Igreja Sede| Eliã Oliveira louva ao Senhor no culto de Santa Ceia

O culto de Santa Ceia desta terça-feira (04) realizado na Igreja Sede da Assembleia de Deus em Alagoas teve o louvor da cantora pernambucana Eliã Oliveira. O pastor José Lealson ministrou a mensagem bíblica da...

Pr. José Orisvaldo Nunes: “Se você está atravessando o Vale, saiba que Deus cuidará de ti!”

O pastor-presidente José Orisvaldo Nunes de Lima foi usado por Deus na ministração da Palavra durante o Culto de Doutrina desta terça-feira (20) no templo-sede da Assembleia de Deus em Alagoas. Após a mensagem, foi feito o convite àqueles que estavam...

500 Anos da Reforma Protestante| Centenas de evangélicos participaram dos Seminários no interior

Cumprindo mais uma rodada de seminários sobre os 500 Anos da Reforma Protestante, as cidades de Arapiraca, Dois Riachos, Porto Calvo e Rio largo sediaram o evento no último sábado (17). Os assembleianos lotaram as igrejas para...

Americano preso morre na Coreia do Norte

A família de Otto Warmbier, cristão de 22 anos, confirmou seu falecimento no dia 19 de junho, apenas uma semana depois de ser libertado – em coma – após 15 meses de prisão na Coreia do Norte. Leia a matéria sobre a...

O único lugar onde podíamos adorar

O vento afiado e o frio sopravam na cela da prisão, mas Hea-Woo dificilmente podia senti-lo. Ela dificilmente podia sentir qualquer coisa. “Eu estava dentro das horas da morte; doente, desnutrida e congelada por causa das condições deploráveis da cela da prisão. Eu não pensei que estaria viva para...

Camboja deve construir 500 novas igrejas, após se libertar da repressão comunista

Dezenas de pastores se aglomeraram em torno de Hun Sen, com os smartphones estendidos, engajados para comemorar o primeiro encontro do primeiro-ministro cambojano com os cristãos...

terça-feira, 30 de junho de 2009

Reunião do presbitério é remarcada para a próxima semana



Pr. José Neco quer prestar solidariedade aos familiares enlutados


Por conta da morte do pastor Aurélio de Azevedo a reunião mensal do presbitério, agendada para a noite desta segunda-feira (29), na igreja-sede, foi remarcada para a próxima semana, dia 6 de julho.

A informação foi confirmada pelo pastor José Antonio dos Santos que deve prestar solidariedade às famílias enlutadas, na noite desta segunda, durante a visitação dos corpos das vítimas fatais do acidente ocorrido em Flexeiras.


Fonte:http://www.jneweb.com.br/
Postado em 30 de junho de 2009.

Comoção nas homenagens aos três servos de Deus


Templo-sede no Farol está lotado; familiares e pastores choram pela perda


Comoção. Essa é a palavra que pode resumir todo o sentimento daqueles que estão no templo-sede, situado na Avenida Moreira e Silva, no bairro do Farol.

A igreja está lotada. Todos vieram prestar as últimas homenagens àqueles que tombaram em batalha: pastor Aurélio de Azevedo, diácono Edvan Sales e o auxiliar Fernando Barbosa (todos da congregação do bairro do Feitosa), que morreram ontem vítimas de acidente de trânsito na BR-101, na entrada do município de Fleixeiras.

Os filhos do ministro assembleiano e a esposa dele, Marlene Santos de Azevedo, e os familiares dos auxiliares estão desolados. Os pastores, amigos de ministério de Aurélio de Azevedo, estão ainda em estado de choque e tristes com a separação repentina.

O pastor-presidente José Antonio dos Santos, muito emocionado, leu em 1 Ts 4.13, que diz: “Não quero, porém, irmãos, que sejais ignorantes acerca dos que já dormem, para que não vos entristeçais, como os demais, que não têm esperança”. Depois da leitura, o pastor-presidente lamentou a perda para a igreja, mas explicou que eles estão bem guardados para o dia da redenção.

A cena é triste. E um dos momentos mais comoventes da cerimônia foi quando o irmão do auxiliar Fernando Barbosa externou seu sentimento pela perda. “Muitos vão a uma guerra lutar pelo seu país, meu irmão enfrentava uma guerra diferente, ele ia tentar salvar vidas, crianças, mulheres, homens para o reino de Deus. E ele morreu em batalha, tenho orgulho de ter tido um irmão como Fernando”, disse emocionado.

De Natal-RR, vieram obreiros para prestar solidariedade às famílias. As vítimas do acidente voltavam do congresso da Escola Bíblica do Lar na cidade, realizado no fim de semana. “Foi muito triste quando soubemos da notícia”, disse o pastor Werley Martis (RN).

Fonte:http://www.jneweb.com.br/
Postado em 30 de junho de 2009.

Parentes e amigos se despedem do Pr. Aurélio de Azevedo


Corpos do ministro e de obreiros estão expostos para visitação


Uma tragédia maiúscula. Assim pode ser classificada a situação atual vivida por três famílias que enfrentam uma situação extremamente delicada. Vários pontos em comum: todas evangélicas, membros da Assembleia de Deus no Feitosa e que choram a perda de um ente querido. Na igreja-sede, prevalecem o choro e a saudade do pastor Aurélio de Azevedo, do diácono Edvan Sales e do auxiliar Fernando Barbosa, que morreram hoje vítimas de acidente de trânsito.

A chegada do corpo do pastor à Assembleia de Deus no Farol, por volta das 18h30, comoveu a quem aguardava sentado o momento de ver o ministro pela última vez. A União de Mocidade da Assembleia de Deus no Feitosa (Umadefer), assim como parte dos membros da congregação onde o Pr. Aurélio era o dirigente, comparecem em grande quantidade e dividem a dor com as famílias.

Os filhos do ministro e a esposa dele, irmã Marlene Santos de Azevedo, estão desolados, assim como os parentes dos outros dois obreiros.

Pastores que labutam na obra do Senhor em Alagoas e que eram amigos do pastor Aurélio começam a chegar a todo instante visando prestar solidariedade aos enlutados. Amigos e conhecidos dos parentes igualmente sentem a separação e visitam o corpo na sede. Por onde se anda veem-se pessoas abraçadas e comentando o quanto sentirão falta dos amigos que perderam tão subitamente.

Na opinião do pastor José Luiz dos Santos (Tabuleiro do Martins), a morte do pastor Aurélio “do ponto de vista humano é muito triste”. Os dois eram amigos há bastante tempo e os laços se consolidaram ao longo dos anos e na medida em que subiam no ministério, por conta da aproximação nos trabalhos.

“Tínhamos um excelente relacionamento, inclusive ele levou o projeto do Estudo Bíblico nos Lares, no ano passado, para a congregação em Coronel Paranhos quando eu ainda liderava. Foi um trabalho muito bom e proveitoso. Recentemente, o pastor Aurélio me ligou para dizer que estava muito feliz com este projeto que iria levar para Natal. Infelizmente aconteceu esta tragédia na viagem de retorno”, relatou o pastor José Luiz.

O pastor Gilson Farias (Stella Maris) também fez menção da morte do companheiro. “Ele era um irmão para mim, tínhamos uma ligação muito forte. Ele me ligou na semana passada para marcarmos o projeto que ele liderava para São Miguel dos Milagres. E ainda conversamos muito na terça-feira. O momento é de extrema tristeza; estou sem palavras”, disse.

Já o vice-coordenador da Umadefer, Flávio Inácio da Silva, estava profundamente abalado com a perda de três pessoas que ele considerava como amigos. O jovem dividia a liderança da união com o diácono Edvan, um das vítimas fatais, há dois anos. Para ele, a tragédia pode ser resumida em uma única palavra: saudade.

“Estava no trabalho quando soube do acidente pelo rádio. Fiquei muito abalado. Perdemos um pai [Pr. Aurélio], um conselheiro [Dc. Edvan] e um amigo [Aux. Fernando]”, declarou o rapaz, sem esconder a tristeza. Flávio da Silva completou que a coordenação da Umadefer foi dada ao diácono Edvan por ele ser bastante organizado.

O irmão Erivelton Lopes, da congregação no Feitosa, revelou ao Portal ADALAGOAS que seria um dos que viajaria para o Rio Grande do Norte com o Pr. Aurélio. Ele integra o projeto Estudo Bíblico no Lar, atua com secretário e só não viajou porque houve a determinação de última hora para que apenas três fossem a Natal.

Ficha

Consta na ficha de membro que o pastor Aurélio de Azevedo nasceu no dia 19 de junho de 1947 e se converteu ao evangelho no dia 25 de outubro de 1973. Foi batizado no Espírito Santo em 20 de agosto de 1985 e recebeu a consagração ao diaconato no dia 01 de agosto de 1985. Chegou ao presbitério no dia 02 de setembro de 1990, a evangelista em 30 de agosto de 2001 e a pastor no dia 28 de agosto de 2006.

Já o diácono Edvan de Sales Santos nasceu no dia 01 de abril de 1980, e morava na Rua Jardim Manguaba, no Feitosa. Era casado com Beatriz da Silva Medeiros com a qual teve uma filha há três meses. Foi batizado no Espírito Santo no dia 21 de março de 2000 e foi separado ao diaconato no dia 27 de agosto de 2008.

O auxiliar Fernando Barbosa Rodrigues nasceu em 17 de novembro de 1973, e morava na Travessa Desembargador Hélio Cabral, no Feitosa. Foi batizado nas águas no dia 27 de agosto de 1995 e já era batizado no Espírito Santo.

Fonte:http://www.jneweb.com.br/
Postado em 30 de junho de 2009.

Pastor Aurélio de Azevedo morre em acidente na BR-101



Dois obreiros do Feitosa também faleceram
Acidente ocorreu no Km 53, da BR-101, próximo a cidade de Flexeiras


Um grave acidente ocorrido no início da manhã desta segunda-feira (29), na BR-101, na altura do quilômetro 43, trecho próximo ao trevo que dá acesso ao município de Flexeiras, provocou a morte de três obreiros assembleianos, um deles era o pastor Aurélio de Azevedo, dirigente da igreja no Feitosa. As vítimas voltavam do congresso da Escola Bíblica do Lar, realizado no fim de semana em Natal-RN.

Os três estavam no Gol vermelho de placas DDE-0201/AL que se chocou violentamente, por volta das 5h, com o caminhão, placa MHF-6620, Itupranga-SC, carregado de batatas. Morreram o auxiliar Fernando Barbosa Rodrigues e o diácono Edvan de Sales Santos. O pastor Aurélio ainda agonizou por alguns minutos e conseguiu dizer o número do telefone para uma pessoa que passava pelo local, mas não resistiu.

Ainda transtornado com a ocorrência, um dos filhos do pastor, Esdras de Azevedo, relatou que o pai voltava de Natal-RN, e por volta das 5h o veículo onde ele estava chocou-se com o caminhão. As causas do acidente ainda serão apuradas pela perícia.

“Logo após o acidente, uma pessoa passou por aqui e tentou ajudar, mas não podia. O pastor Aurélio pedia insistentemente para sair de onde estava [preso às ferragens]. Ele sangrava muito. A pessoa disse para ele que não podia ajudar porque quem deveria fazer o trabalho era o Corpo de Bombeiros. Mesmo com o chamado de emergência não houve mais tempo. O pastor foi desfalecendo e morreu”, relatou o deputado Jota Cavalcante, que está no local do acidente.

O parlamentar estava muito emocionado e assim que soube da ocorrência decidiu seguir para Flexeiras, para prestar solidariedade às famílias enlutadas. Jota disse que a cena do acidente é chocante. O veículo onde estava o pastor e os obreiros ficou totalmente destruído. O motorista do caminhão ficou ferido e precisou ser conduzido para atendimento de urgência no Hospital Geral do Estado (HGE). A carga de batatas foi parcialmente saqueada pela população.

O pastor João Bosco, atualmente líder do campo em Novo Lino, passou pelo trecho do acidente no início da manhã e reconheceu o corpo do pastor Aurélio. Ele ficou superemocionado e parecia não entender como aconteceu aquela tragédia.

Equipes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) permaneceram no local da ocorrência por muito tempo e organizaram a liberação da pista, que ficou com trânsito bastante lento. Os corpos dos três assembleianos serão necropsiados no Instituto Médico Legal (IML) de Maceió e, em seguida, liberados para que as famílias providenciem o enterro.

Os corpos serão expostos para visitação pública possivelmente no final da tarde desta segunda-feira. O local e o horário do sepultamento ainda não foram confirmados pela família.

Fonte:http://www.jneweb.com.br/
Postado em 30 de junho de 2009.

sábado, 27 de junho de 2009

Tobias Barreto, liderada pelo Pb. Ademário Souza, também fez o culto lembrando o DIP.




Culto lembra o Domingo da Igreja Perseguida na subcongregação da Rua Tobias Barreto



E na subcongregação da Rua Tobias Barreto, liderada pelo Pb. Ademário Souza, também fez o culto lembrando o DIP. Um jejum com toda a Igreja foi marcado para durante o dia. À tarde, os obreiros saíram para evangelizar e à noite o culto foi avivado.

A mensagem foi pregada pelo auxiliar Luciano Rafael (Rio Largo). A mensagem foi baseada em Atos 1.8

Postado em 27 de junho de 2009.

Convertido ao Islã, Michael Jackson morre sozinho e endividado




Cantor morreu após ter sofrido uma parada cardíaca, em sua casa, nos EUA


Segundo autoridades de Los Angeles, Michael Jackson morreu nesta quinta-feira, 25 de junho, após ter sofrido uma parada cardíaca, em sua casa, nos EUA. Paramédicos foram chamados, mas ele já estava morto quando chegou ao hospital. Em novembro do ano passado, o popstar - criado como Testemunha de Jeová - se converteu ao islamismo.

Michael Jackson não estava em sua casa no dia 18 de novembro de 2003 quando seu rancho de 1,3 mil hectares, batizado de Neverland, foi invadido por 60 investigadores que buscavam pistas que pudessem comprovar uma denúncia de pedofilia feita contra o cantor.

Dois dias depois, e Michael chega algemado a uma delegacia sob a acusação de ter abusado sexualmente de um menor de 12 anos. Ele paga uma fiança de US$ 3 milhões e deixa o local no mesmo dia. Era o início de uma batalha judicial que o inocentou 20 meses depois, tempo suficiente para manchar para sempre a carreira de um dos maiores fenômenos da música.

Jackson 5

O cantor nasceu Michael Joseph Jackson, em Gary, no Estado de Indiana, no Estados Unidos, no dia 29 de agosto de 1958. Ao todo, seus pais tiveram nove filhos, mas foi ele quem revelou uma habilidade musical fora do comum desde muito pequeno.

Esse talento acabou explorado por seu pai, Joseph Jackson, que montou um grupo com alguns de seus filhos e o batizou de Jackson 5. Michael --o sétimo filho-- integrou o conjunto e logo ganhou destaque com seu carisma, que à época assombrou produtores musicais.

O sucesso pelo interior dos Estados Unidos acabou rendendo um contrato com a lendária gravadora Motown. Nesse período, os Jacksons ganharam sete singles de platina pela venda de aproximadamente um milhão de cópias e três álbuns de platina pela venda de mais de dois milhões de discos.

Apesar do sucesso prematuro, Michael costuma se remeter àquela época como um período infeliz de sua vida. Dominado por um pai abusivo, disse depois que se sentia isolado e sozinho.

Apogeu

Foi em 1971 que a Motown começou a lançar o cantor em carreira solo --entre indas e vindas, o último trabalho de Michael com os Jackson 5 foi em 1984 no álbum "Victory". Ele arrebatou milhões de fãs ao criar um novo estilo, que unia canções de refrão fácil, musicalidade e muita dança. Em 1972, ele foi eleito o melhor vocalista masculino do ano por seu primeiro disco solo, "Got to Be There".

Mas os holofotes se voltaram mesmo para ele em agosto de 1979 com o lançamento do álbum "Off the Wall", que vendeu 11 milhões de discos. O grande marco, no entanto, viria em dezembro de 1982, com "Thriller". O disco, com músicas de sucesso como "Billie Jean" e "Beat It", vendeu mais de 100 milhões de cópias no mundo todo até hoje, o que faz dele o mais vendido da história.

"Thriller" foi seguido de "Bad" (1987) --que vendeu 20 milhões de cópias-- e "Dangerous", de 1991 (21 milhões de cópias).

Os recordes davam uma amostra do espaço que o cantor ocupava na cena pop. Michael Jackson mudou a história da música ao também inovar em outros dois campos da indústria do entretenimento: ele adotou um marketing agressivo de divulgação de discos e passou a produzir clipes quase cinematográficos.

Os contratos de publicidade com a fabricante de refrigerantes Pepsi e a gigante de eletrônicos Sony, além de investimentos em catálogos de música, renderam a Jackson uma grande fortuna.

Ao se transformar em sensação mundial, acabou protagonizando sucessos e escândalos, sempre com ampla cobertura da mídia.

Queda

As primeiras críticas sofridas por Michael começaram em 1984, quando ele afinou o nariz: era a primeira de uma série de cirurgias plásticas que mudaram as características de seu rosto. Em 1991, ele chegou a ser comparado a um androide. Ao morrer, o cantor tinha a pele completamente branca --resultado de uma doença, de acordo com ele-- e o nariz, boca e queixo modificados.

Mas o declínio de sua carreira começou mesmo em agosto de 1993, quando ele sofreu a primeira acusação de pedofilia. Um homem recorreu à Justiça afirmando que Michael abusou de seu filho, Jordan Chandler, 13. O caso acabou resolvido fora dos tribunais em um acordo que pode ter envolvido US$ 25 milhões.

O escândalo ocorreu pouco depois de Jackson ter voltado às manchetes dos jornais ao anunciar seu casamento com Lisa Marie Presley --a filha de Elvis-- então com 26 anos e herdeira de uma fortuna estimada em US$ 100 milhões.

Apesar de ter conseguido evitar uma guerra nos tribunais, o escândalo comprometeu sua carreira por toda a década de 90. Em junho de 1995, ele lançou o disco duplo batizado de "HISstory, Past, Present and Future - Book 1", que recebeu críticas negativas e teve vendas de 16 milhões de cópias, resultado abaixo do esperado em razão dos gastos de quase US$ 40 milhões em publicidade.

Em fevereiro do ano seguinte, ele se separa de Lisa Presley para se casar em novembro com a enfermeira Debbie Rowe --então com 37 anos--, com quem teve dois filhos: Prince Michael e Paris Michael Katerine. O casamento durou até 1999, quando eles se divorciaram.

Michael só voltou à mídia em 2001, com o álbum "Invincible". O racha do cantor com a Sony resultou em uma fraca divulgação e oito milhões de discos vendidos, seu pior desempenho desde "Off the Wall (1979)".

A partir de então, os comentários sobre a produção musical de Michael Jackson voltaram a ceder espaço aos escândalos de sua vida particular. O primeiro deles aconteceu em novembro de 2002, quando ele decidiu pendurar seu terceiro filho --com uma mãe de aluguel--, Prince Michael 2º, de nove meses, para fora da sacada de um hotel em Berlim. As críticas o obrigaram a pedir desculpas públicas no dia seguinte.

Pedofilia

Essa não foi a única atitude intempestiva do cantor. A mais polêmica estava prestes a acontecer. Em fevereiro de 2003, uma TV britânica mostrou o documentário "Living With Michael Jackson", de autoria do jornalista Martin Bashir, que passou oito meses entrevistando o cantor em Neverland.

No filme, o repórter pergunta sobre o episódio em que Michael é acusado de pedofilia em 1993. O cantor reafirma que nunca abusou de um menor, mas confessa que já havia dividido sua cama com vários garotos. A polêmica ganhou as manchetes e as TVs do mundo todo, que disputavam o direito de veicular o documentário.

Quando o assunto começava a deixar os noticiários, nova polêmica: motivado pelo filme, os pais de um adolescente entram com uma ação contra Michael Jackson afirmando que, em 2000, ele molestou seu filho, que à época contava 12 anos.

Dessa vez o astro não conseguiu evitar o julgamento, que só começou em janeiro de 2005 e teve duração de seis meses. A ação gerou novas denúncias de pedofilia, que envolveu até o ator Macaulay Culkin, que precisou ir ao tribunal negar que tenha sido abusado por Michael.

O cantor venceu o processo, mas saiu dele doente, com uma dívida de US$ 270 milhões e a vida devastada. Para não perder Neverland, afundada em dívidas, Michael precisou vender os direitos de cerca de 200 canções dos Beatles, que ele detinha desde 1985.

Mesmo endividado, o cantor não esperou mais do que um mês após o veredicto para comprar um luxuoso imóvel e se mudar para Bahrein, pequeno reino do Golfo. Ele só voltaria para os Estados Unidos em dezembro de 2008, quando alugou uma mansão em Los Angeles por US$ 100 mil mensais.

Michael Jackson comemorou seus 50 anos em agosto do ano passado ao lado apenas dos filhos e sob a especulação de que estaria cada vez mais doente. De acordo com alguns tabloides, o cantor sofria de uma grave doença pulmonar genética que o teria convencido de que morreria em breve.

Conversão

Em novembro do ano passado, o popstar se converteu ao islamismo em uma cerimônia na casa de um amigo em Los Angeles. A conversão lhe deu uma nova alcunha: Mikaeel, nome de um dos anjos de Alá.

De acordo com o tablóide The Sun, a cerimônia de conversão ao islamismo aconteceu enquanto o cantor, que cresceu como Testemunha de Jeová, gravava um álbum na casa de Steve Porcaro, tecladista que compôs uma música para o aclamado álbum "Thriller".

Uma pessoa próxima a Jackson afirmou que o cantor foi aconselhado a se converter ao Islam pelo compositor David Whamsby e o produtor Phillip Bubal, que também são adeptos da religião.


Fonte:http://www.jneweb.com.br/
Postado em 27 de junho de 2009.

Adolescentes evangelizam pelas ruas de Bebedouro



Grupo decidiu atender a convite seguindo a pé entregando folhetos


Todo tempo é importante para conquistar almas para Jesus. E os adolescentes da Assembleia de Deus em Bebedouro não querem perder um segundo sequer. Aproveitando que iriam louvar em uma congregação próxima, em Paraíso do Horto, os integrantes do grupo Perfeito Louvor decidiram ir a pé só para distribuir folhetos da Palavra de Deus pelo caminho.

O fato aconteceu na tarde deste domingo (21). Antes de ganharem as ruas, os adolescentes oraram com os seus líderes e pediram a Deus sabedoria para entregar as literaturas bíblicas, além de livrá-los de empecilhos até chegarem ao destino.

A sugestão de evangelizar pelo caminho partiu da coordenação do departamento, mas foi acatada sem problemas pelos juvenis. Eles queriam mesmo era mostrar para a comunidade que Jesus Cristo salva, cura, batiza no Espírito Santo, prepara e leva para o céu.

Para despertar mais a atenção do povo, os adolescentes decidiram também louvar durante o percurso. Várias canções conhecidas e com o conteúdo evangelístico foram entoadas.

Convite

O grupo foi convidado para louvar em um estudo bíblico na congregação vizinha, cujo estudo foi ministrado pela irmã Denise. O auxiliar Thiago Ferreira e as irmãs Jeane Alves e Marta Barbosa são coordenadores do departamento Perfeito Louvor.


Fonte:http://www.jneweb.com.br/
Postado em 27 de junho de 2009.

FOTOS:Adolescentes evangelizam pelas ruas de Bebedouro

















Fonte:http://www.jneweb.com.br/
Postado em 27 de junho de 2009.

Pr. Ricardo toma posse na AD em Bebedouro




Posse do Pr. Ricardo em Bebedouro


A igreja em Bebedouro participou de um emocionante e fervoroso culto nesta sexta-feira, 19 de junho. O culto de posse do novo dirigente da congregação, Pr. Ricardo que substituiu o pastor Daniel Silva, atual líder da AD em Feira Grande.

A cerimônia foi dirigida pelo pastor Amaro Antonio, vice-presidente da Assembleia de Deus em Alagoas. Durante a cerimônia, o novo dirigente e sua família foram apresentados à igreja pelo Pr. Amaro. Em seguida, o vice-presidente ressaltou a importância do trabalho pastoral e relembrou alguns momentos da época em que também esteve à frente desta congregação.

Muitos obreiros da capital e do interior foram à congregação prestigiar a cerimônia de posse. Entre eles, o Pr. João Bosco, Pr. José Barbosa (Piaçabuçu), Pr. Edvaldo, Pr. José Firmino (Atalaia), Pr. José Roberto (Arapiraca), Pr. Josias, Pr. José Luiz (Tabuleiro), Pb. Toni (Salvador Lyra), Pb. Elizeu (Tabuleiro).

Irmãos da congregação sede da AD Arapiraca e do bairro Brasília, antes dirigida pelo Pr. Ricardo, participaram do culto. Além desses irmãos, os cantores Ednaldo Santos, Valdério Nascimento, o deputado estadual Jota Cavalcante e o deputado Hélio Silva foram parabenizar o pastor.

Ainda durante o culto, o Pr. José Roberto, dirigente do campo de Arapiraca testificou sobre o obreiro. Segundo o Pr. Roberto, o pastor Ricardo é seu filho na fé e como obreiro ele é considerado um exemplo de amor e dedicação à obra de Deus.

No final, o novo dirigente fez seu primeiro pronunciamento como líder da AD em Bebedouro. O Pr. Ricardo leu o texto bíblico de Josué 6.14-16. Uma pessoa decidiu entregar sua vida a Jesus.


Fonte:http://www.jneweb.com.br/
Postado em 27 de junho de 2009.

FOTOS:Pr. Ricardo toma posse na AD em Bebedouro

















Fonte:http://www.jneweb.com.br/
Postado em 27 de junho de 2009.

quarta-feira, 24 de junho de 2009

Povoado de Palestina recebe donativos de membros da Cohab



Trabalho social e evangelístico rendeu com almas para Jesus


O departamento de Missões da Assembleia de Deus na Cohab, dirigida pelo pastor Severino Rodrigues, fez um trabalho social e evangelístico de extrema relevância na cidade de Palestina, Sertão de Alagoas.

A ação ocorreu no final de maio e foi coordenada pelo auxiliar Ednilson, representante da equipe que trabalha com a obra missionária naquela congregação.

A arrecadação de donativos mobilizou empresários e crentes assembleianos de outros bairros da capital. As cestas básicas foram entregues em povoados da zona rural do município, onde a situação da comunidade reflete a pobreza do lugar.

Como fruto desta atividade, algumas pessoas foram convencidas pelo Espírito Santo para a conversão a Cristo. Outros trabalhos como este já estão sendo planejados pelo grupo de Missões da Cohab.

Fonte:http://www.jneweb.com.br/
Postado em 24 de junho de 2009.

FOTOS:Povoado de Palestina recebe donativos de membros da Cohab

















Fonte:http://www.jneweb.com.br/
Postado em 24 de junho de 2009.

Seguidores

Share

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More