Culto de Doutrina na Igreja Sede é marcado pelo poder Pentecostal

O culto de doutrina desta terça-feira (16) no templo-sede da Assembleia de Deus em Alagoas, localizado no bairro do Farol, em Maceió, teve uma edificadora e emocionante mensagem bíblica...

Cinco coisas que cada cristão deve saber sobre Boko Haram

No domingo, 7 de maio, manchetes em todo o mundo começaram a declarar boas notícias: 82 meninas que haviam sido seqüestradas de uma escola na Nigéria estavam sendo libertadas. No entanto, para...

Pastor Mirab é preso na Ásia

Em sua última viagem, ele foi preso e colocado em um centro de detenção. Mirab é o pastor de uma igreja asiática oficialmente registrada que foi recentemente procurada pela polícia. A polícia procurou sua casa também, e encontrou literatura cristã, CDs e...

Missionários testemunham 450 mortos ressuscitados em Moçambique

Em 1997, o casal de missionários Heidi e Rolland Baker fizeram parte do movimento da “Bênção de Toronto”, muito popular no Canadá. Eles buscavam um avivamento pessoal e testemunham que...

Pr. José Orisvaldo Nunes inaugura mais uma igreja no município de Pariconha

O pastor-presidente José Orisvaldo Nunes de Lima participou esta semana da inauguração de mais um templo da Assembleia de Deus no município de Pariconha. A nova congregação fica localizada no povoado Tanque e...

Filho e neto de líder cristão morrem durante confronto

Recentemente, mais um ataque violento contra os cristãos ocorreu na República Centro-Africana, envolvendo o filho mais novo e o neto de um dos principais líderes religiosos do país, Nicolas Grekoyame...

sábado, 31 de julho de 2010

Mais de 50 mil jovens cristãos levam água a África


Active Water cava poços em aldeias africanas para matar a sede do povo

Desde setembro de 2009, mais de 50 mil jovens e adolescentes, com idades entre 11 e 19 anos aderiram ao movimento para a criação de poços de água potável em áreas rurais da Zâmbia e África. Eles estão em parceria com a organização Active Water, um ministério cristão que vai aos países para construir e instalar os poços em aldeias remotas sem acesso à água limpa.

Milhares de adolescentes americanos estão aprendendo sobre o ministério do Active Water através de eventos. O ministério Christ In Youth (CIY) tornou-se um parceiro do Active para sensibilizar mais jovens, desta vez no Brasil.

Juntos, eles criaram um documentário de 30 minutos para mostrar, aos participantes do evento, a realidade da falta de água na África. "Nossa meta é compartilhar o amor de Cristo atendendo as necessidades do povo africano”, revela o diretor-executivo da Active Water, Daren Wendell.

Além dos $30 mil dólares levantados na oferta de eventos CIY para Active Water, milhares de adolescentes que foram inspirados para organizar eventos em suas próprias comunidades arrecadaram dinheiro.

Christ In Youth

Por mais de 42 anos, Christ In Youth faz dos eventos, oportunidades missionárias e para arrecadar recursos para alavancar o ministério estudantil na Igreja local. Mais de 50 mil estudantes e líderes vão assistir, pelo menos, um dos 90 programas realizadas ao longo de 21 países este ano.

Active Water

Criado em 2008, Active Water é uma organização sem fins lucrativos que se dedica a abordar a crise da água potável na África. Levando finanças e apoio através de eventos esportivos e parcerias de negócios, Active Water fornece poços de água potável para comunidades rurais que, caso contrário, não teria fonte de água.




Fonte:http://www.cpadnews.com.br/
Postado em 31 de julho de 2010

Caemon tem nova sede e anuncia projeto para a igreja em Alagoas

Pastor-presidente inaugura nova sede administrativa do Caemon


Pastor-presidente inaugurou a sala onde vai funcionar a sede administrativa do Centro

O presidente da Assembleia de Deus em Alagoas, pastor José Antonio dos Santos, inaugurou oficialmente, na manhã desta sexta-feira (30), o escritório onde funcionará a sede administrativa do Centro de Assistência Social Missionário Otto Nelson (Caemon). A solenidade contou com a presença de membros do Conselho Diretor da entidade e de obreiros da igreja. Na ocasião, o atual presidente do Caemon, pastor Israel Santos, anunciou projeto para educação infantil direcionado aos carentes.

O escritório vai funcionar numa das salas de um centro empresarial que fica ao lado da Assembleia Legislativa Estadual (ALE). A partir de agora, os diretores da entidade vão se reunir neste local, enquanto que a sala da Assistência Social do templo-sede, no bairro do Farol, servirá também para dar suporte.

Para o pastor José Antonio dos Santos, o Caemon, desde que foi criado, na gestão do saudoso pastor Manoel Pereira, tinha como finalidade cuidar do assistencialismo da Assembleia de Deus em Alagoas. Era, segundo ele, uma maneira de ajudar aos irmãos mais necessitados.

“Mas, a assistência social da igreja foi, ao longo do tempo, sendo desenvolvida internamente, sem que a sociedade soubesse. É preciso que o nosso trabalho social seja expandido e esteja visível para todos. A Assembleia de Deus em Alagoas também exerce um papel importante nesta área”, afirmou o pastor José Neco.

Ele divulgou que mensalmente a igreja tem um gasto mensal para manter o Leal (abrigo para idosos no Tabuleiro do Martins) e também as ações que estão sendo executadas pelo Caemon. “Agora com nova roupagem, a entidade busca o registro junto ao Conselho Municipal de Assistência Social, já tem uma nova sede e esperamos que voluntários e associados se engajem neste trabalho para que cresça. Aquilo que hoje é grande, um dia já foi pequeno”, comentou o pastor-presidente.

Parceria com a Fundação Bradesco

Uma parceria com a Fundação Bradesco de Alagoas vai garantir educação para crianças carentes de Maceió. Diretores do Caemon estão mantendo diálogo com os líderes da fundação e anunciaram, durante a solenidade, que existe um projeto a ser desenvolvido e que pode beneficiar os pequeninos.

O pastor Israel Santos informa que a Fundação Bradesco deve ceder 10 computadores novos, além de mobílias e materiais didáticos para o ensino para crianças que estão na idade escolar.

“Estamos buscando uma sala no Benedito Bentes ou no Tabuleiro do Martins para que funcione este projeto. Quando encontrarmos, a Fundação Bradesco fará uma análise para, depois, liberar os equipamentos. Iremos nos responsabilizar por monitores, que passarão por treinamento na própria fundação e com direito a certificado. O melhor é que estes monitores, depois de capacitados, passarão os conhecimentos para outros. Eles serão agentes multiplicadores”, explicou o presidente da entidade.

Registro

Os diretores do Caemon devem submeter, novamente, nos próximos dias, ao Conselho Municipal de Assistência Social, a documentação exigida para regularizar a situação jurídica da entidade. Quando a papelada estiver em ordem, recursos de âmbito federal, estadual e municipal podem ser garantidos sem grande burocracia.

Segundo a diretora executiva do Caemon, a assistente Social Andréia Queiroz Rocha, em um primeiro momento a documentação foi analisada pelos membros do conselho, mas retornou para que algumas retificações fossem feitas, atendendo aos parâmetros legais exigidos.
















Postado em 31 de julho de 2010

Paquistão: Encontrada caixa preta do avião que caiu na quarta feira


Equipamento pode ajudar na investigação das causas do acidente

A caixa preta do avião que se chocou contra uma montanha na quarta feira junto à capital do Paquistão foi encontra na manhã deste sábado, embora ainda não se saiba em que condições se encontra o objeto. As informações são de uma fonte governamental paquistanesa.

A caixa preta pode ajudar a descobrir as causas da acidente que matou todas as 152 pessoas que seguiam a bordo do avião.

O Airbus A321 caiu perto de Islamabad durante uma tempestade, pouco depois de ter perdido o contato com a torre de controle.

“A caixa preta foi encontrada durante um trabalho árduo, prejudicado pela chuva, lama e falta de estradas adequadas na zona florestal onde a aeronave caiu”, declarou Sajid Ramzan, um porta voz de departamento do governo paquistanês, citado pela Associated Press.


Fonte:http://www.cpadnews.com.br/
Postado em 31 de julho de 2010

Israel lança ataques aéreos em Gaza, dizem palestinos


Palestinos dizem que a aviação israelense alvejou um campo de treinamentos usado pelo grupo islâmico Hamas

Israel bombardeou na sexta-feira a Faixa de Gaza, depois da explosão de um foguete disparado do território palestino atingir a cidade de Ashkelon, segundo testemunhas.

Os palestinos dizem que a aviação israelense alvejou um campo de treinamentos usado pelo grupo islâmico Hamas, que governa a região. Fontes médicas em Gaza disseram que quatro pessoas ficaram levemente feridas por estilhaços.

Os militares israelenses não se manifestaram. O primeiro-ministro Benjamin Netanyahu disse que Israel levou "muito a sério" o disparo do foguete contra Ashkelon, horas antes.

O foguete estilhaçou vidraças em um prédio de apartamentos e danificou carros numa área residencial da cidade litorânea de Israel, que tem 125 mil habitantes e fica 12 quilômetros ao norte da fronteira com Gaza. Ninguém ficou ferido.


O prefeito local disse que foi a agressão mais grave contra a cidade desde o fim da última ofensiva militar israelense contra Gaza, em janeiro de 2009.


Fonte:http://www.cpadnews.com.br/
Postado em 31 de julho de 2010

Esforço para manter equilíbrio entre cristãos e muçulmanos


Líbano se torna primeiro país do Oriente Médio a proteger cristãos

O secretário-geral do Movimento Futuro do Líbano anunciou que os cristãos precisavam ser protegidos dentro do governo. Embora esta seja uma boa notícia, não vai garantir o fim da perseguição.

Os esforços para proteger os cristãos são, provavelmente, na sua maioria, políticos, diz Tom Doyle com Parceiros E3 World. "Esse é o tipo de espírito do Líbano. O único país do Oriente Médio que realmente tenta manter um equilíbrio entre cristãos e muçulmanos no governo”, afirma Doyle.

De acordo com o Barcelona News, muitos cristãos emigraram do Líbano, por causa da crescente influência xiita. Com a sanção do governo de proteger os cristãos, a esperança é que os cristãos permaneçam no Líbano.

Independentemente da decisão política ou humanitária, Doyle afirma que isso é bom para os cristãos. "Isso é uma coisa encorajadora, porque eles estão reconhecendo que há um problema generalizado no Oriente Médio".

Este esforço do governo é emocionante, especialmente no Oriente Médio, mas nenhum cristão espera que a proteção do governo acabe com a perseguição. Os grupos responsáveis por perseguir os cristãos, provavelmente, não estão despreocupados com qualquer proteção do governo, diz Doyle.

Embora o governo seja a favor da manutenção da paz, isso não irá manter grupos islâmicos radicais, incluindo o Hezbollah, perto de atacar cristãos. "Isso não tem qualquer influência sobre eles. Isso não vai mudar sua agenda, eles não vão parar de seguir o Corão, nem tentar livrar seu país de cristãos", conta Doyle.


Embora os esforços do governo não signifiquem o fim do sofrimento para os seguidores, Doyle diz que não é de todo ruim. "A perseguição impede que a igreja se espalhe. Oro para a perseguição diminua e os evangélicos proclamam o Evangelho de forma ousada”, revela.

Muitos governos estão contra os cristãos no Oriente Médio, o Líbano ainda é uma exceção. Ore para que outros governos se sintam pressionados para proteger, ao invés de perseguir os cristãos em seus próprios países.


Fonte:http://www.cpadnews.com.br/
Postado em 31 de julho de 2010

Lula destina R$ 1,98 bilhão para ações contra enchentes no Nordeste



R$ 15 milhões serão destinados para a reconstrução do Sistema de Trens Urbanos de Maceió


Uma medida provisória, que abre crédito extraordinário no Orçamento Geral da União para 2010, para ações emergenciais em favor de vários ministérios, no valor de R$ 1,98 bilhão foi encaminhada pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva ao Congresso Nacional.

A Medida Provisória 498 destina o maior valor de recursos, R$ 725 milhões, para o Ministério da Integração Nacional. O crédito será usado para ações de assistência às vítimas atingidas pelas enchentes em Pernambuco e Alagoas.

A pasta da Defesa terá R$ 212 milhões para reforçar o atendimento às vítimas de desastres também em Alagoas e Pernambuco, como a distribuição de alimentos e água, a montagem de abrigo para os desalojados e o auxílio para a recuperação da infraestrutura local.

O Ministério da Educação receberá R$ 250 milhões a serem transferidos a Estados e municípios atingidos por enchentes em diversos locais do país para que reconstruam ou reformem escolas públicas danificadas por enchentes.

Para o Ministério dos Transportes está previsto reforço de R$180 milhões a ser aplicado em obras emergenciais para recuperar rodovias federais danificadas pelas fortes chuvas.

A pasta das Cidades terá R$ 15 milhões para a reconstrução do Sistema de Trens Urbanos de Maceió, obstruído pelas chuvas na cabeceira do rio Mundaú. Para a Cultura está previsto o valor de R$ 5 milhões para a instalação de novas bibliotecas em municípios onde os prédios foram destruídos e os livros danificados.

Os ministérios da Saúde, do Meio Ambiente, do Desenvolvimento Social e Desenvolvimento Agrário também terão recursos, que somam R$ 371 milhões. Na área da saúde, o dinheiro será usado para recompor equipamentos atingidos pelas enchentes nos Estados de Alagoas e Pernambuco.

Há também recursos previstos para vários ministérios a serem aplicados no Plano de Enfrentamento ao Crack e a outras drogas, instituído por decreto presidencial em maio de 2010. A medida provisória foi publicada em edição extra do “Diário Oficial” da União de quinta-feira (29).


Postado em 31 de julho de 2010

sexta-feira, 30 de julho de 2010

Igrejas evangélicas se multiplicam no Brasil e ameaçam hegemonia católica


O Brasil tem 30 milhões de evangélicos e já disputa com Alemanha, África do Sul e Nigéria, o terceiro lugar no ranking dos países com mais protestantes do mundo


O protestantismo avança na América Latina. Não há estatísticas consolidadas, mas em El Salvador, segundo uma recente pesquisa do Iudop (instituto ligado à Universidade Centro-americana, jesuíta), os que se declaram protestantes hoje representam mais de 38% da população - em 1988 eram apenas 16%. E no resto do continente, com exceção do México, pelo menos uma em cada dez pessoas é protestante. Em alguns casos, como na Guatemala, se anuncia que o país será em breve majoritariamente evangélico.

Embora na América Central a tendência seja pronunciada, os dados também falam por si mesmos ao sul do Panamá. Até 1960, no Brasil os protestantes sempre haviam se mantido abaixo de 5%. Mas nos anos 90 a proporção passou de 9% para 15,4%. E hoje, com cerca de 30 milhões de evangélicos, os brasileiros disputam com Alemanha, África do Sul e Nigéria o terceiro lugar no ranking dos países com mais protestantes do mundo, liderado por EUA e Reino Unido.

O protestantismo histórico, o de Lutero, o de Calvino ou o anglicano, sempre foi muito minoritário na América colonial, e só começou a se enraizar no início do século 20, com o "revival" [renascimento] norte-americano e a expansão das Igrejas pentecostais. Mas a que se deve uma mudança tão considerável em um continente que durante séculos foi majoritariamente católico?

Samuel Rodríguez, diretor da maior organização hispano-evangélica dos EUA, a Conferência Nacional de Liderança Cristã Hispânica (NHCLC na sigla em inglês), apresenta três motivos: que para se converter "não é preciso mudar sua cultura porque o Evangelho pode entrar com qualquer sotaque; que a Igreja Evangélica propõe "uma relação pessoal com Deus, sem burocracia religiosa"; e que, diante das ditaduras, "a religião ofereceu a liberdade".

O antropólogo salvadorenho Carlos Lara afirma que em seu país a ascensão do protestantismo "tem a ver com a guerra" e, embora somente em parte, também com uma certa "reação apolítica à Teologia da Libertação". Mas para Lara o fundamental é a mudança sociocultural.

Outro baluarte evangélico é seu papel social: centros de reabilitação para drogados, apoio nas prisões, colégios... Mas não atuam só em grande escala. As Igrejas evangélicas "funcionam como microssociedades nas quais os níveis de ajuda mútua são muito fortes", explica Lara.

Há quem chegue a atribuir ao protestantismo um certo efeito de ascensão social. Mas o antropólogo americano David Stoll, autor em 1990 do premonitório ensaio "A América Latina Está se Tornando Protestante?", mostra-se cético: "Passar quatro noites na igreja, em vez de bêbado na rua, melhora a alimentação das crianças e promove relações familiares mais adequadas. Mas não se pode demonstrar que tornar-se evangélico melhore sua posição social".

Diante da perda de fiéis, Crisóforo Domínguez, da Conferência Episcopal Latino-Americana, opina que, mais que um erro, a Igreja Católica cometeu um "pecado de omissão". De fato, perguntados sobre a visita de Bento 16 ao Brasil em 2007 - interpretada na época como uma forma de conter as conversões evangélicas -, o veredicto dos acadêmicos consultados por "El País" foi unânime: de nada serviu.

Samuel Rodríguez não duvida de que até o final do século o continente será "majoritariamente evangélico". Mas nem todos veem isso tão claramente. O teólogo espanhol José Casanova, professor em Georgetown, indica que "as projeções não estão se realizando". E o sociólogo brasileiro Antonio Pierucci indica que "havia muitos católicos dispostos a abraçar uma religião mais exigente em termos de comportamento e dedicação. Inclusive no aspecto monetário. Mas nem todos", diz, e "isso definirá o teto".

Projeções estatísticas à parte, ninguém dá demasiada importância às consequências. Samuel Rodríguez acredita que "os valores [evangélicos e católicos] são os mesmos". Tanto que os compara com "uma Pepsi e uma Coca-Cola". Pierucci, por sua vez, descarta uma mudança cultural: "O grande problema é que os evangélicos proíbem o álcool, então depois de um casamento bebem água ou suco de frutas. Sabe quanto dura uma festa dessas?", pergunta com ironia.

O que parece evidente é que a óptica evangélica reserva para a mulher um papel social de maior destaque. "Esse é um aspecto muito importante", diz José Casanova. "E não tanto pelos pastores - que podem ser mulheres nas Igrejas protestantes -, como pela frequência feminina, que contrabalança o machismo."

Também há quem veja certa americanização cultural, mas Casanova aponta que, em todo caso, a influência será bidirecional. "Nos EUA, em longo prazo, haverá um deslocamento pró-democrata do voto evangélico hispânico." Rodríguez confirma que, até a chegada da lei de imigração "racista" do Arizona, "a população latina estava decidida a votar republicano".

Outro efeito da ascensão do protestantismo, segundo Casanova, é a "renovação" católica: "No Brasil os carismáticos - com práticas cerimoniais semelhantes às de alguns evangélicos - representam mais de 20%". Rodríguez aponta inclusive para a política: "Muitos líderes de sucesso falam de redenção e de Jesus". Até "a fraseologia de Hugo Chávez é evangélica", ele diz.

E o Twitter parece lhe dar razão. Depois de abrir a tumba de Bolívar, o presidente venezuelano "tuitou": "Meu Deus, Meu Deus. Meu Cristo, nosso Cristo! Enquanto rezava em silêncio vendo aqueles ossos, pensei no senhor".



Fonte:http://www.jneweb.com.br/
Postado em 30 de julho de 2010

Homossexual já pode incluir companheiro no IR


Homossexualismo, uma preocupação contemporânea



Decisão será publicada até segunda-feira no Diário Oficial da União

A Receita Federal aprovou um parecer que dá direito a homossexuais de incluir como dependente no Imposto de Renda o companheiro ou companheira. A decisão será publicada até segunda-feira no Diário Oficial da União. Para ter o direito assegurado, é necessário que o casal tenha vida em comum por mais de cinco anos.

Caso exista dúvida, a Receita pode notificar o contribuinte para checar a informação. A comprovação, no entanto, pode ser feita por prova testemunhal. Não é a primeira vez que o Executivo, ou o Judiciário, na ausência de lei que reconheça a união estável de casais gays, se posiciona favoravelmente aos homossexuais.

Em fevereiro, o Superior Tribunal de Justiça (STJ) reconheceu o direito ao plano de previdência privada na morte de um dos parceiros. "É uma medida adequada com a Constituição, que veda qualquer tipo de discriminação'', defende o advogado constitucionalista Marcus Vinicius Furtado.

Como não há lei para a união de homossexuais, o poder público não é obrigado a ter esse entendimento. Porém, Furtado afirma que "decisões judiciais, em boa parte, vêm se inclinando em reconhecer os direitos de união estável de casais do mesmo sexo, como o direito a pensão alimentícia, divisão patrimonial".
Fonte:http://www.jneweb.com.br/
Postado em 30 de julho de 2010

Argentina realiza hoje os primeiros casamentos gays do país

Serão realizados duas cerimônias hoje


A promulgação da lei que autoriza esse tipo união ocorreu no último dia 21


Buenos Aires e a província de Santiago del Estero vão celebrar nesta sexta-feira (30), os primeiros casamentos entre pessoas do mesmo sexo no país, desde a promulgação da lei que autoriza esse tipo união, no último dia 21. Vão se casar na capital federal Alejandro Vanelli e Ernesto Larrese, após 34 anos de relação. A cerimônia vai ocorrer na sede 14 do Centro de Gestão e Desenvolvimento da Comunidade (CGDP), no Bairro de Palermo.

Outros dois homens que vivem juntos há mais de 27 anos, o arquiteto divorciado José Luis David Navarro , de 54 anos, e o porteiro aposentado Miguel Angel Calefato , 65, se casarão pela manhã na localidade de Frías, informou o cartório de registro civil de Santiago Del Estero (sem informar o horário) ao jornal “Clarin”. Após a cerimônia, casal e convidados participarão de um almoço privado.

“Estamos muito felizes. Mas isso é quase um trâmite, porque não nos muda como pessoas nem o que sentimos um pelo outro. Simplesmente nos dá um marco legal para ter os mesmos direitos que qualquer cidadão argentino”, afirmou Navarro à agência Efe Navarro

Segundo o Clarin, outros três casamentos entre pessoas do mesmo sexo - inclusive entre dois chilenos - estão marcados para sábado (31) na Argentina: em Córdoba, Santa Fé e Mendoza
Fonte:http://www.jneweb.com.br/
Postado em 30 de julho de 2010

Muçulmanos agridem e ferem um cristão na Etiópia

muçulmanos


O homem foi agredido por ler um livro de crítica ao Profeta Maomé


A agência International Christian Concern (ICC) recebeu a informação de que, em 16 de julho, cinco homens muçulmanos da Somália atacaram e feriram gravemente um homem cristão em Addis Ababa, Etiópia, por ler um livro de crítica ao Profeta Maomé.

Mike Abdul Falahow, um cristão convertido do islamismo, estava lendo um livro intitulado “A Grande Decepção: Como Maomé Tentou Converter Cristãos para o Islã”, quando dois muçulmanos exigiram que ele entregasse o livro, dizendo que era insultante e atacava a honra do Profeta Maomé. O livro é um estudo crítico da Sura Al Imran 3:33-64 do Alcorão.

Falahow se recusou a entregar o livro e lembrou os muçulmanos de que eles estavam vivendo em Addis Ababa e, não em Mogadishu e, portanto, tinham liberdade religiosa.

Um dos homens muçulmanos tentou tirar o livro das mãos de Falahow, mas não conseguiu, passou a chutar e dar socos em Falahow. Os outros quatro homens muçulmanos se juntaram ao ataque a Falahow e surraram-no sem misericórdia.

Falahow sofreu lesões como uma perna quebrada e cortes em seu rosto. Atualmente, ele está se recuperando em local seguro, uma casa providenciada pela comunidade cristã da Somália em Addis Ababa. O incidente foi relatado para a polícia.

Um líder da igreja em Addis Ababa, Somália, descreveu ao ICC sobre o ataque, dizendo “uma tentativa brutal de subjugar o crescimento da comunidade cristã somaliana em Addis Ababa.”

Essa não é a primeira vez que os muçulmanos da Somália atacaram somalianos que se converteram ao cristianismo em Addis Ababa. No entanto, essa é a primeira vez que um ataque como esse ocorreu em local público.

Jonathan Racho, Administrador Regional do ICC na África, disse “Muitos cristãos somalianos foram assassinados por radicais do Islã na Somália e muitos deixaram seu país pela perseguição que sofriam. Infelizmente, eles não escapam da perseguição mesmo após terem deixado seu país. Encorajamos as autoridades da Etiópia a impedirem a tentativa dos Islâmicos de importarem suas ideologias violentas da Somália. O abuso a convertidos ao cristianismo se tornará pior, a menos que as autoridades tomarem medidas contra os indivíduos que são responsáveis pelo ataque a Falahow.”
Postado em 30 de julho de 2010

Jovem cristão é preso por possuir um exemplar do Novo Testamento

IRÃ


IRÃ (2º) - Um cristão iraniano está sendo mantido na prisão de Evin somente por possuir uma Bíblia.

O fato foi revelado pelo pai de Ali Golchin, em uma conversa telefônica com a rádio Voice of America (VOA).

O pai de Ali contou que a única razão de seu filho estar na prisão é porque encontraram um Novo Testamento em sua casa, e ele ficou surpreso com o fato de que possuir uma Bíblia é compreendido como um crime grave.

De acordo com a Farsi Christian News Network (FCNN), Ali Golchin, um químico de 29 anos, foi preso na cidade de Varamin, ao sul de Teerã, e está na solitária há mais de dois meses. Ali é um cristão de língua farsi, e trabalha na Igreja local.

A FCNN disse que Ali foi submetido a duros interrogatórios durante esse período. A família de Ali está sendo ameaçada pelo governo, e alertada a não possuir um advogado ou entrar em contato com organizações internacionais. Ali ainda não foi acusado de nenhum crime.

A rádio Voice of America (VOA) realizou uma entrevista telefônica com o pai de Ali, Mohsen Golchin.

O representante da VOA começou perguntando a Mohsen sobre as circunstâncias envolvendo a prisão de seu filho.

“Meu filho foi preso no dia 29 de abril de 2010. A razão de sua prisão foi a descoberta de um Novo Testamento no porão de nossa casa. Foi por isso que eles o prenderam. Eu sou cristão, e meu filho nasceu em uma família cristã. Eu quero saber por que é crime possuir um Novo Testamento. Os oficiais do governo revistaram minha casa e, além do Novo Testamento, ainda levaram outros livros pessoais”.

“As únicas informações que tenho sobre meu filho é que ele está sofrendo de solidão, e ainda é mantido longe dos outros prisioneiros, em uma solitária. Durante esses meses, só pude visitá-lo por 10-15 minutos”, conta Mohsen.

“Eu não sabia que possuir uma Bíblia era um crime no Irã, mas as autoridades nos acusaram de tentar converter muçulmanos através da distribuição de Bíblias, o que é considerado crime. Eu expliquei que essas Bíblias não eram para distribuir nas ruas, somente para presentear os membros da Igreja”.

“Não pudemos pedir um advogado, já que meu filho não foi formalmente acusado de nada. No entanto, ele foi submetido a diversos interrogatórios”.

“Espero que o Ministro da Justiça se coloque em meu lugar. Meu filho é inocente. Ele não se envolveu em nenhum problema político ou ilegal. Nossa religião é sancionada no país e queremos tolerância e respeito.”


Fonte:http://www.portasabertas.org.br/
Postado em 30 de julho de 2010

Cristãos são agredidos após visita de oração

Cristãos são agredidos na indía


ÍNDIA (26º) - Um grupo de radicais hindus tacaram um evangelista e um cristão que viajava com ele durante uma visita ministerial na terça-feira, 20 de julho de 2010, no vilarejo de Balaghat, em Madhya Pradesh, Índia.

De acordo com o site da Global Council of Indian Christians, o incidente ocorreu quando o evangelista Mahendra Kharole, 20, e o cristão Munshi Prasad Bahe, 30, iam orar por uma família do vilarejo.

Enquanto eles voltavam para casa, por volta das 23h30, seis pessoas em bicicletas os pararam e os acusaram de converter pessoas à força.

A agência de notícias relata que os radicais hindus começaram a golpear os cristãos.

Munshi Prasad Bahe ficou inconsciente após um ferimento na cabeça, e Mahendra Kharole feriu sua mão direita.

Os cristãos registraram uma queixa contra os agressores na delegacia mais próxima.




Fonte:http://www.portasabertas.org.br/
Postado em 30 de julho de 2010

Cristão é sequestrado

IRAQUE



IRAQUE (17º) - Um grupo de homens armados sequestraram um cristão na noite passada em Kirkuk. Fontes locais afirmam que Yonan (Jonas) Daniel Mammo, 50, estava fechando seu escritório na vizinhança de Almas, quando três homens armados saíram de uma BMW e o levaram.

Mammo é casado e tem duas filhas. Ele não é rico, mas trabalha em uma casa de câmbio. Depois de seu sequestro, ele ligou para sua esposa, dizendo que os sequestradores queriam resgate.

Louis Sako, arcebispo de Kirkuk, entrou em contato com outros líderes religiosos na cidade e com o governo.

A violência contra os cristãos estão ficando muito frequentes no país, como resultado da falta de autoridade do governo. Já se passaram quatro meses das eleições parlamentares, e os partidos iraquianos ainda não formaram um novo governo.

“O país está em trevas, e nessas situações, os grupos criminosos ficam mais e mais fortes”.

Na semana passada, um homem turco e seu filho foram assassinados. “Para os cristãos iraquianos, testemunhar e demonstrar sua fé significa se tornar um mártir”.


Postado em 30 de julho de 2010

quinta-feira, 29 de julho de 2010

Explosão em igreja na Ucrânia pode ter sido ato terrorista

UCRÂNIA

UCRÂNIA (*) - A polícia de Kiev, na Ucrânia, afirmou nesta quinta-feira que a explosão de uma bomba em uma igreja ortodoxa ocorrida ontem pode ter sido um ato de terrorismo. Uma mulher de 80 anos morreu e outras nove pessoas ficaram feridas no incidente, que ocorreu em Zaporizhzhya, no sul do país. As informações são da agência russa Interfax.

"Estamos considerando todos os possíveis motivos, começando com questões internas e terminando com a possibilidade de um ato terrorista que visaria intimidar os fiéis da Catedral de Intercessão", afirmou o porta-voz do Ministério do Interior ucraniano, Dmitry Andreуev. Segundo Andreуev, foi confirmado que a explosão, que ocorreu perto da entrada da igreja, foi provocada por uma bomba caseira.

A explosão aconteceu no dia em que a Ucrânia celebra o aniversário de sua conversão ao Cristianismo, em 988. Segundo a imprensa local, a idosa que morreu no incidente era uma freira que chegou a ser levada para o hospital, mas não resistiu aos ferimentos.

* Este país não se enquadra entre os 50 mais intolerantes ao cristianismo.

Fonte:http://www.portasabertas.org.br/
Postado em 29 de julho de 2010

Para salvar suas vidas, cristãos se fazem de mortos

ÍNDIA

ÍNDIA (26º) - Dois evangelistas disseram ter sobrevivido a um ataque no distrito de Balaghat, Madhya Pradesh, ao se fingirem de mortos quando extremistas hindus os cercaram e os agrediram.

Os seis agressores acusaram Mahindra Kharoley, 20, e Munshi Prasaad Bahey, 30, de converter pessoas à força.

Os dois evangelistas estavam voltando para casa de bicicleta no vilarejo de Susua após uma reunião de oração em Dunda Sivni, quando os agressores, de motocicletas, rostos cobertos, os atacaram. Eles nem esperaram as justificativas dos cristãos, e logo começaram a agredi-los.

“Eles bateram minha cabeça na calçada, e me chutaram”, conta Bahey, cujas roupas ficaram ensopadas de sangue. Kharoley teve ferimentos na cabeça, peito, e corpo, e fraturou o braço.

“Ficamos lá, deitados, e fingimos que estávamos mortos, após 20 minutos sendo agredidos”, conta Kharoley.

Bahey acrescenta: “Se não tivéssemos feito isso, eles teriam nos matado”.

Bahey ouviu um dos agressores falar: “Mahesh, pare de bater neles, eles já estão mortos. Vamos sair daqui!”.

Kharoley e Bahey ligaram para seu companheiro evangelista Kamlesh Nagpure ir buscá-los, mas eles conseguiram chegar sozinhos no vilarejo.

“Não podíamos esperar Kamlesh chegar. Precisávamos de atendimento médico imediato”.

Eles foram levados para um centro de saúde em Kirnapur, e depois transferidos para um hospital em Balaghat, para realizar diversos exames.

A polícia de Kirnapur aceitou a queixa sobre o incidente, mas não começaram as investigações.

“Não fizemos nenhuma investigação, e somente após isso registraremos o Boletim de Ocorrência”, disse o delegado Sandhir Chaudhary.

“Eu estou ocupado até o dia 5 de agosto com outros casos mais importantes. Depois verei o que posso fazer”.


Fonte:http://www.portasabertas.org.br/
Postado em 29 de julho de 2010

quarta-feira, 28 de julho de 2010

"Por que mais religiões?"

BUTÃO


BUTÃO (12º) - O ministro do interior e da cultura, Lyonpo Minjur Dorji, disse à Compass Direct News que o governo não tem “nenhum problema” com o cristianismo ou com qualquer outra fé.

“Mas o Butão é um país pequeno, com pouco mais de 600 mil pessoas e a maioria delas é budista”, disse Lyonpo. “Temos hindus, principalmente na parte sul do país. Então, por que precisamos de mais religiões?”.

O budismo está intimamente ligado à vida política e social no Butão. O escritório de Lyonpo está assentado em um monastério gigantesco em Thimphu, conhecido como Tashichho Dzong. O budismo une e congrega as pessoas, disse Lyonpo, explicando que a vida social de um vilarejo gira em torno de seu dzong (monastério).

Ele disse que a sociedade multi-religiosa da Índia tem causado muitas tensões e derramamento de sangue.

“A Índia pode sobreviver a distúrbios e inquietações”, disse ele, “mas o Butão não, porque é um país pequeno entre dois gigantes [Índia e China]”.

Com líderes que tem se orgulhado por não terem permitido o país ser colonizado, historicamente, o Butão tem se preocupado extremamente com sua sobrevivência. O povo do Butão vê sua cultura distinta, e não os militares, como o meio que tem protegido a soberania do país. E não é por acaso que o ministério de Lyonpo inclui tanto a segurança interna quanto a preservação da cultura.

A constituição, adotada em julho de 2008, também requer que o Estado proteja a herança cultural do Butão e declara que o budismo é a herança espiritual do país.

Um funcionário do governo, que pediu anonimato, disse que assim como o Tibete foi para a China e o Sikkim se tornou um Estado da Índia, “agora quais dos dois países vai ficar com o Butão?”.

Esta preocupação é prevalente entre os butanenses, acrescentou.

Sikkim, atualmente um Estado no nordeste da Índia, era um reino budista com grupos de povos nativos de Bhotia e Lepcha como seus súditos. Mas os hindus do Nepal migraram para Sikkim para trabalhar e gradualmente excederam em quantidade os budistas locais. Em 1975, foi feito um referendo para se decidir se Sikkim, então protetorado da Índia, deveria se tornar um Estado oficial do país. Desde que 75 porcento das pessoas em Sikkim eram nepaleses, que sabiam que democracia significaria o governo da maioria, eles votaram por sua incorporação à Índia.

Butão e outros menores vizinhos da Índia viram isso como uma anexação descarada. E acredita-se que a “anexação” de Sikkim fez o Butão desconfiar da influência da Índia.

Em 1980, o rei do Butão iniciou a campanha ‘uma nação – um povo’ para proteger sua soberania e integridade cultural, que era discriminatória para os nepaleses étnicos que, por sua vez, protestaram. Sua não concordância, entretanto, resultou em duras repressões pelas autoridades, levando à expulsão ou migração voluntária de mais de cem mil nepaleses étnicos, muitos deles cristãos, para o lado nepalês da fronteira, em Jhapa, no início dos anos 90.

“O Butão não quer se tornar outro Sikkim”, disse um morador local, explicando porque o governo não tolerou os protestos.

O Butão é rigoroso em implementar as leis relativas ao uso do idioma nacional, do código de vestimenta nacional e dos padrões de arquitetura uniforme por todo o país para fortalecer sua integridade cultural. Os homens butaneses têm de vestir o gho, uma túnica com o comprimento na altura do joelho, amarrada à cintura por um cinto de pano, para irem para o trabalho ou comparecer a alguma cerimônia pública. As mulheres têm de vestir a kira, um vestido com o comprimento no tornozelo, preso a um dos ombros e amarrado na cintura. A não observância disso pode levar a multa e detenção.
Um futuro mais brilhante

Um pastor esperançoso disse que, em um futuro próximo, espera que o governo reconheça oficialmente a existência do cristianismo no Butão.

“A liberdade religiosa será boa para os cristãos e para o governo”, disse ele. “Se os cristãos não forem reconhecidos oficialmente, para quem o governo irá se quiser implementar uma decisão executiva relacionada às comunidades religiosas?”.

Explicando o motivo de sua esperança, ele relembrou um incidente na região de Punakha, em janeiro, quando uma casa em construção foi demolida após rumores de que estava sendo usada como igreja.

“O proprietário da casa, um cristão, foi à sua majestade [Rei Jigme Khesar Namgyel Wangchuck] e lhe disse que não estava construindo uma igreja, mas que cultuaria junto com outros cristãos aos domingos”, disse o pastor. “O rei permitiu-lhe construir a casa”.

Ele também disse que uma delegação de cristãos se encontrou com o Primeiro Ministro Lyonchen Jigmey Thinley em maio de 2009, que reassegurou-lhes que haveria mais liberdade em breve.

O cristianismo tem crescido gradualmente, mas de boca a boca por testemunhos daqueles que receberam cura de doenças, e não pela pregação pública, disse ele. E acrescentou que os cristãos precisam entender e ser pacientes com o governo, “que não pode ou não deveria fazer mudanças ou dar liberdade da noite para o dia”.


Fonte:http://www.portasabertas.org.br/
Postado em 28 de julho de 2010

Congressista pede ação dos EUA em favor da liberdade religiosa

ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA


ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA (*) - Um importante advogado de direitos para a liberdade religiosa afirmou que a administração Obama falhou em lutar contra a crescente perseguição no exterior.

Em um discurso, o congressista Frank Wolf, do estado da Virgínia, citou a aparente indiferença dos Estados Unidos às violações dos direitos humanos no Sudão, China, Coreia do Norte, Vietnã, Iraque, Egito e Marrocos.

Ele relatou que a comunidade cristã no Iraque irá se extinguir, a menos que o governo proteja as igrejas e impeça mais ataques, como os que fizeram milhares de cristãos fugirem do país.

Frank Wolf também disse que os Estados Unidos deveriam exigir que o Egito proteja os cristãos coptas da perseguição e que o Marrocos pare de deportar cristãos norte-americanos por suposto proselitismo.

Ele afirmou que os cristãos perseguidos necessitam que a administração Obama levante sua voz em favor dos direitos humanos.


Tradução: Missão Portas Abertas

* Este país não se enquadra entre os 50 mais intolerantes ao cristianismo.


Fonte:http://www.portasabertas.org.br/
Postado em 28 de julho de 2010

Informações sobre cristão condenado a 15 anos de prisão

MARROCOS


MARROCOS (37º) - A agência International Christian Concern (ICC) recebeu novas informações sobre Jamaa Ait Bakrim, um cristão marroquino preso por causa de sua fé desde 2005.

No dia 17 de junho, a ICC publicou uma nota com informações básicas sobre o caso: Jamaa (prisioneiro número 26574) foi detido em 2005 por causa de sua fé e está na Prisão Central, localizada em Kenitra, Marrocos.

A maior parte da pena de 15 anos para Jamaa veio da acusação de “destruição dos deuses de outros”. O que aconteceu realmente foi que Jamaa queimou dois postes de madeira abandonados na frente de sua casa, que atrapalhavam a entrada. Ele pediu permissão para as autoridades, mas não obteve resposta até o dia em que foi preso. “Uma sentença de 15 anos por queimar dois postes é um absurdo. Jamaa representa um sério problema para as autoridades. Ele trouxe à luz suas convicções, e foi por isso que foi preso”, disse um professor de Jamaa.

“Jamaa é um cristão com firmeza naquilo que acredita. O assunto da queima dos postes foi uma desculpa para as autoridades se livrarem de um homem que odeiam”.

O caso de Jamaa chamou a atenção do Congresso norte-americano.

O Marrocos integra o Acordo Internacional de Direitos Civis e Políticos (ICCPR), que afirma que todos têm liberdade de pensamento, consciência, e religião, e podem mudar de religião quando desejarem. Isso também inclui o direito de manifestar sua fé em público ou em particular.


Fonte:http://www.portasabertas.org.br/
Postado em 28 de julho de 2010

RANKING| AD do Farol volta para 1º e a Cohab assume vice-liderança nas ofertas missionárias

Ranking de Missões


Confira a lista completa da capital e veja aposição da sua congregação


O ranking das ofertas missionárias da capital, no mês de junho, traz a ascensão da igreja Assembleia de Deus (AD) da Cohab (no populoso bairro do Jacintinho) para o segundo lugar. A AD é liderada pelo pastor Severino Rodrigues. A congregação é constante todos os meses nas primeiras colocações. Merece destaque também as congregações de menor porte, como Clima Bom B e Franco Jatobá, que sempre aparecem entre as 10 primeiras colocadas.

A oferta levantada nas igrejas e os trabalhos para levantar fundos servem para a manutenção dos missionários que a Assembleia de Deus mantém no exterior. O ranking que o portal AD Alagoas divulga todos os meses serve para os membros observar a colocação da sua congregação. Os dados são da Tesouraria da igreja-sede, no bairro do Farol.

Confira a lista completa da capital:

1. FAROL

2. COHAB

3. TABULEIRO DO MARTINS

4. BEBEDOURO

5. CLIMA BOM B

6. CORONEL PARANHOS

7. FRANCO JATOBÁ

8. JATIUCA

9. PIABAS

10. PONTA DA TERRA

11. BENEDITO BENTES 02

12. SANTOS DUMONT

13. STELLA MARIS

14. LUIZ PEDRO 3 (CONJUNTO)

15. JARDIM GLÓRIA

16. PINHEIRO

17. POÇO

18. CLIMA BOM A

19. SALVADOR LYRA

20. CRUZ DAS ALMAS

21. ENGENHO DE DENTRO

22. EUSTÁQUIO GOMES

23. CAMPESTRE 2

24. JOÃO SAMPAIO 2

25. ALVORADA 1

26. NOVO MUNDO

27. SERRARIA

28. PITANGUINHA

29. FORMOSA

30. CLIMA BOM C

31. BENEDITO BENTES 1

32. VERGEL DO LAGO

33. PARQUE DAS ÁRVORES

34. ALTO DA ALEGRIA

35. TRAPICHE DA BARRA

36. VALPARAÍSO

37. JARAGUÁ

38. CORONEL PARANHOS 02

39. CHÃ DE BEBEDOURO

40. JOSÉ TENÓRIO

41. MARQUÊS DE ABRANTES

42. FEITOSA

43. NOVA COHAB

44. NASCENÇA

45. AV. ROTARY

46. BOM PARTO

47. BARRO DURO

48. PROF. SIDRÔNIO

49. SANTA LÚCIA

50. ARACAUÃ

51. JOAQUIM LEÃO

52. REGINALDO

53. MARQUÊS DE TAMANDARÉ

54. CAIC

55. BELA VISTA

56. VILA BREJAL

57. CHÃ DA JAQUEIRA

58. GAMA LINS

59. MEDEIROS NETO

60. VISTA ATLÂNTICA

61. BENEDITO BENTES 3

62. SELMA BANDEIRA

63. CLETO MARQUES LUZ

64. PARAÍSO DO HORTO

65. FERNANDEZ

66. ACAUÃ

67. MIRAMAR

68. SÍTIO SÃO JORGE

69. DUBEAUX LEÃO

70. CANAÃ

71. CAMPESTRE 4

72. CAMPESTRE 3

73. AEROCLUBE

74. ALDEIA DO ÍNDIO

75. NASCENTE DO SOL

76. NAÇÕES UNIDAS

77. JOÃO SAMPAIO 1

78. GROTA DO ARROZ

79. PRIMITIVA

80. ANTARES

81. PAU D'ARCO 1

82. OSMAN LOUREIRO

83. BOM RETIRO

84. PONTAL DA BARRA

85. TABULEIRO NOVO

86. JOSÉ PEIXOTO

87. VIRGEM DOS POBRES

88. BETEL 2

89. GAMA LINS II

90. SANTO AMARO

91. MUTIRÃO 2

92. GROTA DO CIGANO

93. ROSANE COLLOR

94. VALE DA ALEGRIA

95. SÃO CAETANO

96. CHÃ DA JAQUEIRA 2

97. MARQUÊS DE POMBAL

98. PARQUE DAS AMÉRICAS

99. MOACIR ANDRADE

100. SOMBRA DOS EUCALIPTOS

101. OURO PRETO

102. TABULEIRO NOVO 2

103. MUTANGE

104. BOSQUE DAS ACÁCIAS

105. BETEL

106. POÇO AZUL

107. JACARECICA-VILA EMATER

108. LUIZ PEDRO 1 (CONJUNTO)

109. PRESÍDIO CIRYDIÃO DURVAL

110. VILA SAEM

111. PAU D'ARCO 2

112. NOVA VILA

113. GROTA DO RAFAEL

114. MONTE ALEGRE

115. ALTO DA BOA VISTA

116. CAMBUCI

117. CAMPESTRE 5

118. VALE DO ARTEMÍSIA

119. CHÃ DAS PALMEIRAS

120. MORADA DOS EUCALIPTOS I

121. DENISSON MENEZES

122. PARQUE PETRÓPOLIS


Fonte:http://www.jneweb.com.br/
Postado em 28 de julho de 2010

terça-feira, 27 de julho de 2010

Trabalho missionário envolve jovens na AD Chã de Bebedouro

Grupo de evangelismo e missões em Chã de Bebedouro


As imagens da concentração são exibidas no culto para incentivar outros irmãos.

Sob a coordenação do irmão José Alves, do Pb. Junior e do pastor Serapião, líder da igreja em Chã de Bebedouro, os jovens da congregação estão fazendo um importante trabalho de evangelismo e missões.

Segundo a irmã Queren-Hapuque, membro do grupo, os jovens estão envolvidos com o trabalho graças ao incentivo do pastor que além de coordenar, aos domingos realiza concentração evangelística com todos os órgãos de louvor da igreja.










Fonte:http://www.jneweb.com.br/
Postado em 27 de julho de 2010

Reunião extra da Comadal vai analisar indicação de diáconos e presbíteros

Separação de diáconos na Convenção Estadual do ano passado


Presidente da Comadal ainda vai marcar AGE

O presidente da Convenção dos Ministros da Assembleia de Deus em Alagoas (Comadal), pastor José Antonio dos Santos, ainda vai marcar uma Assembleia Geral Extraordinária (AGE), até o final deste mês, para avaliar a indicação dos candidatos a diáconos e presbíteros de Maceió, feita pelos respectivos dirigentes. Esta informação foi passada, nesta manhã, pelo pastor José Laelson da Silva, secretário da Comadal.

Informações extraoficiais davam conta de que os nomes dos indicados de 2010 seriam apresentados na noite desta segunda-feira (26), durante a reunião mensal do Presbitério. “Nesta noite, vamos tratar de assuntos administrativos, apenas. A avaliação dos nomes acontecerá numa AGE que ainda será marcada pelo pastor-presidente”, revelou o pastor Laelson.

Quando se aproxima o mês de agosto, cresce ainda mais a expectativa dos obreiros nas congregações. Muitos deles têm os seus nomes apresentados à igreja, mas ficam no aguardo da análise da documentação exigida pelo ministério e do parecer do Conselho de Ética da Comadal.

Quando estes pré-requisitos são averiguados e não há qualquer impedimento, o candidato está apto a participar de um curso, com duração de uma semana, para capacitação do obreiro, de acordo com o cargo preterido. As instruções neste ano, conforme revelou o pastor Laelson, acontecem na semana que antecede a Convenção Estadual, no final de agosto.

A quantidade de candidatos a presbítero e a diácono para este ano ainda não foi contabilizada. As congregações da capital ainda enviam a documentação dos obreiros.


Fonte:http://www.jneweb.com.br/
Postado em 27 de julho de 2010

Chico Anysio: "Deus? Que Deus. Eu prefiro ficar sozinho"

Ateu, Chico diz que prefere ficar sozinho

Humorista escreveu um texto em seu blog afirmando que casos como de Rafael Mascarenhas fazem com que ele seja ateu

Chico Anysio não conseguiu ficar quieto ao ver Rafael Mascarenhas, filho de Cissa Guimarães, morrer após ser atropelado. O humorista e amigo da atriz usou seu blog para comentar o assunto e se mostrou revoltado com o acidente. “Mas e então? Que Deus é este que deixa que morra um menino de 18 anos, à espera de começar seu caminho na vida e deixa vivo e solto o animal que o atropelou, o débil mental que faz de um túnel uma pista de corrida e simplesmente arranca da vida um ser bonito, jovem, ansioso por começar a viver, filho de uma mãe maravilhosa, como colega, como amiga e como pessoa?”, escreveu.

Chico cita ainda o caso Bruno, as crianças que passam fome na África e os conflitos no Oriente Médio para dizer que essas coisas fazem com que ele seja ateu. “Deus é onisciente? Então ele sabia que o Rafael teria que morrer naquele dia, naquela hora e daquele modo. Sendo assim, meus amigos eu deixo à disposição de todos a minha parte de Deus porque se Ele tem e é tantos ‘onis’ e o mundo está como está, eu prefiro ficar sozinho”, disse.

Rafael Mascarenhas, 18, morreu na manhã de terça (20). O rapaz andava de skate em um túnel interditado do Rio quando dois carros furaram o bloqueio para, supostamente, fazer um racha. O menino foi atropelado, passou por cirurgia, mas não resistiu.


Fonte:http://www.jneweb.com.br/
Postado em 27 de julho de 2010

Novos ataques contra igrejas em cidade do Quirguistão

QUIRGUISTÃO


QUIRGUISTÃO (49º) - Dias depois da invasão à uma igreja que deixou uma mulher gravemente ferida, há informações de que outro templo em Bishkek, Quirguistão, foi objeto de um crime similar.

“Testemunhas afirmam que quatro homens entraram na igreja, agrediram uma moradora, e roubaram dinheiro e equipamentos”, conta Jed Courley, pastor da primeira igreja invadida.

Jed, missionário da Calvary Chapel, conta: “Valya, a cristã que foi roubada e agredida, já foi liberada do hospital”.

“Apesar das lembranças e cicatrizes dos terríveis acontecimentos daquela noite, ela se recuperará completamente. No entanto, como já se esperava, a polícia não deu nenhuma informação nova sobre o caso”.

“Ore pelos cristãos no Quirguistão e por Valya enquanto ela se recupera de seus ferimentos. O povo está encerrando um período de 40 dias de luto pelas vítimas dos conflitos no sul, e não se sabe se haverá outros ataques nos próximos dias.”


Fonte:http://www.portasabertas.org.br/
Postado em 27 de julho de 2010

Enfermeira cristã é violentada por médico muçulmano

PAQUISTÃO


PAQUISTÃO (14º) - Uma enfermeira ficou inconsciente após um médico muçulmano tê-la estuprado e jogado do quarto andar do hospital em que trabalhavam.

A enfermeira, ainda estagiária, disse para a imprensa e grupos de direitos humanos que diversos muçulmanos, liderados pelo doutor Abdul Jabbar Meammon, a estupraram e jogaram seu corpo inconsciente do quarto andar do hospital Jinnah Postgraduate Medical Center (JPMC) para impedir que ela revelasse o abuso.

Meammon, que assumiu uma sala na ala feminina do hospital, tem um histórico de abuso contra enfermeiras cristãs, afirma um administrador do hospital. A doutora Seemi Jamali, chefe da Emergência, disse que Meammon foi suspenso do hospital sete vezes por beber no trabalho e outros maus comportamentos, e ele estava bêbado quando agrediu Ashraf.

Médico no IML do hospital, cuidando das autópsias, Meammon ocupava um quarto na ala feminina do dormitório do hospital, conta Jamali. Ela acrescentou que Meammon é uma figura influente, apoiado por um partido político em Karachi.

Magdalene Ashraf, estudante do terceiro ano de enfermagem, ficou inconsciente durante 56 horas, enquanto os cirurgiões batalhavam para salvar sua vida. Ainda em condições críticas, ela deu um depoimento para a polícia no dia 19 de julho. No mesmo dia, ela conversou com um advogado, relatando o estupro e a agressão.

A polícia apenas acusou Meammon e seus cúmplices com tentativa de assassinato. No entanto, um relatório médica confirmou que Ashraf foi estuprada por Meammon e mais cinco homens.

Um dos familiares de Ashraf disse que eles continuam a receber ameaças de Meammon.

Fonte:http://www.portasabertas.org.br/
Postado em 27 de julho de 2010

Número recorde de ataques contra cristãos

Cristão indonésio que foi persguido e linchado por uma turba enfurecida de muçulmanos.


INDONÉSIA (48º) - Os primeiros sete meses de 2010 foram marcados por um número recorde de ataques anticristãos, afirma um relatório do Instituto Setara por paz e democracia. No total, foram registrados 28 ataques contra a liberdade religiosa entre janeiro e julho, comparados aos 18 incidentes em todo o ano de 2009 e 17 em 2008.

Bekasi enfrentou o maior número de incidentes, 7 ataques, e Jacarta, com 6 ataques.

Se os ataques continuarem, o número total de incidentes no final do ano será três vezes maior do que 2009.

Por outro lado, o número de ataques contra a comunidade Ahmadiyah diminuiu; foram 4 em 2010, comparados a 33 em 2009. Aos olhos da maior parte dos muçulmanos, os ahmadis são uma seita herege que acredita que seu fundador, Mirza Ghulam Ahmad, foi o último profeta do Islã, afirmação que contradiz os ensinos muçulmanos.

Ismail Hasani, pesquisador do instituto Setara disse que esses ataques são a ponta do iceberg. “Baseamos nosso trabalho nos incidentes que foram registrados, mas há outros”.

“Doze das violações deste ano eram sobre fechamento de templos e proibição de construir igrejas. Parece que o governo não percebe que o direito de cultuar, como é garantido na Constituição, vem com o direito de ter um lugar para realizar as reuniões.”

Somente em 2010, radicais muçulmanos interromperam cultos, impediram os cristãos de entrar na igreja, destruíram templos e impediram a construção de novos locais.


Fonte:http://www.portasabertas.org.br/
Postado em 27 de julho de 2010

segunda-feira, 26 de julho de 2010

INDONÉSIA: IGREJA APELA À ONU POR LIBERDADE RELIGIOSA

INDONÉSIA


A Igreja “Gereja Kristen Indonésia” (GKI), na cidade de Bogor, entrou com um recurso de discriminação religiosa na unidade das Nações Unidas de Relatos Especiais sobre a liberdade de religião ou crença. A afirmação vem dos próprios dirigentes da Igreja.
Desde 11 de abril deste ano a congregação realizou cultos sob sol escaldante em frente da igreja fechada pelo prefeito. O pastor da igreja, o reverendo Ujang Tanusaputra, disse a agência de notícias cristãs Compass Direct que a igreja construiu um edifício e recebeu uma autorização oficial do governo para realizar os cultos. “Embora tenhamos toda documentação em ordem, o prefeito moveu uma ação contra a igreja, pela construção ainda não estar 100% concluída e venceu. Não estamos autorizados realizar nossos cultos no prédio da igreja”, afirma.
O andamento da construção da igreja estava indo bem, até que um grupo de muçulmanos extremistas começaram a protestar contra. Autoridades do governo interditaram a construção sob a pretensão de apaziguar a fúria dos muçulmanos. Jayadi Damanik, um dos membros da equipe jurídica da igreja, disse que o governo quer que as pessoas obedeçam à lei, mas o próprio governo não está respeitando a regra do direito que os cristãos receberam de adorarem no prédio próprio.
Em Bekasi, no dia 20 de junho, funcionários do governo também interditaram uma casa onde eram realizados cultos da igreja Kristen Batk Protestan Podok Timur Indah. O pastor da igreja, o reverendo Luspida Simanjuntak, disse que havia tentado conversar com o governo, mas a pressão de organizações islâmicas, incluindo a Frente de Defensores Islâmicos foram tão fortes que o governo não poderia ficar de pé para eles.


Fonte: http://www.vozdosmartires.com.br
Postado em 26 de julho de 2010

AFEGANISTÃO: ORGANIZAÇÕES CRISTÃS SÃO EXPULSAS

AFEGANISTÃO

O governo do Afeganistão suspendeu, em 31 de maio, as operações de duas organizações de ajuda humanitária cristã. O motivo é a suspeita de que as organizações estariam provocando a conversão de afegãos islâmicos em cristãos. De acordo com as leis do país, isso é crime.
O jornal norte-americano New York Times (NYT) publicou uma reportagem mostrando fotografias de supostos ocidentais batizando afegãos e orando em cultos domiciliares. O canal de televisão Noorin TV, mencionou as duas organizações suspensas noutra reportagem, mas depois confirmou que não tinha nenhuma prova ligando as organizações com os batismos ou reuniões de oração.
Um porta-voz do Ministério da Economia, que regulamenta os grupos de ajuda no Afeganistão, disse ao jornal NYT que não havia provas contra os grupos de ajuda cristã. Mohammed Sediq Amarkhiel disse que os grupos foram suspensos por causa das reportagens em que “suspeitas foram levantadas” e “deixou as pessoas com muita raiva.” Amarkhiel disse que o governo continuará a investigar as atividades dos grupos humanitários no Afeganistão. “Se eles estão realmente envolvidos na tentativa de converter o povo afegão ao cristianismo, definitivamente essas pessoas vão ser encaminhadas as autoridades judiciais”, afirmou.
De acordo com a agência de notícias Associated Press, o vice-secretário do Parlamento Afegão condenou todos os cristãos que apareceram nas fotos e no vídeo à execução pública.
A expulsão dessas organizações de ajuda humanitária cristãs é o mais recente ataque contra os cristãos no Afeganistão. Em agosto de 2007, o Taliban sequestrou 23 sul-coreanos que trabalhavam numa organização de ajuda de uma igreja. Dois deles foram mortos e o restante foi libertado um mês depois. Em 2001, oito trabalhadores humanitários internacionais foram presos e acusados de pregar o cristianismo.
A Voz dos Mártires apóia os cristãos no Afeganistão, fornecendo literatura e outras ferramentas de ministério a líderes da igreja afegã. A VdM incentiva você a orar pelos crentes que decidem compartilhar o Evangelho nessa região muito difícil.


Fonte: http://www.vozdosmartires.com.br
Postado em 26 de julho de 2010

NEPAL: PASTOR AGREDIDO POR MAOÍSTAS

NEPAL


Em 13 de junho, rebeldes maoístas no Nepal atacaram vários cristãos que estavam em uma reunião de oração. A informação chegou até a Missão A Voz dos Mártires através de fontes da VdM no país. Os rebeldes mandaram parar a reunião. O pastor os ignorou e continuou com as orações. Então, eles o agrediram e depois partiram para cima dos cristãos.

Antes do ataque, o pastor pediu aos maoístas para sair e retornar no dia seguinte para falar com ele, mas os rebeldes, começaram a espancá-lo com pedaços de paus. Quando os membros da igreja, incluindo o pai do pastor e as mulheres, tentaram defendê-lo, mas os maoístas os atacaram também. Os rebeldes também queimaram Bíblias e hinários durante o ataque.

No dia seguinte, moradores locais acusaram os cristãos de não pagar impostos e de tentar converter à força a população local ao cristianismo. “Cada família cristã foi condenada a pagar um imposto que eles não deviam. Alguns cristãos estão voluntariamente abandonando a vila. Os que ainda permanecem correm risco de perderem suas casas”, informou a fonte.

A situação dos cristãos nessa área é crítica. As orações são urgentes. Ore para que Deus cure as feridas deixadas no corpo do pastor e dos irmãos agredidos. Ore para que eles continuem a olhar para Cristo.

Fonte: http://www.vozdosmartires.com.br
Postado em 26 de julho de 2010

DINAMI: Dia Nacional de Missões

DINAMI: Dia Nacional de Missões

Janela 10/40 O Maior Desafio Missionário da Atualidade.

Janela 10/40 O Maior Desafio Missionário da Atualidade.

Seguidores

Share

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More