescenta o Islã a esta mistura, o pior cenário muda de um país disfuncional para o fracasso total; a sharia [lei islâmica] e disputa entre povos”.

Há pelo menos 12 referências aos termos “Brasil” ou “brasileiro” no documento, nem todas com o mesmo teor. No trecho em que trata sobre a fabricação de bombas, o autor cita o acidente radioativo com o césio 137 em Goiânia, que deixou centenas de mortos em 1987. “Seja extremamente cuidadoso quando lidar com material radiológico”, alerta na página 1.060.

Na página 1.287, o texto cita o Brasil em meio a países que se tornaram independentes com “golpes de estado sanguinários”. “Em 1889, o Brasil se tornou uma república via um golpe de estado sanguinário.” Em outra menção, o país está numa lista de nações que sofreram intervenções dos Estados Unidos. A anotação cita o ano de 1964 ao lado de “Acesso do comunismo a recursos e trabalhadores pobres”.



Fonte:http://www.jneweb.com.br/
Postado em
26 de julho de 2011

Presidente Dilma vem a Alagoas pela 1ª vez e anuncia programas federais

Dilma cumprimenta funcionários da Cooperativa Agropecuária de Campo Grande, em Arapiraca-AL


Rousseff afirmou ainda que a dívida do Estado poderá ser renegociada

Poucos minutos depois de desembarcar em Alagoas nesta segunda-feira (25), a presidente Dilma Rousseff (PT) afirmou que a dívida do Estado com a União poderá ser renegociada. A presidente concedeu entrevista para o repórter Carlos Miranda, da Rádio Gazetaweb, onde comentou o endividamento do Estado e revelou detalhes sobre os dois programas federais que serão lançados em Arapiraca para combater a miséria no Brasil.

Rousseff afirmou que Alagoas tem, proporcionalmente, a maior dívida do País e que isso compromete investimentos em áreas consideradas essenciais. A presidente explicou que o governo Federal tenta fazer a rolagem da dívida para um prazo maior e com juros menores, o que aumentaria o poder de investimento do governo de Alagoas, mas ressaltou que é necessário respeitar os limites impostos pela Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF).

“O governo Federal reconhece que a dívida de Alagoas é elevada, assim como reconhece que o estado enfrenta grandes problemas sociais. A renegociação da dívida poderia minimizar estes problemas. O governador Teotonio Vilela tem procurado, sistematicamente, a União em busca desta renegociação. Nós entendemos a preocupação e tentaremos atender ao pleito, respeitando os limites da Lei”, informou a presidente à Rádio Gazetaweb.

PROGRAMAS FEDERAIS

A presidente afirmou que a visita dela a Alagoas reforça o compromisso da União com o Nordeste e ressaltou que é preciso investir no desenvolvimento da região para que o País cresça. “Os dois programas que lançaremos em Arapiraca têm esse objetivo. Mas é importante que o Estado e os municípios apresentem projetos de desenvolvimento que possam ter continuidade em parceria com o governo Federal. É necessário um trabalho conjunto”.

Rousseff explicou que há uma parte do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) específica para abastecimento de água e que, em Alagoas, as obras do Canal do Sertão estão com o cronograma dentro do esperado. “O Canal do Sertão começou a ser construído há cerca de 40 anos e nunca foi concluído. Mas, graças a recursos federais, a obra teve a primeira etapa finalizada e a segunda está dentro do prazo esperado pelo governo”, observou.

A presidente explicou que, além de levar água às regiões mais pobres do Brasil, o governo Federal está incentivando a produção de pequenos produtores rurais. “Em Alagoas, por exemplo, os pequenos produtores terão as mercadorias compradas por supermercados locais, o que vai movimentar a economia e gerar emprego e renda. Nós vamos fomentar o desenvolvimento local com ações deste tipo, em estados de maior vulnerabilidade”, observou.

Rousseff lembrou que parte dos agricultores endividados teve a dívida perdoada pelo governo Federal e que, outra parte, teve abatimento de 70%. “Quem tinha dívidas rurais de até R$ 10 mil ganhou o perdão e quem tinha dívida entre R$ 10 mil e R$ 15 mil teve um abatimento de 70%. O governo vem desenvolvendo diversas ações para fortalecer a agricultura familiar”.

REFORÇO NA SEGURANÇA

A segurança no Aeroporto Zumbi dos Palmares foi reforçada pela Polícia Militar, Polícia Federal e Exército Brasileiro, que interditou parte do saguão do aeroporto. A presidente chegou no avião oficial da Presidência da República, concedeu entrevista à Rádio Gazetaweb e à Rádio Novo Nordeste, e, em seguida, viajou para Arapiraca em um helicóptero da Força Aérea Brasileira (FAB).



Fonte:http://www.jneweb.com.br/
Postado em
26 de julho de 2011

Psicóloga cristã desvenda os manipuladores do Evangelho em livro

Livro foi lançado recentemente na Expocristo


É o terceiro trabalho de Marisa Lobo

Marisa Lobo, cristã, psicóloga, pós-graduada em saúde mental, especialista em transtornos psicológicos e idealizadora da Expocristo, acaba de lançar seu terceiro livro: Psicopatas da Fé. Prefaciado pelo senador Magno Malta, a obra trata a situação real degradante de muitos líderes espirituais de igrejas que se denominam cristãs, pastores, padres, homens que usam seu pseudo poder espiritual para sub-julgarem seus membros, usam seu poder de manipulação, com ameaças espirituais, para manterem sob sua vigilância seus seguidores, mantendo-os sob regime de escravidão espiritual, impedindo seu crescimento, pois crescer significa estar em conhecimento acima deles, ou simplesmente reconhecer que muito do que dizem é puro embuste engano é manipulação do evangelho de Jesus que não poderia de forma alguma ser mudado. Homens que não são cristãos más que usam a fé de muitos para aplicarem golpes, pequenos, médios, grandes e se escondem atrás de um título que muitas vezes foi adquirida ilicitamente e ou com manipulação da própria liderança.

Para Marisa, os escândalos que acompanhamos ultimamente entre os líderes evangélicos é uma prova concreta da manipulação perigosa e demoníaca. “O que presenciamos atualmente é uma tentativa de manipular a inteligência humana e divina, pois Deus nunca escondeu os escândalos cometidos pelos seus profetas, pelos seus escolhidos e muito menos deixou passar impunes seus erros. Deus nunca foi omisso, e a omissão é uma forma de “psicopatia eclesiástica”, uma forma de manipulação da palavra de Deus. Se é vontade de Deus, é justo, é bom agradável é ético, se contra a vontade de Deus causa escândalo, fere, oprime, traumatiza, e deve ser revelado”, explica.

Lançado e distribuído pela Editora Asas, Psicopatas da Fé tem a proposta de chamar a atenção para fatos que realmente estão acontecendo no meio evangélico abordando, tanto o lado emocional como o caráter de alguns líderes que se dizem ungidos e cristãos. “Não podemos mais nos omitir, colocar a sujeira embaixo do tapete. O mal só pode triunfar se os homens de bem cruzarem os braços, se os verdadeiros profetas se manifestarem a favor dos líderes de boa índole e da transparência em suas igrejas e lutar pela prática incondicional da Ética Cristã e contra os desmandos dos falsos profetas que sempre existiram, e continuam a existir (o que nos causa pesar) poderemos enfim continuar a sonhar com um mundo justo, com verdade sem hipocrisia como é o evangelho de Jesus Cristo”, finaliza a autora.



Fonte:http://www.jneweb.com.br/
Postado em
26 de julho de 2011

Aliança Evangélica Mundial expressa solidariedade após ataques na Noruega



Igrejas apóiam a população e abrem as portas àquelas que querem chorar e orar juntos

A Aliança Evangélica Mundial manifestou a sua “mais profunda condolência” para o povo da Noruega após os terríveis ataques deste fim de semana. Segundo a última análise da polícia, pelo menos 93 pessoas foram mortas em um tiroteio contra uma reunião de jovens na ilha de Utoya, próxima de Oslo, e na explosão, ocorrida um pouco antes, de um carro-bomba próximo à sede do governo na capital norueguesa.

O homem detido em conexão com ambos os ataques, Anders Behring Breivik, reconheceu ter colocado o carro-bomba em Oslo e baleado os jovens da ilha de Utoya, embora "não se sinta culpado" e tenha declarado "inocência". Relatos de que Breivik, 32 anos, é um cristão fundamentalista já foram desmentidos, através da recente divulgação do seu manifesto, contendo 1.500 páginas que mostram exatamente o contrário.

Conforme matéria divulgada pelo CPAD News, com informações do World Net Daily, Breivik afirma que não é religioso, declara ter dúvidas sobre a existência de Deus, afirma que não ora, coloca a cultura cristã no mesmo nível de importância da cultura pagã dos antigos nórdicos e diz que em relação ao cristianismo é apenas pragmático, apoiando nele apenas aquilo que poderia servir estrategicamente à sua ideologia tresloucada. O Diretor da Associação Internacional Aliança Evangélica Mundial, Gordon Showell-Rogers, disse que ficou chocado com os acontecimentos dos últimos dias.

Em um comunicado, afirmou: “A forte história de uma Noruega Cristã criou uma longa trajetória de paz dentro de suas fronteiras e tem sido uma significativa contribuição para impactos muito positivos no país e esforços de paz global. Gordon fala em nome da Associação que todos estavam muito tristes ao ler relatos de que o criminoso supostamente era um cristão. “Os cristãos evangélicos globalmente condenam a violência religiosa ou qualquer outro tipo de violência, e são radicalmente contra quando a violência é feita em ‘nome de Cristo’. Estes acontecimentos nos causam um grande choque”, completa.

O secretário-geral da Aliança Evangélica Europeia, Niek Tramper, disse que a organização tinha recebido notícias das atrocidades com “muita tristeza”. Ele ofereceu suas condolências ao povo da Noruega, seus líderes políticos, igrejas e os pais dos jovens mortos no acampamento de jovens. “Estamos horrorizados ao ver que os seres humanos são capazes de colocar em prática um plano tão terrível”, disse ele.

Ele ainda reforça a importância que tem a oração: “Esta violência só pode ser considerada como um sinal do mal totalmente oposto a bondade e a justiça de Deus. Com o povo da Noruega, lembramos da maldade e violência existentes no mundo, dos quais nenhum povo ou nação estão isentos. Precisamos orar, com a máxima urgência, para que a glória de Deus seja revelada às nações”. Igrejas em toda a Noruega abriram as suas portas para dar às pessoas a oportunidade chorarem e orarem juntas, inclusive, umas pelas outras. Anteontem à noite, as multidões se reuniram perto do Domkirke no centro de Oslo para deixar tributos florais e participar de uma vigília.


Fonte:http://www.jneweb.com.br/
Postado em
26 de julho de 2011

Pastor de Laos preso há seis meses está extremamente debilitado

prisão


Ele poderia "ser livre" se assinasse documento renunciando a sua fé

Um pastor do Laos, preso há seis meses por realizar uma “reunião secreta”, perdeu peso devido às terríveis condições enfrentadas na prisão e está extremamente fraco. Em 4 de janeiro, a polícia prendeu Wanna e seu colega, Yohan, ambos identificados apenas pelo primeiro nome, juntamente com outros cristãos, na província de Khammouan, no Laos. Em um comunicado à imprensa – o grupo Human Rights Watch para a Liberdade Religiosa no Laos – as autoridades da prisão disseram diversas vezes aos cristãos que eles poderiam “ser livres” assim que assinassem um documento renunciando à sua fé.

Wanna é o pastor de uma igreja não registrada no vilarejo de Nakoon, distrito de Hinboun, e Yohan pastoreia uma igreja similar no vilarejo de Tonglar. A polícia do distrito de Hinboun prendeu Wanna, Yohan e outros nove cristãos, acusando-os de realizar uma “reunião secreta”. Isso aconteceu porque eles celebraram o Natal sem permissão prévia. Então, a polícia colocou os cristãos em um caminhão e os levou para a prisão de Khammouan, na cidade de Takket.

No dia 6 de janeiro, a polícia já havia liberado oito cristãos – incluindo duas crianças, de 4 e 8 anos – após pagamento de fiança. O nono prisioneiro, conhecido apenas como Kane, foi liberado logo depois. Wanna e Yohan, que continuam presos, são os chefes de suas famílias. A prisão deles deixou suas esposas e filhos sem sustento. Alguns dos filhos de Wanna deixaram a escola para procurar trabalho.

As condições da prisão também afetaram Wanna. Após uma rápida visita, os familiares constataram que ele perdeu peso, contraiu infecções e parecia extremamente fraco. As famílias pediram ajuda legal, pois os dois pastores foram presos por acusações diretamente ligadas à fé. “Nossa maior preocupação agora é a respeito desses dois homens”, disse um representante da organização de ajuda humanitária. “Atualmente a perseguição aos cristãos diminuiu, mas esses homens precisam de ajuda”.

Um relatório publicado em maio pela Comissão Internacional de Liberdade Religiosa afirma que, enquanto os protestantes de áreas urbanas relataram um aumento na liberdade de “cultuar sem restrições”, as autoridades continuaram a “violar a liberdade de religião e crença, particularmente contra a minoria protestante”.



Fonte:http://www.jneweb.com.br/
Postado em
26 de julho de 2011

DINAMI: Dia Nacional de Missões

DINAMI: Dia Nacional de Missões

Janela 10/40 O Maior Desafio Missionário da Atualidade.

Janela 10/40 O Maior Desafio Missionário da Atualidade.

Seguidores

Share

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More